Notícias

INOVAÇÃO DA GOODYEAR . AMT (Air Maintenance Tecnology)

INOVAÇÃO DA GOODYEAR . AMT (Air Maintenance Tecnology)

Notícias
Para garantir o máximo em desempenho e segurança , o pneus precisam  ser constantemente calibrado, mantendo a pressão dos pneus sempre dentro das condições da carga e trajeto.  A Goodyear oferece uma nova ferramenta:  AMT ( Air Maintenance Tecnology), os novos pneus vão  auto-regular, enchendo-se a medida que precisa utilizando ar exterior através de uma válvula adjacente onde a entrada do ar dentro de um tubo situado dentro da roda. A borracha circunda o pneus internamente e quando da deformação da borracha (vazio) pressiona o tudo e faz o fluxo de ar em torno da roda e através de outra válvula infla o pneu. Quando a pressão adequada é atingida, este último está fechado e o excesso de ar é expelido através da válvula de entrada. O ar circula continuamente no interior do pneu
VOLVO FM – LANÇAMENTO OFICIAL

VOLVO FM – LANÇAMENTO OFICIAL

Notícias
A Volvo Trucks lançou oficialmente a nova geração do FM, que herda tecnologia introduzida no novo FH, caso do sistema I-See, o qual permite reduzir o consumo de combustível até cinco por cento. Complemento da transmissão I-Shift, o I-See foi desenvolvido sobretudo para aplicações de longo curso, recorrendo a uma tecnologia que regista automaticamente informações sobre a topografia das estradas em que o caminhão é conduzido. Utilizando dados registados sobre as estradas, a mudança de velocidades, a velocidade e a frenagem auxiliar serão automaticamente otimizadas da próxima vez que o veículo percorrer a mesma rota.   A imagem da cabine do novo Volvo FM também adota algumas das soluções estilísticas do FH, designadamente a grade escura, os grupos óticos ou a identificação da marca por
Transporte ilegal de combustível gera multa de R$ 382,3 mil a empresas

Transporte ilegal de combustível gera multa de R$ 382,3 mil a empresas

Notícias
A Polícia Militar Ambiental (PMA) apreendeu oito carretas bitrem tanque e aplicou multa de R$ 382,3 mil a três empresas por transporte de combustível - produtos perigosos - sem licença ambiental, ontem (21), durante fiscalização na rodovia MS-306, em Chapadão do Sul (MS). Cinco veículos pertencentes a uma transportadora de Paulínia (SP) foram apreendidos e a empresa foi multada em R$ 216.216,00. Dois veículos de uma transportadora com domicilio Jurídico em Chapadão do Sul foram apreendidos e a empresa foi multada em R$ 121.500,00. Foi apreendido mais um caminhão de outra empresa com domicílio jurídico na cidade de Presidente Prudente (SP). Ela foi multada em R$ 44.627,00. O produto e os veículos transportadores foram apreendidos e encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de
Novas regras amenizam o trânsito na rodovia Cônego Domênico Rangoni

Novas regras amenizam o trânsito na rodovia Cônego Domênico Rangoni

Notícias
A rodovia Cônego Domênico Rangoni, em Guarujá, no litoral de São Paulo, passou a ter novas regras de tráfego desde o último domingo (24). Para dar maior fluidez ao trânsito, é feita uma espécie de triagem antes de os caminhoneiros chegarem à rua do Adubo e, quem chegar ao terminal para descarregar antes do horário marcado, terá que retornar. A medida já amenizou o trânsito que flui normalmente na manhã desta segunda-feira (25). Os resultados dessas novas medidas já começaram a serem vistos no domingo. Para os caminhoneiros as mudanças só trouxeram benefícios. Com a rua do Adubo livre, a rodovia Cônego Domênico Rangoni voltou a fluir. Desde as primeiras horas deste domingo um bloqueio é feito duzentos metros antes dos caminhões entrarem na rua. O acesso ao porto só é permitido para quem te
Transporte de cargas enfrenta falta de 100 mil caminhoneiros

Transporte de cargas enfrenta falta de 100 mil caminhoneiros

Notícias
Na família de Tomaz Gabriel, de 70 anos, a profissão de motorista de caminhão passa de pai para filho há mais de um século. A vida nas estradas teve início com o avô, arrebatou o pai e, apesar dos sacrifícios, caiu no gosto de Gabriel logo cedo. Começou como funcionário, mas aos 33 anos já conseguiu comprar o primeiro caminhão. Era um "mercedinha 71", usado e pago em 24 vezes. Hoje ele tem um Volvo 2012, automático, com ar condicionado, duas camas na boleia e frigobar. Um luxo comparado aos tempos do avô, que circulava Brasil afora com carretas pesadas, sem conforto. Mas, apesar da modernidade dos caminhões, a tradição no volante parou na geração de Gabriel. Os filhos fizeram faculdade e preferiram uma vida mais confortável, sem as privações das estradas. A família vai continuar no setor
Duplicação da BR-381/MG terá novo modelo de gestão

Duplicação da BR-381/MG terá novo modelo de gestão

Notícias
O DNIT publica na próxima quinta-feira (28/03) os editais de licitação dos 11 lotes da obra de duplicação da BR/381 entre Belo Horizonte e Governador Valadares, em substituição aos editais suspensos. Totalizando 303 quilômetros, os lotes serão licitados pelo Regime Diferenciado de Contratações - RDC, na modalidade Contratação Integrada, pelo qual a empresa terá oportunidade de propor soluções ao projeto fornecido pelo DNIT, além de executar as obras. As obras de duplicação da BR-381 trazem um novo modelo de gestão, que inclui a gestão de risco e o seguro performance. “O seguro performancegarante a conclusão da obra, nos casos em que a empresa apresentar problemas na execução. Também foi desenvolvido um modelo matemático para precificação do risco para o consórcio ou empresa que se responsa
Reunião discute novo acesso aos terminais portuários de Santos

Reunião discute novo acesso aos terminais portuários de Santos

Notícias
Foi realizada nesta quinta-feira (21) uma reunião para discutir os problemas na rodovia Cônego Domênico Rangoni, sentido Guarujá, no litoral de Sâo Paulo, na sede do Conselho de Autoridade Portuária. A construção de um novo acesso aos terminais pela avenida Santos Dumont foi apontada como uma das saídas para reduzir os congestionamentos. "O único acesso ao Porto de Santos hoje é a rua do Adubo. Todos os outros acessos estão fechados. Isso dificulta bastante. Foi um dos pontos que nós discutimos bastante nessa reunião. A abertura de mais um acesso, na rua Santos Dumont, é uma das soluções. Isso vai facilitar bastante, vai escoar melhor", garante o gerente de operações da Ecovias, Eduardo di Gregório. O trânsito na rodovia tem sido constante. Nesta quinta-feira (21) a fila de caminhões c
Fogaça comemora 50º aniversário na pista e avalia sua volta à Fórmula Truck

Fogaça comemora 50º aniversário na pista e avalia sua volta à Fórmula Truck

Fórmula Truck, Notícias
Quando definiu que disputaria as três últimas etapas do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck em 2012, depois de três temporadas sem pilotar, Djalma Fogaça assumiu que seu objetivo seria recuperar o ritmo de pista para celebrar como piloto, em 2013, seu 50º aniversário. A segunda etapa da atual temporada será emblemática nesse contexto: a corrida em Londrina (PR) será disputada na tarde de 7 de abril, dia do aniversário do piloto. Fogaça dedicou mais da metade da vida ao automobilismo. “Comecei no finzinho de 1982, já são quase 31 anos. Eu acho que tive uma trajetória um pouco diferente da daqueles que sonharam com a Fórmula 1. Comecei a pilotar com 19 anos e tive uma trajetória rápida, e me manter no mercado até hoje foi bem mais importante que subir rápido”, avalia o piloto sorocabano,
Diretor do Dnit reconhece falta de estrutura para fiscalizar obras

Diretor do Dnit reconhece falta de estrutura para fiscalizar obras

Notícias
Em audiência pública na quarta-feira (20) na Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI), o diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Jorge Fraxe, reconheceu a supervisão de obras como ponto vulnerável do órgão. – Com mais de mil contratos de empreendimentos, o Dnit não tem topógrafo ou laboratorista de solo, é tudo terceirizado – disse, ao explicar que o órgão não conta com equipe própria para supervisionar as obras, recorrendo a consultores para a realização da tarefa. Para superar o problema, Fraxe informou que está sendo alterado o modelo de contrato para supervisão de obras, que passará a responsabilizar a empresa supervisora, caso sejam verificados problemas que poderiam ter sido evitados com esse procedimento. Além disso, observou, as empres
No gargalo do agronegócio, ir a pé ao porto é mais rápido que de caminhão

No gargalo do agronegócio, ir a pé ao porto é mais rápido que de caminhão

Notícias
A cadência dos caminhões que transportam soja para exportação pelo porto de Santos é de 1,6 km/h, mais lenta do que a velocidade média de um homem adulto. A situação transformou a rodovia Cônego Domenico Rangoni num grande armazém sobre rodas de soja e milho. Para acessar terminais como o TEG (Terminal de Exportação do Guarujá), os caminhões têm de cruzar a estreita e esburacada rua do Adubo, única passagem e um dos retratos do gargalo logístico do agronegócio nacional. Fila no Porto O caminhoneiro Flávio Figueiredo levou mais de 12 horas para percorrer uma distância de 20 quilômetros. "Saí às 20h52 de segunda-feira de Cubatão. São 9h de terça e ainda não cheguei ao TEG. Não dormi e não comi", diz. Ele ganha R$ 2.500 por mês e considera pouco para enfrentar a espera, os assaltos