Caminhão autônomo da Uber faz 1ª entrega: 45 mil latas de cerveja

Depois de rodar cerca de 200 quilômetros, o caminhão, que nasceu de uma parceria entre Uber e Otto, entregou sua carga de 45 mil latas de cerveja

teste-otto

Pela primeira vez, um caminhão autônomo e sem o auxílio de um motorista humano realizou a entrega de um carregamento. A parceria entre Uber e Otto (uma startup de caminhões que se dirigem) permitiu que 45 mil latas de cerveja fossem de Fort Collins, no Colorado, até Colorado Springs.

A viagem, de quase 200 quilômetros, foi feita em cerca de duas horas pelo caminhão. Para que isso fosse possível, a Otto criou um caminhão todo especial. Ele tem três sensores de detecção a laser distribuídos pelo veículo, um radar localizado no para-choque e uma câmera de alta precisão acima do para-brisa, segundo informações do site da Wired.

Dentro do caminhão, dois botões são instalados para que o sistema autônomo seja ligado. Um fica localizado perto do volante e outro, na cabine atrás dos bancos dianteiros. Um computador transforma os dados em instruções de direção. A tecnologia deve  funcionar em qualquer caminhão com uma transmissão automática, afirma a Otto.

A Otto foi lançada em janeiro deste ano e, desde então, tem crescido rapidamente. Em maio, a startup tinha um protótipo de caminhão autônomo. Menos de três meses depois, a Uber comprou a Otto por quase 700 milhões de dólares. Juntas, as duas estão trabalhando na UberFreight, um serviço para facilitar negociações de fretes entre caminhoneiros e gestores de frotas.

Além deste esforço, a Uber vem trabalhando em outros tipos de veículos autônomos. Recentemente, a companhia fechou uma parceria com a Volvo e fez seu primeiro teste com carros autônomos nos Estados Unidos.

Publicidade:

Consorcio DAF

Carros autônomos são bacanas, mas caminhões com esse tipo de sistema prometem chegar antes nas estradas. Isso porque eles são mais práticos e não precisam lidar tanto com pedestres.

De acordo com o Atlas da Acidentalidade no Transporte Brasileiro feito pelo Programa Volvo de Segurança no Trânsito (PVST), dos 122.007 acidentes registrados nas rodovias federais brasileiras em 2015, 37.376 envolveram caminhões. O resultado foram 19.850 feridos e 2.809 mortos. Veículos autônomos nas estradas prometem quedas nas taxas de acidentes e de vítimas.

O vídeo abaixo (em inglês) mostra como foi a entrega realizada pelo caminhão autônomo da Otto:

fonte:Exame

Comentarios