Tag: denatran

Placas do Mercosul serão obrigatórias apenas para veículos novos e transferidos

Placas do Mercosul serão obrigatórias apenas para veículos novos e transferidos

Notícias
Resolução atual, que será alterada, define que todos os carros deverão fazer a troca até 2023  Os atuais proprietários de veículos não serão obrigados a trocar as placas pelo novo modelo adotado no Mercosul, formado por Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai. A resolução 729 do Conselho Nacional de Trânsito, que está sendo revista, obrigava a troca até o final de 2023. A afirmação foi feita pelo presidente do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), Maurício Pereira, em audiência da Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados, realizada nesta quarta-feira (25).A nova resolução, que deverá ser discutida pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran) no dia 10 de maio, tornará a nova placa obrigatória apenas nas transferências de veículos usados e na compra de carro
Inspeção veicular prevista para 2019 é suspensa por tempo indeterminado

Inspeção veicular prevista para 2019 é suspensa por tempo indeterminado

Notícias
Resolução do ano passado previa obrigatoriedade da inspeção veicular para fazer o licenciamento.  O Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) suspendeu por tempo indeterminado a resolução que tornava obrigatória a inspeção técnica veicular no país inteiro até 31 de dezembro de 2019. A decisão foi publicada nesta sexta-feira (6) e foi tomada após pedido dos Detrans para rediscutir os requisitos e prazos para implementação. Conforme a regulamentação do ano passado, os Detrans teriam até 1º de julho para apresentar um cronograma de adoção. "Entendemos que esse processo precisa passar por um debate mais aprofundado, para que possamos aplica-lo da melhor maneira possível, com o mínimo de transtorno à população”, afirmou o diretor do Denatran, Mauríci
Denatran permite caminhãozinho elétrico em vias urbanas

Denatran permite caminhãozinho elétrico em vias urbanas

Notícias
A empresa Hitech Electric homologou mais dois modelos importados para transitar em vias públicas brasileiras. São eles o e.coTech4 (4 lugares) e e.coTruck (caminhão com caçamba), 100% elétricos e recarregáveis em tomada comum. A homologação foi concedida pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). Com isso, já são três os modelos de veículos elétricos da Hitech -e (e.coTech2, e.coTech4, e.coTruck) que podem circular por todo o país em vias urbanas. Com a nova homologação, os usuários – tanto pessoas físicas quanto empresas – podem utilizar os modelos aprovados como um quadriciclo elétrico. O modelo e.coTech4 tem capacidade de quatro passageiros, medindo 2,95 metros de comprimento e 1,38 m de largura. Possui autonomia inicial de 100km, com velocidade de 60km/h. Também possui ba
Com dois anos de atraso Brasil ainda não implantou modelo de Placas Mercosul

Com dois anos de atraso Brasil ainda não implantou modelo de Placas Mercosul

Notícias
Novo diretor do DENATRAN afirma que estão ampliando as discussões e que a medida será adotada em breve. As leis de trânsito são criadas com o intuito de regulamentar e organizar o sistema. Muitas delas passam por modificações com uma certa frequência. Essas mudanças são importantes para atualizar e sanar as deficiências que ainda estão presentes no trânsito. Só que, algumas dessas normas são estabelecidas e ficam paradas, sem de fato exercerem suas funções. Vamos tratar então de uma dessas leis que ainda possui alguns impasses, o novo modelo de Placas Mercosul. Mais uma vez o Brasil começa o ano sem a adoção das novas Placas MERCOSUL. A implantação das placas veiculares em padrão único com o Mercosul foi adiada novamente no Brasil, por tempo indeterminado. O prazo já foi alterado por dua
Documento de veículo com porte obrigatório terá versão digital

Documento de veículo com porte obrigatório terá versão digital

Notícias
CRLVe estará disponível em todo o Brasil até o final de 2018 Depois da CNH (Carteira Nacional de Habilitação), o CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo), documento veicular de porte obrigatório, também terá versão digital. O CRLVe estará disponível em todo o Brasil até o final de 2018. A medida está prevista na resolução 720 do Contran (Conselho Nacional de Trânsito), publicada nesta quarta-feira (13). A resolução determina também que os Detrans (Departamentos de Trânsito) dos Estados e do Distrito Federal terão 180 dias para atualizarem as suas bases de dados junto ao Renavam (Registro Nacional de Veículos Automotores), com as informações sobre os débitos relativos a tributos, encargos e multas vinculados ao veículo e sobre o licenciamento. Isso porque o CRLVe soment
Carteira de Motorista a prova de fraude com QR Code.

Carteira de Motorista a prova de fraude com QR Code.

Notícias
QR Code garante autenticidade da CNH Desde terça-feira, 2 de maio, o Detran/RS está imprimindo as carteiras de habilitação com um código de identificação no verso – o QR Code.  A medida garante maior fidedignidade ao documento que tem validade em todo o território nacional. O código é gerado conforme algoritmo de propriedade do Departamento Nacional de Trânsito e será fornecido pelo sistema central do Registro Nacional de Condutores Habilitados (Renach). O Denatran armazena todas as informações contidas nos dados variáveis do documento, inclusive a fotografia do condutor. A exceção são as assinaturas, tanto do condutor quanto do emissor. O código será impresso no centro da parte superior do verso do documento. O Serpro, empresa que atende o Denatran no que se refere a processamento de
Justiça libera aplicação de multas por farol desligado em rodovia sinalizada

Justiça libera aplicação de multas por farol desligado em rodovia sinalizada

Notícias
Ministério das Cidades notificou órgãos locais sobre novo entendimento. Cobrança foi suspensa em setembro; infração média dá multa de R$ 85,13. Órgãos de trânsito de todo o país estão autorizados a retomar a aplicação de multas para motoristas que trafegarem por rodovias com o farol desligado, nas estradas em que houver sinalização clara sobre o assunto. Um ofício com o novo entendimento foi enviado pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) aos órgãos locais nesta quarta-feira (19). Na prática, isso significa que as multas podem ser aplicadas sempre que não houver "ambiguidade" sobre a necessidade do farol – nas estradas em área rural, e nos trechos urbanos que estiverem devidamente sinalizados, por exemplo. Alguns órgãos, como o Departamento de Estradas de Rodagem do Distr
Exame toxicológico divide opiniões entre os motoristas

Exame toxicológico divide opiniões entre os motoristas

Notícias
A realização obrigatória do exame passou a valer em março deste ano. No entanto, segundo motoristas, a fiscalização do uso de drogas e álcool deveria ser realizada continuamente para aumentar, de fato, a segurança nas rodovias. Redação Chico da Boleia  Como todos e todas sabemos, desde março deste ano, entrou em vigor a determinação do Conselho Nacional de Trânsito e da Lei 13.103/2015, sobre a obrigatoriedade da realização do exame toxicológico. A medida vale para todos os motoristas interessados em renovar, reabilitar, adicionar ou mudar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) nas categorias C, D e E. Para qualquer uma das operações, eles terão de se submeter a exame toxicológico, independentemente do exercício ou não de atividade remunerada. A nova instrução visa identificar o con
Detran reúne laboratórios para discutir exame toxicológico

Detran reúne laboratórios para discutir exame toxicológico

Notícias
O Departamento de Trânsito do Paraná (Detran) reuniu, em Curitiba, cinco dos seis laboratórios credenciados pelo Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) para realizar os exames toxicológicos de direção nos motoristas com habilitação nas categorias C, D e E – motoristas de caminhão, ônibus e veículos de cargas. A obrigatoriedade também vale para quem vai tirar a carteira, mudar de categoria ou adicionar uma categoria. A iniciativa do governo paranaense tem como objetivo principal solucionar os problemas encontrados pelos cidadãos que precisam fazer os testes para renovar a CNH. “A ideia é estabelecer um canal de comunicação com as empresas, dividir com elas nossas preocupações e tentar resolver os problemas que os usuários têm nos relatado. Este diálogo nunca existiu, pois, todo
Caminhoneiro terá de pagar até R$ 500 por exame toxicológico

Caminhoneiro terá de pagar até R$ 500 por exame toxicológico

Notícias
A partir de 2 de março, o motorista profissional que quiser renovar a carteira de habilitação, trocar de categoria, começar em um emprego ou até se for demitido vai precisar comprovar que não usou drogas como maconha, cocaína ou substâncias como a metanfetamina, nos últimos 90 dias.  A exigência do exame toxicológico para admissão ou demissão através da análise do cabelo, da unha ou do pelo, vem de uma portaria do Ministério do Trabalho, publicada em novembro do ano passado. O objetivo é reduzir o numero de acidentes nas estradas. O caminhoneiro José Roberto Souza Camelo concorda com as exigências: “Já presenciei uns três ou quatro usando drogas para viajar à noite. Eles falam que é uma exigência do patrão”. O diretor de Segurança e Saúde no Ministério do Trabalho, Rinaldo Marinho Cos