Tag: caminhoneira

VÍDEO: Sabrina Sato cai na estrada ao lado da caminhoneira Sheila Rosa Marchiori

VÍDEO: Sabrina Sato cai na estrada ao lado da caminhoneira Sheila Rosa Marchiori

Notícias
Homenageando a Semana da Mulher, a apresentadora Sabrina, do Programa da Sabrina da Rede Record, caiu na estrada ao lado de uma das caminhoneiras mais conhecidas do Brasil: Sheila Rosa Marchiori, mais conhecida como Sheila Bellaver pelos fãs. Há quem pense ainda hoje que mulher não pode ter certas profissões, como a de caminhoneira, mas aos poucos elas vão rompendo barreiras e preconceitos num mundo ainda machista. Sheila é caminhoneira há sete anos e nem pensa em sair da estrada. Ela ama o que faz. Teve bebê há apenas dois meses, mas já leva o filho pelas rodovias Brasil afora. Sabrina conheceu essa mulher inspiradora e pegou uma carona em seu caminhão. Fonte: Blog do Caminhoneiro
Mulheres conquistam espaço em áreas predominantemente masculinas

Mulheres conquistam espaço em áreas predominantemente masculinas

Notícias
Foi-se o tempo em que algumas profissões eram exercidas conforme o gênero sexual. Mesmo que a passos lentos, podemos observar uma mudança de cultura. As mulheres estão exercendo atividades antes desempenhadas apenas por homens. Mesmo os serviços mais pesados estão abrindo as portas para esta nova geração de trabalhadoras, que, em grande parte, são provedoras do sustento da casa. Essa inserção foi gradativa, afinal vivemos em uma sociedade patriarcal, na qual predominava até os anos 50 o modelo de mãe e dona de casa exemplar, enquanto o pai era o provedor. Esse estereótipo contribuiu para a exclusão de mulheres do mercado de trabalho por um bom tempo. Porém, especialmente pelo atual cenário econômico, em que o homem não consegue mais sustentar a casa sozinho, isso tem mudado. Outr
Neste dia 8 muitas homenagens às mulheres que atuam no transporte.

Neste dia 8 muitas homenagens às mulheres que atuam no transporte.

Notícias
Muitas homenagens estão sendo prestadas pelo Brasil a fora a todas as mulheres nesse dia 8 de março, dia internacional da mulher.  As que atuam profissionalmente no transporte do Brasil também estão sendo festejadas por entidades e empresas. É um dia internacional da mulher diferente no Brasil, caracterizado pelas dificuldades que o país enfrenta. Muitas profissionais do setor de transporte e logística, infelizmente não estão podendo exercer sua profissão, como muitos brasileiros em geral. Com certeza muitas profissionais que atuam, e as que atualmente estão fora do mercado de trabalho, por falta de oportunidade, ainda lembram do passado recente, onde era comum existirem muitas oportunidades para mulheres jovens e mulheres maduras adentrarem e exercerem uma profissão em diversas áreas li
Outubro Rosa:  exames periódicos ajudam no controle e prevenção ao câncer de mama

Outubro Rosa: exames periódicos ajudam no controle e prevenção ao câncer de mama

Notícias, Saúde no Trecho
Movimento criado na década de 1990 estimula a participação da população e na divulgação de informações sobre o câncer de mama O câncer de mama é uma doença causada pela multiplicação de células anormais da mama, que formam um tumor. Há vários tipos de câncer de mama. Alguns tipos têm desenvolvimento rápido enquanto outros são mais lentos. Para o Brasil, em 2016, são esperados 57.960 casos novos de câncer de mama. Tipo de câncer mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil, depois do câncer de pele não melanoma, o câncer de mama responde por cerca de 25% dos casos novos a cada ano. Sem considerar os tumores de pele não melanoma, esse tipo de câncer é o mais frequente nas mulheres das Regiões Sul, Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste. Existe tratamento para câncer de mama, e o Ministér
Mães, independentes e da estrada

Mães, independentes e da estrada

Notícias
Conheça a história das mães caminhoneiras que rodam pelo país afora e lutam para conciliar a dupla jornada. Brasil ainda carece de legislação que assegure direitos de mães caminhoneiras autônomas.  Maio é um mês de muitas comemorações, mas também marca uma data muito esperada pelas famílias brasileiras: o Dia das Mães. É o momento de lembrar e promover os direitos de mulheres de todo o Brasil que batalham para educar e manter seus filhos, que sofrem com a falta de reconhecimento, e que muitas vezes não recebem a ajuda necessária de companheiros que se recusam a reconhecer os filhos. É também dia de homenagens, abraços, carinhos e muito amor. Se até pouco tempo atrás a mulher tinha seu papel reduzido à esfera doméstica, com a ampliação dos direitos e o aumento da participação no mercado
A participação da mulher no segmento de transporte

A participação da mulher no segmento de transporte

Notícias
Nesta semana, comemoramos o Dia Internacional da Mulher, uma data simbólica para lembrarmos que as mulheres desempenham papel cada vez mais importante na economia do país, e que no nosso segmento não é diferente. Temos mulheres em todas as posições administrativas, o número de motoristas nas estradas só cresce e na maioria das empresas as decisões mais importantes não são tomadas sem o aval delas. Por isso, temos que parabenizar e enaltecer todas as mulheres com as quais compartilhamos nossas mesas de trabalho e nossas vidas, pois foram elas mesmas que, com muita garra e sensibilidade, se tornaram merecedoras da nossa admiração. “A mulher tem conquistando seu espaço por meio de muita capacitação e, assim, tem progredido muito em todos os setores. Especialmente no segmento de transporte
Conheça um pouco da história de caminhoneiras da vida real

Conheça um pouco da história de caminhoneiras da vida real

Notícias
Elas dirigem carros de passeio, motocicletas, bitrens e carretas. Os tempos são outros e a mulherada mostra a que veio ao assumir cargos que somente homens ocupavam. Conheça um pouco da história de caminhoneiras que movimentam as estradas do Brasil. Antes de enfrentar os pesados na estrada, Cathia Medeiros trabalhou como feirante, costureira, aeromoça e motorista de ambulância. A paixão por caminhões surgiu com o pai caminhoneiro, mas este esperava que a filha se tornasse dentista e seguisse uma profissão mais “tranquila”. Aos 18 anos, Cathia tirou sua habilitação e aos 19 conseguiu um trabalho no Terminal de Cargas Fernão Dias. Até então, a jovem dirigia apenas uma Fiorino e somente aos 21 anos começou a dirigir caminhões e não parou mais. “Eu tenho muito amor pela profissão, se não t
Novo ano de ‘Estradas Mortais’ marca retorno de Lisa Kelly

Novo ano de ‘Estradas Mortais’ marca retorno de Lisa Kelly

Notícias
No novo ano do programa, duas empresas de entrega disputam quem consegue transportar mercadorias até áreas remotas, onde só é possível chegar por meio de pistas glaciais Em meio a caminhoneiros trogloditas que realizam entregas por estradas tenebrosas, uma loira chama a atenção. Diferentemente de seus companheiros de reality show, Lisa Kelly, de 34 anos, não remói os problemas da profissão nem conta vantagem sobre as perigosas viagens por estradas de gelo do sul do Canadá.Tranquila, a norte-americana que leva uma vida pacata em Wasilla, no Alasca, onde vive com dois gatos, um cachorro e três cavalos - entre eles o pônei Rocky -, é o destaque de "Estradas Mortais", série cuja oitava temporada teve a estreia na quarta-feira (2), às 22h, no canal pago History.No novo ano do programa, d
Celebridade na estrada e na rede

Celebridade na estrada e na rede

Notícias
No comando de um Scania Highline, Sheila registra sua rotina pelas estradas e conquista uma legião de milhares de fãs na internet Rodando o sul e sudeste do país a bordo de um Scania R 420 Highline, Sheila Marchiori pode ser considerada uma personalidade das estradas, dentro e fora do trecho. Aos 33 anos, a gaúcha natural de Lagoa Vermelha possui uma comunidade em uma das mais famosas redes sociais que já conta com mais de 42 mil fãs. Na página, ela posta fotos do seu dia a dia transportando carga frigorifica e, embora seja dona de atributos físicos que costumam chamar a atenção, acredita que boa parte dos seus seguidores se interessam pela sua história de vida e pelo caminhão que ela conduz. Ajudando o pai na roça, ainda menina, ela acompanhava o ir e vir dos caminhões que transportav
42ª Edição Nacional – Jornal Chico da Boleia

42ª Edição Nacional – Jornal Chico da Boleia

Jornal
MEIO ANO JÁ FOI Companheiros e Companheiras! Por incrível que pareça já estamos quase em julho e ainda tem gente querendo impedir quem ganhou a eleições em 2014 de governar. É um absurdo o que estão fazendo! Não dá para acreditar que a dita “grande imprensa” se preste ao serviço de publicar mentiras. Ou pior, criar mentiras como se fossem reais. Isso tudo gera insegurança e nos coloca em uma posição de começar a acreditar que mentira é verdade. E o pior é que as mentiras são denunciadas e nada acontece.Vivemos em um total clima de incerteza criado pela grande e golpista imprensa. Vejamos o que falaram sobre a queda da venda de caminhões. Justificaram que era pelo excesso de demanda e das facilidades dadas pelo Governo Federal para compra. Aí em outra pagina há uma crescente reclamação