Scania reúne 20 mil veículos conectados no País

Meta da fabricante é ativar o serviço em 28 mil unidades da marca até o fim de 2019

Em pouco mais de dois anos desde que começaram a ser oferecidos no Brasil, em 2017, os Serviços Conectados da Scania já estão ativos em 20 mil veículos da marca, dos quais 18,8 mil caminhões e o restante em ônibus. A tecnologia se mostra como uma ferramenta de gestão da frota e dispõe de dois pacotes: Análise e Desempenho.

O primeiro, menos complexo e gratuito por 10 anos, entrega relatórios semanais e mensais nos quais reúne histórico de desempenho do veículo e comportamento do motorista na direção. O segundo, vai mais longe, permitindo acompanhamento do caminhão ou do ônibus de maneira individual e em tempo real.

Os Serviços Conectados associados aos planos de manutenção da marca ampliam as capacidades do gestor de gerenciar a frota. Como o apoio da conectividade, a empresa de transporte ganha conhecimento a respeito do que realmente ocorre com os veículos ao longo das jornadas.

As informações coletadas possibilitam previsibilidade de custos, planejamento da manutenção conforme o tipo de operação e uso do caminhão, como também permite tomadas de decisão rápidas, por exemplo, sugerir ao motorista adotar um estilo de condução mais adequado para determinadas viagens ou trechos a fim de obter resultados mais econômicos imediatamente.

Publicidade:

anuncio

“Toda esta inteligência de dados nos proporciona resultados práticos fantásticos. Conseguimos ir bem no detalhe da operação do cliente para economizar combustível e diminuir emissões de poluentes, aumentar a rentabilidade e a disponibilidade da frota, além de ajudar a melhorar a condução do motorista e evitar os acidentes”, observa em nota Roberto Barral, vice-presidente das operações comerciais da Scania no Brasil.

Para Fábio Souza, diretor de serviços da Scania no Brasil, a adesão cada vez mais frequente dos clientes da fabricante aos Serviços Conectados se relaciona com os benefícios proporcionados pela tecnologia. “São 7 mil veículos com o pacote Desempenho, representando 35% dos 20 mil. Ou seja, o cliente vê na prática o quanto pode reduzir os custos com diesel, desgaste de pneus e lonas, manutenção e, desta forma, aumentar a vida útil da composição. Em junho do ano passado, eram menos de 10 mil conectados e apenas 766 com o pacote mais completo.”

Segundo o diretor de serviços, a nova geração de caminhões, em produção desde o início desde ano, já conta quase 1,9 mil unidades conectadas, das quais 1,1 mil com pacote Desempenho, perto de 58% do total. “A curva vai continuar subindo”, aposta.

Desde maio de 2016 todos os caminhões e ônibus produzidos pela Scania no Brasil saem de fábrica preparados para serem conectados. O módulo de recepção e transmissão de dados, no entanto, também pode ser instalado em veículos mais antigos, fabricados a partir de 2012. A estimativa da fabricante é de alcançar 28 mil unidades conectadas até o fim de 2019.

No mundo, a Scania contabiliza quase 400 mil veículos conectados, o que permite à marca acumular as atividades operacionais originadas de 2,9 bilhões de quilômetros por mês.

Comentarios