Regularidade nos treinos livres da Fórmula Truck!

Os treinos livres desta sexta-feira da oitava etapa da Fórmula Truck, que acontece no Autódromo Nelson Luís Barro de Guaporé, mostraram o equilíbrio dos tempos dos primeiros pilotos. Felipe Giaffone que pilota um caminhão MAN-Volkswagen da RM Competições ficou com os melhores tempos do dia. Porém, a diferença entre as melhores voltas na sexta-feira foi muito pequena, evidenciando a homogeneidade técnica entre os pilotos. Ao terminar o primeiro treino, Regis Boéssio ficou em segundo lugar com uma diferença de apenas 0s009 para Giaffone, que venceu a sétima etapa disputada em setembro, na cidade de Córdoba, na Argentina.

No segundo treino livre, Leandro Totti, piloto de um Mercedes-Benz da ABF Racing Team e líder da competição, assumiu o segundo melhor tempo e sua diferença para Giaffone foi de 0s049. As diferenças de centésimos continuaram para as posições seguintes. Beto Monteiro, da Scuderia Iveco e vice-líder do campeonato, terminou os treinos com o tempo de 1:26.364, seguido pelo gaúcho Régis Boessio, da ABF Desenvolvimento Team, que fez o tempo de 1:26.627.

Outro destaque do primeiro dia de treinos foi Djalma Fogaça. O chefe da equipe Ford DF Motor Sport retornou às pistas para as três últimas etapas da competição e terminou o primeiro dia de treinos livres em oitavo lugar com o tempo de 1:27.003. O pior tempo do dia ficou com João Ometto Neto, piloto do caminhão Iveco pela Marinelli Competições. Entretanto, o baixo desempenho pode ser resultado da sua adaptação à competição, já que o paulistano chega para a oitava etapa do GP Crystal de Fórmula Truck para substituir Fred Marinelli, que se recupera de uma cirurgia.

Ao final dos treinos livres desta sexta feira, a diferença de tempo entre Leandro Totti e João Ometto Neto foi de 3s355 e a média de velocidade do primeiro melhor tempo foi de 129,232 km/h. Não percam mais novidades e todas as informações sobre a oitava etapa do GP Crystal de Fórmula Truck.

 

Por Larissa Jacheta Riberti

Comentarios