Fórmula Truck: uma história de amor com Guaporé!

O campeonato brasileiro da Fórmula Truck entra na sua reta final e a oitava etapa chega até o Autódromo Nelson Luiz Barro, na cidade gaúcha de Guaporé para configurar o cenário de possíveis ganhadores da competição de 2012. Até agora, 11 pilotos possuem possibilidades matemáticas de vencer o campeonato, com etapa final marcada para o final de semana do dia 9 de dezembro, em Brasília. Entretanto, a expectativa é que a disputa fique acirrada no próximo domingo, o que mudará esse cenário.

Conheça um pouco mais da história do Autódromo e da sua relação com as etapas da Fórmula Truck!

Largada da sétima etapa em Córdoba, Argentina

 

O Autódromo!

O circuito internacional de Guaporé foi inaugurado em 1969 e leva o nome de seu idealizador, Nelson Luiz Barro. O gaúcho nascido em 1973, na cidade de Caxias do Sul, formou-se em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Durante sua carreira profissional, atuou como cirurgião na cidade de Dois Lajeados – RS.

No final da década de 1960, com o desejo de unir os gaúchos apaixonados por automobilismo, Nelson fundou a Associação Guaporense de Automobilismo (AGA), que presidiu por três mandatos. A pista foi então criada um ano depois e tem extensão de 3.080 metros. Além disso, o autódromo é considerado pela crítica esportiva como o circuito mais seguro do país. Bonito e limpo, a pista de Guaporé ainda oferece área de camping para o público conferir todas as emoções das competições. Com uma ótima infraestrutura, a pista leva até Guaporé as competições da Fórmula Truck, Stock Car e Moto Velocidade.

Aos 75 anos, Nelson Luís Barro continua vivendo em Guaporé. Infelizmente, ele sofre de Alzheimer, uma doença degenerativa que prejudica o sistema nervoso e causa a perda de memória. Tal infortúnio o impede de lembrar os detalhes da sua ligação pessoal com o automobilismo, com a construção do Autódromo e também com a Fórmula Truck. Entretanto, a conservação do Autódromo e a relação de amor entre os guaporenses e a Fórmula Truck revelam os frutos do trabalho de Nelson.

Etapas da Truck!

A primeira prova oficial da Fórmula Truck foi realizada no Autódromo Internacional de Guaporé em 1996. Naquela época, depois de quatro corridas de testes um ano antes, a categoria conseguiu ter seu regulamento definido e aprovado pela Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA). Com 13 caminhões no grid, a etapa de Guaporé daquele ano atraiu um público apaixonado por velocidade e fiel às tradições do automobilismo gaúcho. O vencedor da prova foi Renato Martins, que competiu com um caminhão Scania pela equipe Marfran.

Em todos os anos de competição, com exceção de 2007, a Fórmula Truck realizou etapas no Autódromo Nelson Luís Barro. As experiências no Rio Grande do Sul somam boas lembranças. Tanto os pilotos, quanto a comissão organizadora se sentem muito a vontade na cidade.

Neste ano, a oitava etapa da Fórmula Truck chega a Guaporé para definir os primeiros na disputa pelo título. Até agora, Leandro Totti, Beto Monteiro, Felipe Giaffone, André Marques, Paulo Salustiano, Wellington Cirino, Roberval Andrade, Valmir Benavides, Adalberto Jardim e Régis Boessio, possuem chances matemáticas de disputar o título do campeonato. Fred Marinelli figura na décima colocação, entretanto, está se recuperando de uma cirurgia que fez em decorrência do acidente sofrido etapa de Cascavel. João Ometto Neto, paulistano de 32 anos, irá substituir Marinelli nesta e nas próximas duas etapas deste ano.

Guaporé também será palco de outra novidade: a volta de Djalma Fogaça. O atual chefe da equipe DF Motor Sport – que tem como pilotos os jovens Danilo Dirani e Pedro Gomes – previa sua volta para 2013, quando completará 50 anos. Entretanto Fogaça considera necessária uma readaptação ao caminhão e à competição, por isso participará das últimas três etapas deste ano.

Diumar Bueno, que não vem fazendo uma boa campanha, também encara com otimismo sua participação nesta etapa de Guaporé. No ano passado, o piloto conquistou a pole position no Autódromo e no próximo domingo promete repetir a boa atuação. Em entrevista para o site oficial da Fórmula Truck, Diumar Bueno declarou que os últimos testes, feitos na semana passada em Curitiba, apontaram para as falhas que estavam atrapalhando seu desenvolvimento nas corridas. Agora, com o caminhão alinhado, Diumar espera um bom desempenho para este domingo.

As expectativas são de que o número de pilotos com probabilidades de vencer a competição caia. Os treinos livres desta sexta e de sábado vão ajudar os pilotos a fazerem os últimos ajustes nos seus caminhões. Amanhã, o grid de largada é definido às 16:15 com o Top Qualifying. No domingo, a competição começa as 13:00 horas. Fiquem ligados!

Por Larissa Jacheta Riberti

Comentarios