Quem chega cedo bebe água limpa

Accelo 1016 com 3º eixo

“Quem chega cedo bebe água limpa. Não pega sobra e nem água suja”, disse Paulo Arabian, gerente de Vendas de Caminhões para Frotistas da Mercedes-Benz. É com esse espírito, de antecipar-se ao mercado com novas soluções de logística em transportes, que a montadora alemã apresentou o novo MB Accelo 1016 com 3º eixo para a distribuição urbana de bebidas.

“Com 3º eixo montado por implementadores do mercado, o Accelo 1016 é o único caminhão leve a alcançar 13.000 kg de Peso Bruto Total – PBT”, assegura Gilson Mansur, diretor de Vendas e Marketing de Caminhões da Mercedes-Benz do Brasil. “Essa característica exclusiva resulta em cerca de 9.000 kg de carga útil mais equipamento. Essa capacidade é maior do que a oferecida até mesmo por caminhões médios 4×2 de outras montadoras. Aliado a isso, por ser um caminhão compacto com plataforma de carga baixa, fácil acesso a cabina, e reduzido círculo de viragem proporciona mais agilidade e produtividade na distribuição urbana”.

Arabian explica que o desenvolvimento deste projeto demandou cerca de 05 anos de esforços da engenharia da Mercedes-Benz em parceria com a Brasil Kirin, holding do setor de bebidas que trabalha com as marcas Eisenbhan, Baden-Baden, Devassa, Cintra, Schin, Fruthos e Itubaína Retrô. “Foi a Brasil Kirin que desenvolveu este projeto, de acordo com as suas necessidades, vislumbrando o que seria uma solução ideal de transporte”, revela. “Com isso, a Mercedes-Benz ganhou uma conta que era 100% da concorrência. Agora, a Brasil Kirin vai fazer grandes investimentos nesse caminhão, por constatar sua melhor eficiência frente aos principais concorrentes”, provoca Arabian.

Accelo 1016 com 3º eixo

Mercedes-Benz Accleo 1016 com 3º eixo – O caminhão 6×2 é equipado com o propulsor BlueTec 5 OM 924 LA de 4 cilindros e 4,8 litros, que desenvolve 156 cavalos de potência a 2.200 rpm, com elevado torque de 610 Nm entre 1.200 e 1.600 rpm. O modelo opera com o câmbio Mercedes-Benz G-56 de 6 marchas que trabalha junto com a embreagem reforçada de 362 mm. O eixo traseiro tem capacidade técnica para 6,4 toneladas, com relação de redução de 4,3, e os pneus radiais de 235 mm.

Graças ao terceiro eixo, o transportador poderá carregar seis paletes com 210 caixas por viagem seis paletes altos de 1.250 kg com 210 caixas por viagem, sendo 42 caixas de bebidas a mais em relação aos paletes leves. “Isso significa que o cliente leva mais carga por viagem, 42 caixas a mais, aumentando em 20% a produtividade no transporte, ou seja, proporcionando mais rentabilidade para os negócios”, confirma Arabian. A configuração do Accelo 1016 com PBT de 13 toneladas é possível desde que o veículo esteja equipado com o câmbio MB G-56, de 6 marchas e relação do eixo traseiro i = 4,30.

Implementando o Accelo 1016 – Na versão de entreeixos de 4,4 metros, o caminhão permite o uso de carroçarias com o maior comprimento do mercado: 6,6 metros (4×2) ou 8,2 metros (6×2). O entreeixos de 3.100 mm permite a utilização da maior carroçaria de caminhões VUC do mercado, de 4,5 metros de comprimento. O veículo também é o primeiro de sua categoria equipado com freios ABS de série.

“Com cerca de 20 m³ de capacidade volumétrica de carga, o Accelo VUC transporta o equivalente a duas caminhonetes asiáticas com baú de 3 metros de comprimento”, compara Mansur. “E quando se fala em peso, a capacidade de carga útil do Accelo 1016 com 3º eixo substitui até cinco destas caminhonetes. Ou seja, o caminhão leve Mercedes-Benz faz menos viagens para a mesma quantidade de carga, reafirmando a sua alta produtividade e reduzindo os custos do cliente”.

O Accelo 1016 com 3º eixo também deve ser aproveitado em outros nichos de mercado, tais como: transporte de botijões de gás e combustíveis, bascula para material de construção, grandes magazines e atacadistas entre outras aplicações. Em sua configuração original 4×2, o modelo detém PBT de 9.600 kg, assegurando uma elevada capacidade de carga útil mais equipamento de 6.200 kg para o transporte de alimentos, hortifrutigranjeiros, materiais de construção, móveis, eletrônicos, eletrodomésticos, decoração, produtos frigorificados, setor atacadista e autossocorro. Para tanto, utilizam principalmente carroçarias como baú, carga seca aberta, baú frigorificado, plataformas de autossocorro e diversos outros implementos.

Accelo 1016 com 3º eixo

Transpoonline por Gustavo Queiroz


Comentarios