Produção é recorde em setembro e no acumulado do ano

De janeiro a setembro a produção de veículos aumentou 14% sobre o mesmo acumulado do ano passado: as montadoras instaladas no Brasil entregaram 2,84 milhões de unidades, segundo dados divulgados pela Anfavea, associação das fabricantes. O presidente da entidade, Luiz Moan, destacou que o volume é recorde:

“Este foi o melhor acumulado janeiro-setembro da história. O mês passado também foi o nosso melhor setembro. Esse crescimento é o que nos dá incentivo para buscar uma indústria mais competitiva e mais tecnológica”, enfatizou o executivo na sexta-feira, 4, durante sua apresentação sobre o desempenho de vendas, produção e exportações do setor para o período.

– Veja aqui a apresentação completa sobre o desempenho de setembro.

Em setembro, a produção nacional de veículos, considerando os de passeio (automóveis e comerciais leves) e comerciais (caminhões e ônibus) atingiu 332 mil unidades, volume 15,2% maior que o registrado em mesmo mês de 2012, quando foram fabricados 288,2 mil veículos. Já no comparativo mensal, sobre agosto deste ano, houve queda de 2,5%. Segundo Moan, a queda era prevista:

“Nós tivemos um dia útil a menos em setembro na comparação com agosto e também houve pequenos movimentos de paralisações durante o mês”, explicou.

Por segmento, em especial os de veículos comerciais pesados continuam em ritmo forte, impulsionando o resultado geral do setor, a partir da retomada deste mercado, com destaque para caminhões, cuja produção aumentou 51% no período janeiro-setembro contra igual intervalo do ano passado, para 149,1 mil unidades. As entregas de chassis de ônibus também subiram, 23,1%, na mesma base de comparação, para um total de 31,6 mil unidades.

Já automóveis e comerciais leves, com o total de 2,66 milhões, cresceram em ritmo menor, 12,3%. A produção de automóveis foi elevada em 12,8% no acumulado dos nove meses do ano, para 2,14 milhões de unidades, enquanto comerciais leves cresceram 10,2%, para 512 mil.

Para este ano, a entidade, que revisou para cima as projeções de produção espera alcançar novo recorde, com alta de 12%, para 3,79 milhões de unidades contra as 3,38 milhões de 2012.

ESTOQUES E EMPREGOS

O setor atingiu no fim de setembro 420,7 mil veículos em estoque, dos quais 305,7 nas concessionárias e 115 mil nos pátios das montadoras. O volume total representa 40 dias de vendas, 29 dias para a rede e 11 para a indústria:

“Houve um crescimento de 20 mil unidades no estoque de setembro com relação a agosto, isso se deve a um dia útil a menos em setembro, portanto, um dia a menos de vendas. Consideramos que até 40 dias de estoque é absolutamente normal dentro do nosso fluxo”, argumentou o presidente da Anfavea.

O setor encerrou o mês passado com 154,7 mil empregos, com leve aumento de 0,12%, volume praticamente estável sobre agosto, quando foram registradas 154,5 mil vagas.

Fonte

Comentarios