Orientações da JSL aos caminhoneiros ajudam queda da exploração sexual infantil nas estradas

exploracao

Segundo pesquisa da Childhood Brasil, ong apoiada pela empresa, o número de caminhoneiros que relatam ter feito sexo com menores de 18 anos caiu. JSL orienta seus motoristas a denunciarem quando se depararem com crianças e adolescentes em situação de risco de exploração

Uma boa notícia para a defesa dos direitos de crianças e adolescentes. A ong Childhood Brasil divulgou uma pesquisa mostrando que caiu o número de caminhoneiros que relatam ter feito sexo pago com menores de 18 anos. Apoiadora da ong desde 2007, a JSL, maior empresa de logística rodoviária do país, comemorou os dados. Através do programa Na Mão Certa, projeto da Childhood Brasil, a JSL orienta seus motoristas a denunciarem quando se deparam com menores em situação de risco de exploração e a jamais incentivarem a prostituição infantil.

Entre os caminhoneiros entrevistados, 87,3% disseram que nunca fizeram programas com crianças e adolescentes. A taxa era de 82,1% em 2010 e de 63,2% em 2005. Entre os motivos que justificam a queda estão a percepção de que é errado e a posição contrária à prática. A região com maior incidência de exploração infantil é o Nordeste (79,2%), seguido pelo Norte (34,6%). Depois vêm Sudeste (10,2%), Sul (6,3%) e Centro-Oeste (5,8%).

Fabio Velloso, diretor executivo de Novos Negócios e Relações Institucionais da JSL, afirma que essa ação nas rodovias brasileiras é essencial. “Temos orgulho de ser parte e apoiar um projeto que é referência nacional na preservação da infância no país.”

Publicidade:



Como uma empresa que zela pela responsabilidade social, a JSL entende que reforçar a informação aos caminhoneiros sobre a gravidade do tema não apenas contribui de forma efetiva para o fim do problema, mas também transforma o profissional das estradas em agente de proteção dos direitos da criança.

Sobre a JSL

Maior operadora logística rodoviária do País, a JSL (JSLG3) atua há 59 anos no mercado, está presente em todo território nacional, além de quatro países na América Latina. Detém o mais amplo portfólio de serviços logísticos do Brasil, atuando do transporte de carga à gestão e terceirização de frotas e equipamentos. Seu portfólio de negócios ainda inclui operações independentes e complementares ao serviço logístico, no segmento comercial (Seminovos JSL, JSL Concessionária de Veículos, Movida Seminovos e Movida Rent a Car) e no segmento de serviço financeiro (JSL Cartão e JSL Leasing). Possui ações no Novo Mercado, o mais alto índice de Governança Corporativa da BM&FBOVESPA S.A. – Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros. www.jsl.com.br

Assessoria de imprensa:
GWA Comunicação Integrada / Via: blog caminhões e Carretas

Comentarios