Natura e Coopercarga investem em caminhão a etanol da Scania

Uma parceria entre a Natura, empresa de perfumaria, cosméticos e produtos de higiene pessoal; a Scania, uma das principais fabricantes mundiais de caminhões e ônibus pesados; e a Coopercarga, operadora logística com atuação no mercado nacional e internacional, incorpora inovação e sustentabilidade na operação de transporte da marca de cosméticos. A Natura já está utilizando duas carretas movidas a etanol, que emitem cerca de 90% a menos de CO2 em comparação com os veículos movidos a diesel. A nova tecnologia reflete o desejo comum das três companhias de promover alternativas inovadoras e sustentáveis em suas atividades.

 

“Precisamos investir em formas de conter nossas emissões, e, em uma cidade como São Paulo, fazer isso por meio dos transportes tem muita relevância”, explica Denise Alves, direto ra de sustentabilidade da Natura. Vale destacar que, desde 2007, a empresa neutraliza as emissões de carbono que não puderam ser evitadas por meio de projetos de reflorestamento e eficiência energética.

Os caminhões são dois cavalos mecânicos de modelo P 270 4×2, com motorização de 9 litros com 270cv de potência e 1.200 Nm de torque já a partir de 1.100 rpm, o que mantêm as características de economia, potência, mobilidade e rendimento do trem de força.

“Com esses dois caminhões e mais o ônibus movidos a etanol, a Scania inova e reforça, em parceria com duas empresas sérias, sua participação no desenvolvimento de soluções sustentáveis de transporte. É um passo visionário, que faz história por parte da Natura”, afirma Roberto Leoncini, diretor-geral da Scania do Brasil. “Vale a pena reforçar que a Scania é a única fabricante a oferecer veículos comerciais a etanol no Brasil e na América Latina.”

Em suas operações logística s, a Coopercarga busca parceiros que tenham a mesma visão inovadora e sustentável, por isso, uniu forças com a Scania e com a Natura. Para Osni Roman, diretor-presidente da Coopercarga, esse conceito de operação sinaliza uma nova tendência no mercado logístico nacional. “A sustentabilidade é um tema que estará cada vez mais presente no dia a dia da humanidade. É nossa obrigação buscar, para qualquer uma das partes dos processos produtivos, alternativas realmente sustentáveis e que venham em benefício de toda sociedade”, afirma.

Ônibus a etanol

Desde abril, a Natura utiliza um ônibus, também movido a etanol de modelo K 270 4×2, para transporte de seus funcionários. A empresa foi a primeira no Brasil a adquirir um ônibus de fretamento movido ao combustível alternativo. Trata-se de um projeto piloto desenvolvido em parceria com a Orion, Marcopolo, Raizen e Scania.

O ônibus de fretamento movido a etanol conduz colaboradores para Cajamar, cidade na região metropolitana de São Paulo onde está instalada a sede da empresa. “Esse ainda é um projeto piloto. Nosso objetivo, no entanto, é aprimorar cada vez mais essa tecnologia e expandir os trajetos e carros oferecidos”, explica Denise. Atualmente, a Natura conta com uma frota de 68 ônibus de fretamento usados para o transporte de colaboradores.

O chassi Scania adquirido pela Natura possui um tanque de combustível de maior autonomia, com capacidade para 500 litros. O tanque tradicional tem capacidade de 300 litros. Ele desenvolve 270cv de potência e um torque de 1.200Nm. O veículo também é equipado com controle eletrônico do sistema de freios (EBS) e computador de bordo.

Comentarios