MInfra discute o futuro do transporte rodoviário de cargas no Brasil

O encontro teve como objetivo propor o debate sobre soluções para desburocratizar o setor e melhorar a vida dos caminhoneiros, embarcadores e transportadores. (Foto: reprodução)

MInfra discute o futuro do transporte rodoviário de cargas no Brasil

Debate aconteceu durante o 36º Fórum TRC, realizado nesta semana

O Ministério da Infraestrutura (MInfra) promoveu, nesta semana, o 36º Fórum Permanente para o Transporte Rodoviário de Cargas (Fórum TRC). O encontro teve como objetivo propor o debate sobre soluções para desburocratizar o setor e melhorar a vida dos caminhoneiros, embarcadores e transportadores.

Entre os principais temas discutidos ontem (28) estavam os pontos de parada e descanso (PPDs), o aplicativo InfraBR, a modernização das rodovias e a digitalização dos serviços para a categoria, como a Carteira Digital de Trânsito (CDT) e o Documento de Transporte Eletrônico (DT-e).

A primeira reunião deste ano deveria ter acontecido no final do mês de março, mas devido a pandemia teve que ser adiado. “Estamos retomando o diálogo com o setor de transporte rodoviário de cargas de forma 100% online, por isso, tivemos que redesenhar o formato do Fórum TRC para conseguir ter maior participação dos caminhoneiros. Vocês sabem do nosso esforço de 2019 para continuar com a nossa parceria, respeito, trabalho, conversas constantes e melhorias na qualidade de trabalho de todos”, afirmou o secretário Nacional de Transportes Terrestres, Marcello Costa.

Além disso, o secretário apresentou as principais ações do MInfra em prol dos caminhoneiros durante a pandemia, como transformar o transporte de cargas em atividade essencial; prorrogar os prazos do CIOT, RNTRC e demais documentos; firmar parcerias com entidades para atendimento de saúde ao longo das rodovias; além de ressaltar a importância da implementação de novos PPDs ao longo das rodovias federais, que podem chegar até 35 no final do ano.

– Além de todas as ações prestadas pelo ministério, uma das mais importantes foi a transformação do aplicativo InfraBR em um meio de comunicação com o caminhoneiro. Juntamos mais de 11 mil pontos de estabelecimentos abertos, introduzimos o contato direto com a Ouvidoria do MInfra e o chatbot que vai facilitar ainda mais esta comunicação – ressaltou o secretário.

Modernização de rodovias

O MInfra, por meio das suas vinculadas, está promovendo um projeto de modernização das rodovias federais com foco em três principais eixos: de segurança viária, fluidez e tecnologia. As melhorias nas estradas serão de diversas maneiras, como a iluminação por LED, sinalizações, inclusão de wi-fi e as áreas de escape, que são utilizadas para evitar acidentes graves.

Documento de transporte eletrônico

Outra ação do MInfra é a criação do DT-e, cujo objetivo é a unificação de todos os documentos relacionados ao transporte rodoviário de cargas para simplificar e reduzir os custos de transporte. Este documento dará maior suporte à fiscalização e será o principal instrumento de monitoramento das operações de transportes. O sistema está sendo englobado também na política de Transformação Digital do Ministério da Infraestrutura.

Fonte: NTC&Logística

Comentarios