Librelato vende 300 Rodotrens Basculantes para a AMAGGI

O modelo foi desenvolvido com aço de ultra resistência e acoplamento por quinta roda e traz como um grande diferencial o ângulo de basculamento de 40 graus. (Foto: divulgação/Librelato)

Librelato vende 300 Rodotrens Basculantes para a AMAGGI

Empresa é uma das maiores dentro do setor do agronegócio

A Librelato, uma das maiores fabricantes de implementos rodoviários do País, fechou acordo para fornecimento de 300 Rodotrens Basculantes Premium à AMAGGI, empresa que atua fortemente no setor do agronegócio, e também nas áreas de Commodities, Logística e Operações e Energia do Brasil. A programação de entrega das unidades está prevista para ser finalizada em junho deste ano. A aquisição totaliza 900 pinos.

Com sede em Cuiabá, MT, a AMAGGI produziu em 2021 cerca de 1,3 milhão de toneladas de grãos e fibras, entre soja, milho e algodão, e possui uma base de relacionamento comercial com aproximadamente seis mil produtores rurais no Brasil. No ano passado, comercializou cerca de 17,8 milhões de toneladas de grãos e fibras em todo o mundo.

– Ser a escolha de um gigante como a AMAGGI reforça ainda mais o nosso compromisso com a qualidade, segurança e rentabilidade dos nossos clientes”. É uma força impulsionadora para inovarmos sempre e entregarmos a melhor solução para o mercado-  afirma Silvio Campos, Diretor Comercial & Marketing da Librelato.

Silvio ressalta que “o agronegócio representa um grande impulsionador de negócios para a Librelato.  A renovação dos equipamentos no campo está puxando as vendas e a área agrícola já é responsável por 65% dos nossos acordos comerciais no Brasil”, completa.

Os Rodotrens Basculantes serão utilizados no escoamento de grãos da AMAGGI e farão parte de uma operação logística que abrangerá principalmente os estados de Mato Grosso, Rondônia e Pará.

Rodotrem Basculante Premium da Librelato

O modelo de Rodotrem Basculante Premium da Librelato foi desenvolvido com aço de ultra resistência e acoplamento por quinta roda e traz como um grande diferencial o ângulo de basculamento de 40 graus, que traz grande produtividade às operações de descarga.

O aço especial é altamente resistente a abrasão e impactos no revestimento da caixa de carga, e apresenta vida útil até três vezes maior em comparação ao aço tradicional. Dessa forma, é possível alcançar redução no consumo de combustível, entregando melhor performance e rentabilidade para o cliente. Além disso, conta com caixa modular, que permite recuperar o equipamento em caso de sinistro, com menor custo e mais agilidade.

– A carreta basculante vem sendo cada vez mais procurada para o agronegócio brasileiro. Justamente pelo implemento ser em aço mais leve e resistente e totalmente fechado, a operação de carga e descarga tornou-se mais rápida. O basculante tem ainda a vantagem de reduzir a perda de grãos durante o transporte, evitando desperdícios, o que resulta em melhor custo-benefício para o transportador e para o cliente, otimizando os resultados de toda a cadeia logística – finaliza Silvio.

Comentarios