Hábitos alimentares ruins podem contribuir para o surgimento de diversos tipos de câncer, como o de próstata

alimentacao_materia

Evite alimentos com gorduras e álcool, pois eles favorecem o desenvolvimento de células cancerígenas

Todo mundo gosta de abusar um pouco na alimentação: é um pedaço a mais de sobremesa, a porção extra de batata frita, a gordura da picanha… A gente sempre ouve que açúcar e gordura em excessos não fazem bem para ninguém e que eles contribuem para doenças cardíacas, colesterol alto e diabetes. Mas algumas doenças que nem imaginamos, como o câncer de próstata por exemplo, podem surgir após anos de hábitos alimentares ruins.

“Isto acontece porque o consumo prolongado de alimentos ricos em gordura, principalmente as carnes vermelhas, favorecem a criação de ambiente metabólico propício para o crescimento e desenvolvimento de células cancerígenas”, explica o urologista Celso Heitor de Freitas Júnior.

Ou seja, quem come todo fim de semana aquele churrasco mal passado e cheio de gordura corre risco. “A fumaça liberada pela queima do carvão é impregnada de alcatrão, substância presente nos cigarros, com efeitos cancerígenos conhecidos e bem estabelecidos junto à população geral”, completa o médico.

E não é só isto…

Um estudo do Centro de Pesquisa sobre Câncer Fred Hutchimson, em Seattle, nos Estados Unidos, mostrou que o consumo em excesso de bebidas alcóolicas aumenta o risco de câncer de próstata agressivo. A pesquisa feita com mais de 10 mil homens, constatou que aqueles que bebiam o equivalente a quatro doses de licor por cinco ou mais dias da semana, tinham duas vezes mais chances de desenvolver o câncer de próstata de alto grau. “O álcool atua no metabolismo da testosterona (hormônio masculino), potencializando seus efeitos. Vale lembrar que a redução da produção da testosterona inibe o crescimento dos tumores de próstata”, conta o urologista.

Publicidade:

anuncio

Então, cerveja nunca mais?

Não é bem assim. Pode, mas maneire na dose. A orientação da Organização Mundial de Saúde (OMS) é não ultrapassar 600 ml de bebida alcóolica por dia. Ou seja, no máximo duas latinhas de cerveja. Se você gosta de caipirinha, o ideal é uma dose com pouco açúcar e, para o pessoal do vinho, duas taças. O consumo de bebida alcóolica não deve ultrapassar dois drinques por dia para os homens e uma para as mulheres, que têm menor massa corporal.

E o churrasco?

A carne vermelha é uma fonte valiosa de proteínas, ferro, zinco e vitamina B12. O importante é não exagerar na quantidade, no máximo 500 gramas por semana, e evitar as carnes muito gordurosas e processadas. Aproveite o fogo da churrasqueira para grelhar alguns legumes, como abobrinha, berinjela e cenoura. Acrescente ao churrasco uma salada de folhas e outra de frutas – estes alimentos são ricos em nutrientes, vitaminas, fibras e ajudam a prevenir diversas doenças.

Novembro Azul

O Movimento Novembro Azul foi criado em 2008 pelo Instituto Lado a Lado pela Vida com a campanha Um Toque, Um Drible, que tem o objetivo de promover uma mudança de paradigmas em relação à ida do homem ao médico para a realização de exames. A ideia é convocar a sociedade para quebrar o preconceito e encorajar os homens a cuidarem de sua saúde.

Em 2015, estão previstas ações em empresas, distribuição de materiais informativos em rodovias, locais com grande circulação de pessoas, intervenções em estádios de futebol com exibição da faixa da campanha, além da realização do primeiro Fórum Ser Homem no Brasil, que acontece no dia 26 de setembro, durante o evento Todos Juntos Contra o Câncer, em São Paulo.

Fonte: Instituto Lado a Lado pela Vida 

Comentarios