Ford já produz o Caminhão Cargo Extrapesado em São Bernardo do Campo

Ford Cargo 2842 #1

Ford apresentoua sua nova linha de caminhões Cargo para o segmento de veículos extrapesados, inaugurando a sua entrada nesta faixa de mercado no Brasil. As duas primeiras unidades do tipo cavalo-mecânico, formadas pelos modelos Cargo 2042 e Cargo 2842, deixaram a linha de montagem da fábrica de caminhões da Ford em São Bernardo do Campo, SP.

 Além da apresentação inicial da nova linha, a Ford anunciou o relançamento dos caminhões F-350 e F-4000, no segmento de semileves e leves, respectivamente, previsto para 2014. Estes dois veículos comerciais são considerados ícones do seu segmento.

A solenidade de apresentação dos novos Cargo foi realizada na presença de diretores da empresa, líderes sindicais e trabalhadores da Operação de Caminhões da Ford. Os novos Cargo Extrapesados chegam ao mercado no início de agosto.

Caminhão global

1016626_207816579371193_470087611_o

Com capacidade de até 56 toneladas, a linha de extrapesados Ford é formada por dois modelos: o Cargo 2042 com tração 4×2 e o Cargo 2842 com tração 6×2. São modelos totalmente novos de classe global que já circulam na Europa desde o primeiro trimestre deste ano. Ambos são equipados com motor de 420 cv e projetados para oferecer alto desempenho, excepcional dirigibilidade, robustez e economia.

Destinados principalmente ao setor de transporte de carga de longa distância, o Cargo 2042 e o Cargo 2842 foram desenvolvidos em conjunto pelos times de design e engenharia da Ford do Brasil e da Turquia.

Os novos Cargo extrapesados seguem a estratégia de plataforma global, somando a experiência de mais de 50 anos da Ford produzindo caminhões no Brasil com os recursos de engenharia mais avançados utilizados pela marca hoje no mundo.

F-350 e F-4000

sub-ford-f4000

Tradição também foi a base para o retorno da Série F. O caminhão semileve F-350 e o leve F-4000 foram líderes de vendas nos respectivos segmentos em 2012. Para o relançamento dos modelos, a área de engenharia da Ford vem desenvolvimendo a aplicação da nova motorização dentro das normas de emissões Euro 5.

“A Série F é a linha de veículos comerciais mais vendida do mundo e uma das mais tradicionais do Brasil. São modelos com características apropriadas de cabine, robustez, confiabilidade e desempenho”, disse Rogelio Golfarb, vice-presidente de Assuntos Corporativos da Ford América do Sul.

Investimentos

Os investimentos na fábrica de caminhões da Ford têm sido significativos nos últimos anos. Hoje ela conta com cerca de 700 empregados e tem uma produção diária acima de 150 veículos.

“A Ford vem investindo R$ 670 milhões no setor de caminhões desde 2009. Os novos extrapesados fazem parte de uma estratégia que inclui o lançamento de 15 modelos, além dos caminhões da Série F”, disse Steven Armstrong, presidente da Ford Brasil.

Rafael Marques, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, também destacou a importância dos investimentos da Ford no ABC paulista para a geração de empregos e a produção de veículos competitivos, com tecnologia avançada. “A consolidação das relações trabalhistas é um exemplo para garantir novos investimentos no País”, disse.

A operação de veículos comerciais é estratégica para a Ford América do Sul. A marca está entre as três líderes de vendas de caminhões na região. Em 2012, teve uma participação de 21,1% no Brasil, considerando os segmentos de até 46 toneladas nos quais a marca até então estava presente.

     

Comentarios