Especialista destaca principais causas de acidentes de trânsito

De acordo com Alexandre Fagundes, especialista em telemetria veicular e executivo da MiX Telematics, não basta ter um veículo totalmente equipado e moderno. (Foto: reprodução)

Especialista destaca principais causas de acidentes de trânsito

Cuidado, atenção e prevenção são essenciais durante a viagem

A maioria dos acidentes de trânsito são provocadas por erros humanos, o que demonstra a necessidade urgente de motoristas e empresas de transportes ficarem alertas e procurarem aprender mais sobre direção preventiva.

De acordo com Alexandre Fagundes, especialista em telemetria veicular e executivo da MiX Telematics, não basta ter um veículo totalmente equipado e moderno; é fundamental que a peça mais importante, o motorista, entenda que, apesar de toda tecnologia embarcada, ele precisa estar 100% atento em todo o trajeto percorrido.

Excesso de velocidade, ultrapassagem proibida, frenagens bruscas, entre outros pontos, são responsáveis por acidentes. No caso de caminhoneiros, que estão mais expostos, a atenção deve ser ainda maior, inclusive com treinamentos constantes, proporcionados pelas empresas de transportes.

Mas além desses pontos, outros são preocupantes, conforme explica Fagundes:

– Falta de atenção: usar o celular, fazer um percurso repetido ou longo, entre outras desatenções são a primeira causa de acidentes nas rodovias brasileiras. Há motoristas que usam fones de ouvido, o que é muito perigoso, pois eles perdem a noção do que realmente está acontecendo fora do veículo;

– Cansaço: um motorista cansado ou sonolento tem a capacidade de reação reduzida. O ideal é que as empresas controlem a jornada de trabalho, conforme lei específica, e criem ações para alertar os motoristas sobre a necessidade de cuidar da saúde, dormir bem etc.;

– Consumo de álcool e drogas: muitos motoristas abusam de álcool e drogas em suas viagens, o que diminui reflexos, campo visual, altera a capacidade de avaliação das distâncias, entre outros pontos negativos. Assim, a probabilidade de acidentes aumenta drasticamente.

Comentarios