Tag: motoristas

Saiba como empresas apostam na capacitação de motoristas para obter mais eficiência

Saiba como empresas apostam na capacitação de motoristas para obter mais eficiência

Notícias
Cursos do Programa de Aperfeiçoamento para Eficiência Energética contribuem para redução de custos e apoiam ações de responsabilidade ambiental Ganhar eficiência é decisivo para a sustentabilidade de qualquer negócio. No segmento de transporte rodoviário, penalizado pelo baixo desempenho da economia e pelo elevado preço dos insumos, empresas preocupadas em obter resultados melhores têm buscado soluções capazes de gerar redução no custo operacional e melhoria da produtividade. O diesel – principal insumo do segmento – é um alvo importante; e o Programa de Aperfeiçoamento para Eficiência Energética do SEST SENAT, um aliado de peso das empresas que querem diminuir os custos com ele. “Hoje, a margem de lucro é muito apertada. Se você consegue baixar o consumo de diesel, isso me
Motoristas de caminhão fazem gambiarra nos freios e arriscam a vida

Motoristas de caminhão fazem gambiarra nos freios e arriscam a vida

Notícias
Operação da Polícia Rodoviária Federal do Paraná flagrou nas estradas caminhões de carga com problemas nos freios. Uma operação da Polícia Rodoviária Federal do Paraná flagrou caminhões de carga com problemas nos freios. Gambiarras que colocam em risco a vida de quem passa nas estradas. Na BR-376, entre o Paraná e Santa Catarina, cenas de desespero. O caminhão carregado com bobinas de papel não consegue fazer a curva e tomba, esparramando a carga na pista. No mesmo trecho, mas em um outro dia, uma carreta bate em um carro, quebra a mureta de proteção e se arrasta na pista. São acidentes em série com gigantes sem freio, por falta de manutenção e improviso. “Isso aqui é uma mangueira isolada, uma mangueira de freio isolada”. Quando a mangueira se rompe,
Novo marco regulatório aumenta pontos necessários para suspender habilitação de motorista profissional

Novo marco regulatório aumenta pontos necessários para suspender habilitação de motorista profissional

Notícias
Entre outras medidas, o texto aprovado também aumenta as penas para roubo de cargas e receptação O novo marco regulatório do transporte de cargas no Brasil, aprovado pela Câmara dos Deputados nesta quarta-feira (20), também altera penalidades previstas no Código de Trânsito Brasileiro (Lei 9.503/97). O substitutivoao Projeto de Lei 4860/16 aumenta a quantidade de pontos acumulados na habilitação para que o motorista seja punido com a suspensão do direito de dirigir. Enquanto na versão aprovada na comissão especial o aumento era para motoristas profissionais de habilitações C, D e E, o substitutivo de Nelson Marquezelli (PTB-SP) estende a regra para todo o condutor que exerça atividade remunerada em veículo no exercício da profissão. Isso incluiria, por exemplo, taxistas, mo
Escola de Motoristas Profissionais do SEST SENAT oferece capacitações gratuitas

Escola de Motoristas Profissionais do SEST SENAT oferece capacitações gratuitas

Notícias
Projeto abriu 10 mil novas vagas para condutores habilitados nas categorias D e E; oferta de cursos também foi ampliada Para aumentar a empregabilidade, a qualidade dos serviços prestados à sociedade e a segurança no trânsito, o SEST SENAT amplia o projeto Escola de Motoristas Profissionais. Ao todo, 10 mil novas oportunidades foram disponibilizadas para motoristas habilitados nas categorias D e E que atuam nos setores de cargas e de passageiros. O número de cursos também cresceu. Em 2018, a Escola de Motoristas Profissionais passou a ofertar cursos especializados e atualizações relacionadas ao transporte rodoviário, regulamentados pelo Contran (Conselho Nacional de Trânsito). No segmento de cargas, o projeto agora contempla, além do treinamento para o transporte de produtos perigo
Multas por evasão de pedágio crescem 183% no Estado

Multas por evasão de pedágio crescem 183% no Estado

Notícias
Levantamento revela que mais de 186 mil motoristas cometeram a infração ano passado  O percentual de motoristas multados por "furar o pedágio" nas rodovias paulistas subiu 183% no ano passado, em relação a 2016. Segundo a Secretaria de Logística e Transporte do Estado, foram autuados 186.877 motoristas só em 2017. O número equivale a aproximadamente 21 infrações por hora. Em 2016, a multa chegou para 66.027 condutores. As estatísticas correspondem as rodovias Anchieta, Imigrantes, Ayrton Senna, Anhanguera, Bandeirantes, Raposo Tavares e Castello Branco. O valor do pedágio nessas vias pode variar entre R$ 3,70 e R$ 25, dependendo do tipo do veículo e da localização do ponto. Na maioria dos casos, a infração é cometida de duas formas: quando o motorista estoura a cancela
Polícia volta a fiscalizar horário de descanso de caminhoneiros nas rodovias

Polícia volta a fiscalizar horário de descanso de caminhoneiros nas rodovias

Notícias
Lei de 2015 determina tempo que motoristas profissionais devem descansar, mas fiscalização estava suspensa. Monitoramento é feito por meio do tacógrafo.  A fiscalização dos tacógrafos de caminhões e veículos de passageiros foi retomada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). O equipamento serve, entre outras coisas, para monitorar o tempo de uso dos veículos e assim os horários de descanso dos motoristas. O aparelho é obrigatório para os caminhões que transportam mais de 4,5 toneladas e no transporte rodoviário com mais de 10 passageiros. A fiscalização busca monitorar os horários de descanso dos motoristas. A lei que determina o intervalo dos motoristas existe desde 2015, mas a fiscalização feita pela PRF estava suspensa. Porém, voltou a ser feita no in
CONTRAN permite que motoristas habilitados na categoria D façam o curso de movimentação de cargas indivisíveis

CONTRAN permite que motoristas habilitados na categoria D façam o curso de movimentação de cargas indivisíveis

Notícias
Atendendo a pleito da NTC, o Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN) editou a Resolução 685, de 15 de agosto de 2017, alterando os itens 6.1, 6.2 e 6.5 do Anexo II da Resolução 168, de 14 de dezembro de 2004. Com a alteração, fica permitido que motoristas com CNH letra “D”, que operem guindastes montados sobre caminhão e guindastes auto propelidos, façam o curso obrigatório de cargas indivisíveis. Fonte: NTC&Logística
Motoristas vão sugerir mudanças no contrato de concessão da BR 101

Motoristas vão sugerir mudanças no contrato de concessão da BR 101

Notícias
Em período de revisão contratual, podem ser propostas alteração e retirada de obras A partir desta quarta-feira (7), os usuários que trafegam pela BR 101, no trecho que corta o Espírito Santo, vão poder sugerir mudanças a serem feitas no contrato assinado com a concessionária Eco101. Podem ser propostas a inclusão, alteração e até a retirada de alguma obra considerada importante para melhorar as condições de segurança e fluidez do tráfego na rodovia. Trata-se do período de revisão contratual, que ocorre a cada cinco anos, quando podem ser feitas alterações nas obras e serviços previstos no Programa de Exploração da Rodovia (PER). É ele que explica detalhadamente o que deve ser feito na rodovia – e acompanha o contrato.  Segundo a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) todas
Projeto susta norma que exige exame toxicológico de motoristas profissionais

Projeto susta norma que exige exame toxicológico de motoristas profissionais

Notícias
A Câmara dos Deputados analisa proposta com o objetivo de cancelar a portaria do Ministério do Trabalho que obriga empregadores a incluir no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) dados sobre exames toxicológicos realizados por motoristas profissionais contratados ou desligados da empresa (Portaria 945/17). No Projeto de Decreto Legislativo (PDC) 781/17, o deputado Mauro Lopes (PMDB-MG) argumenta que o Ministério do Trabalho extrapolou o poder que tem de regulamentar as leis com a nova exigência e propõe que o Congresso use suas prerrogativas para sustar a norma. Ele argumenta que a exigência pode colocar em risco o sigilo sobre as informações dos motoristas. A norma do Ministério começou a valer em 13 de setembro de 2017. Obriga empresas a custear os exames dos motor
Curso do SEST SENAT habilita para trabalhar com cargas indivisíveis

Curso do SEST SENAT habilita para trabalhar com cargas indivisíveis

Notícias
Capacitação é exigida dos motoristas que querem transportar esse tipo de carga Um dos serviços de transporte que requer especialização é o que trabalha com cargas indivisíveis. Mas você sabe o que isso significa? Trata-se do transporte de uma peça unitária, com elevado peso específico, que também pode ter grandes dimensões, como por exemplo o transporte de guindastes, toras de madeira ou blocos de rocha. O SEST SENAT oferece essa capacitação para profissionais do transporte, e o curso é gratuito para aqueles que estão com o cadastro em dia nas Unidades Operacionais. Saiba mais sobre a gratuidade dos serviços do SEST SENAT. O foco está na preparação do condutor frente aos riscos que esse tipo de movimentação oferece, utilizando como base as resoluções do Contran (Conselho Nacional de