Entrevista Dra. Virginia Laira

Chico da Boleia: Amigo caminhoneiro, vamos conversar com a Diretora Jurídica da FENACAT, que vem trabalhando praticamente de sol a sol para deixar a Federação aonde realmente merece estar, em um patamar de seriedade de fazer com que as associações possam realmente trabalhar adequadamente. Doutora, estamos no 2º Fórum e a FENACAT já tem uma estrada, ainda que pequena, mas tem uma estrada. Quantas associações hoje tem a FENACAT?

Virgínia: Boa Noite Chico! É um prazer grande a sua participação neste Fórum. Respondendo sua pergunta, hoje a FENACAT está com 23 associações.

Chico da Boleia: Como foi o crescimento nos últimos 2 anos?

Virgínia: De 2009 para cá, nós partimos de 9 associações para 18, 20, 21, 22, 25 e caímos agora para 23, onde duas associações se retiraram. Mas a FENACAT também não fez nenhuma força para que elas continuassem, porque não se adequaram ao padrão FENACAT.

Chico da Boleia: A proposta da FENACAT, para a gente que acompanha desde o começo, é uma proposta séria e importante para o setor, mesmo porque só tem uma forma do caminhoneiro proteger seu patrimônio: se houver um custo compartilhado que é a associação. O que você acha que falta para que mais associações venham para dentro da FENACAT?

Virgínia: Infelizmente, acho que na questão das associações virem para dentro da FENACAT, o problema é que as associações estão sendo criadas com um pouquinho de fuga do foco, que é essa divisão de prejuízos. Acredito que muitas associações visam um lucro ou alguma coisa de parceiros comerciais, coisa que a FENACAT vai contra. Acho que é por isso que existe esse problema de aproximação, porque sabe que aqui na FENACAT a conversa é diferente.

Chico da Boleia: Quando a gente fala da questão compartilhada e do mutualismo, não seria uma possibilidade de pensar numa diretoria colegiada e não com um presidente?

Virgínia: Ontem foi aprovado em assembléia um conselho consultivo, esse conselho vai passar a discutir diversos assuntos da Federação e seus objetivos. E este conselho consultivo vai nos dar um apoio. Então vamos conversar primeiro e depois vamos aos demais. Então vai ser mais ou menos nesta linha que você está colocando, mas a figura do presidente ainda, por hora, continua.

Chico da Boleia: Não vamos entrar na questão do presidencialismo, mas vamos falar do fato importante. O senador Paulo Paim entrou com um anti-projeto de lei validando as associações de proteção. Como é que estão as expectativas e o ânimo de vocês?

Virgínia: A expectativa é muito grande! Nós sabemos, e eu tenho consciência, de que esse é um projeto a longo prazo. Mas eu acho que, com o trabalho que a gente vem desenvolvendo, um trabalho sério, sem medo de procurar ajuda, eu acho que a gente vai conseguir sim! Acho que esse Fórum e depoimentos de líderes do transporte, mostrou e deixou isso de forma muito clara, esse apoio à Federação. A batalha será longa e dura, mas nós vamos conseguir!

Chico da Boleia: Essa é a Dra. Virgínia Layla, falando mais uma vez com propriedade sobre a FENACAT e, quando houver mais informações sobre o projeto, voltaremos a falar com ela.

Chico da Boleia – Orgulho de ser Caminhoneiro!

Comentarios