Neusa Navarro, presidente da Fórmula Truck, fala sobre as novidades da competição para 2013

Na última quinta feira, dia 10 de janeiro, Chico da Boleia foi até a cidade de Santos, no litoral sul paulista, para conversar com a presidente da Fórmula Truck, Neusa Navarro. Junto com ela estava Vytor Zeidan, jornalista que acompanha e realiza grande parte das entrevistas e matérias das etapas do campeonato.

Chico da Boleia, Neusa Navarro e junto com ela estava Vytor Zeidan, jornalista que acompanha e realiza grande parte das entrevistas e matérias das etapas do campeonato

A presidente da categoria ressaltou que 2012 foi um ano de grande satisfação para todos que trabalham e participam das etapas da competição. Apesar dos problemas financeiros que todo o país o enfrentou, Neusa afirmou que o ano passado deixou boas lembranças de um campeonato acirrado e emocionante fechado com chave de ouro na última etapa de Brasilia, em dezembro. A boa disputa e a vitória de Leandro Totti proporcionaram felicidade ao público e aos amantes da Fórmula Truck.

Com relação aos trabalhos desenvolvidos pela Fórmula Truck na parte de comunicação, Vytor Zeidan frisou que os resultados de 2012 foram além das expectativas e representaram um grande avanço. O jornalista atribui o sucesso da marca Fórmula Truck e também das etapas promovidas, às divulgações e trabalhos de comunicação desenvolvidos em parceria com a Grelak Comunicação, chefiada por Clóvis Grelak. A empresa que presta assessoria de imprensa contribuiu para a divulgação das etapas e ações da Fórmula Truck nas diversas mídias disponíveis.

Novidades:

O ano de 2013 promete muitas novidades para a Fórmula Truck. De acordo com Neusa Navarro, existem vários pilotos da categoria que ainda não decidiram qual equipe integrarão. Existe, ainda, a possibilidade de entrarem mais pilotos para a categoria. Tudo isso será confirmado nos próximos dias.

Sobre a primeira etapa do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck, a presidente da categoria reafirmou, como em outras vezes, sua satisfação em voltar ao Autódromo de Tarumã, no Rio Grande do Sul. “O retorno à Tarumã será ótimo. Desde 2008 não acontece uma etapa lá. O público sempre se fez presente e eles são fanáticos por corridas, principalmente pela Truck”, acrescentou Neusa.

Além disso, Vytor lembrou que o Autódromo de Londrina também está confirmado para o calendário 2013 da Fórmula Truck. Por outro lado, os cariocas não terão o gostinho de acompanhar as emoções da competição no Rio de Janeiro, já que o Autódromo de Jacarepaguá foi fechado.

A concentração de etapas do Campeonato na região Sul do Brasil (Curitiba, Londrina, Cascavel, Tarumã e Guaporé) é resultado da carência de Autódromos em outros estados. “Não temos muitas opções no Brasil. Rio de Janeiro foi fechado, então tivemos que buscar outro autódromo. Campo Grande é uma praça bacana, mas o acesso ao autódromo não é muito bom, as pessoas não conseguem chegar até lá com grande facilidade. Isso caracteriza uma dificuldade tanto para a Truck quanto para o público.”, explicou Neusa Navarro.

Outra novidade que pode esquentar o automobilismo brasileiro é a possível criação de uma categoria na Fórmula Truck para jovens pilotos menores de 21 anos. A Truck Light, como foi chamada por Neusa Navarro, terá o objetivo de acolher novos pilotos e proporcionar a eles experiências nas pistas. Os caminhões utilizados serão menores e a categoria terá regras específicas. Neusa frisou que a categoria talvez seja criada em 2014.

Segurança durante as corridas.

O acidente com o piloto Diumar Bueno, da DB Motor Sport, ocorrido na etapa de Guaporé em outubro do ano passado, deixou os organizadores e o público receosos. Segundo Vytor Zeidan o acidente foi o mais grave da história da Fórmula Truck, em termos de consequência, já que o piloto teve várias fraturas nas pernas. O ocorrido, no entanto, é apenas uma lembrança para todos, visto que o próprio piloto frisou a qualidade dos itens de segurança dos caminhões da Truck. Diumar, que teve uma recuperação impressionante nos últimos meses, pensa, inclusive, em voltar a correr já neste ano.

Em competições automobilísticas, no entanto, qualquer item que possa proporcionar mais segurança aos pilotos é sempre bem-vindo. Isso porque o bom andamento das corridas não depende somente da organização do evento, das equipes e dos pilotos, mas também das boas condições do autódromo e do clima.

Por isso Neusa Navarro lembrou que na última etapa de 2012, em Brasília, foi apesentado um caminhão com uma modificação no sistema de freios. A novidade foi aprovada pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo) e já entrou no regulamento. Dessa forma, na primeira etapa deste ano, os caminhões estarão adequados com um novo sistema de freios.

Pilotos confirmados para 2013:

Muitos detalhes ainda não foram confirmados para 2013, mas já podemos contar com a renovação dos pilotos Beto Monteiro e Valmir Benavides na equipe Iveco, que, em 2012, investiu pesado em seus caminhões de corrida. A equipe ABF/Mercedes-Benz também confirmou a parceria de dez anos dos pilotos Wellington Cirino e Geraldo Piquet.

A grande novidade foi anunciada também neste dia 10 de janeiro: Paulo Salustiano, de 29 anos, assinou com a ABF Desenvolvimento Team e correrá com o caminhão Mercedes-Benz vencedor dos campeonatos brasileiro e sul-americano de 2012.

Já a estrela do campeonato passado, Leandro Totti, ainda não tem equipe garantida na Fórmula Truck. Neusa Navarro acredita que a confirmação desta informação deva acontecer nos próximos dias.

Está confirmada também a estreia da equipe comandada por Edu Piano, o multicampeão do Rally dos Sertões. Edu, que tem 20 anos de experiência nas terras, provará uma pouco das emoções dos circuitos fechados. A nova equipe será composta por caminhões Ford, competindo, assim, com a experiente equipe DF Motor Sport/Ford, de Djalma Fogaça.

Outro piloto confirmado é Jansen Bueno que fará parte da equipe DB Motor Sport. Desde o ano passado, o jovem de 21 anos já tinha pretensões de fazer parte do Grid da Fórmula Truck, porém o regulamento, dentre outras exigências, não permite que menores de 21 anos corram na categoria. A ideia era que Jansen corresse ao lado do pai, Diumar Bueno que, apesar dos anseios de retornar às pistas, ainda não confirmou sua volta.

Fórmula Truck nas mídias:

As etapas dos Campeonatos Brasileiro e Sul-Americano de Fórmula Truck prometem agitar as cidades do calendário 2013. Segundo Vytor Zeidan o plano é “pulverizar mais as informações sobre a Truck ao longo do ano e em todos os lugares”.  Além disso, a ideia é divulgar as etapas e ações antes, durante e depois do evento em cada cidade, para que as pessoas se aproximem mais da competição e acompanhem todos os detalhes.

Para que todos conheçam realmente a sensação de andar num caminhão de corrida, a Fórmula Truck criou a “Volta Rápida”. Nela, clientes vips e representantes da imprensa poderão andar a toda velocidade juntamente com os pilotos oficiais da competição. O caminhão para a Volta Rápida está em construção e será totalmente diferente das marcas e montadoras, para que todos os pilotos possam pilotar. A atração será acompanhada de um coquetel e acontecerá nos sábados que antecedem a corrida.

Neusa Navarro ainda comentou como é acompanhar seus filhos durante o Show de Caminhões, espetáculo no qual Gabi, Dani e Junior fazem manobras radicais com caminhões de 4 toneladas. A mãe frisou que não consegue assistir ao show dos filhos, “fico muito nervosa”, disse ela. Mas ela ainda ressaltou a admiração e a emoção que sente pelos filhos estarem seguindo os passos do pai, Aurélio Félix. Neusa comentou ainda, que pretende ver um deles correndo na Fórmula Truck.

Truck Kids:

A ação social que está em todas as etapas da Fórmula Truck continuará em 2013. “Nas etapas, o evento da Truck Kids é automático. Mas 2012 foi o ano em que mais ocorreram eventos da Truck Kids fora das etapas da competição”, frisou Vytor Zeidan. Neusa Navarro ainda ressaltou a satisfação em oferecer às crianças a oportunidade de andarem nos caminhõezinhos da Truck. Segundo ela, nas ações que ocorreram nas cidades a presença do público foi muito grande. “Fizemos um evento da Truck Kids aqui em Santos no Natal, com o Papai Noel e as crianças gostaram muito. Elas comparecem em massa. Tem muita empresa parceira que colabora doando brindes e brinquedos”, acrescentou Neusa.

Recado aos caminhoneiros.

Em todas as suas entrevistas, Chico da Boleia faz questão de incluir as questões que afetam toda a categoria dos caminhoneiros. Sobre o assunto, Neusa Navarro concluiu que apesar de conhecer a difícil realidade dos caminhoneiros deste país, acredita que 2013 será um ano de grandes conquistas para todos da categoria, principalmente em função das leis que estão sendo debatidas e aprovadas em benefício dos caminhoneiros.

Por último, a presidente Neusa Navarro desejou muita saúde e que todos os caminhoneiros do país possam acompanhar de perto o evento que é especialmente preparado para eles: a Fórmula Truck.

Comentarios