Diesel: preço sobe o dobro da inflação

Combustível propulsor da economia brasileira e um dos balizadores da inflação, o óleo diesel comercializado nos postos de combustíveis de Fortaleza, o S-10, registrou nos últimos 12 meses, alta de 13,21%, enquanto o S-500 e o S-1800, vendidos no Interior do Estado, aumentou 18,39%, no intervalo de março de 2012 até ontem. Em março do ano passado, o litro do Diesel S-10 ou S-50, custava na bomba, em média, R$ 2,05 e até ontem, apresentava preço médio de R$ 2,321, nos estabelecimentos da Capital cearense.

Nos municípios distantes acima de 50 quilômetros de Fortaleza, o litro do diesel S-500 ou S-1800 custava, em média R$ 1,99, contra R$ 2,356, o maior preço médio Estadual entre os nove estados do Nordeste.

Em Juazeiro do Norte, por exemplo, o preço do diesel na bomba, para o caminhoneiro, consumidor final, saltou em 12 meses, de R$ 2,11 para os atuais R$ 2,515, alta de 19,20%. Todos esses índices superam, em muito, a inflação média do período em análise, da ordem de 7%.

Os reajustes no preço do combustível foi concentrado neste ano. Somente em 2013, de janeiro até ontem, o preço do diesel aumentou 10,67%, três vezes o percentual registrado em 2012.

No pico

Diante dos aumentos, o Sindicato dos Proprietários de Postos de Combustíveis do Ceará (Sindipostos-CE), avalia que os preços tendem agora, – depois que todos os postos já aumentaram os preços – à estabilização. “Essa é a tendência, se o governo não aumentar novamente”, avalia o assessor técnico do Sindipostos-CE, Antônio José Gomes Costa.

Em Fortaleza, o litro do diesel S-10 está oscilando entre R$ 2,19 e R$ 2,46, com variação de ate 12,38%, entre os revendedores. Os novos preços confirmam o repasse integral dos reajustes das refinarias para os postos e deste para o consumidor final.

Para justificar os aumentos acima da inflação, Costa diz que a base de cálculo do ICMS do diesel, que no início do ano era de R$ 2,15, agora é de R$ 2,27.

Fonte: Diario do nordeste

Comentarios