Chico da Boleia entrevista consultor técnico comercial da Dunlop Pneus

O bate-papo teve como objetivo falar sobre o mercado e as novidades que a empresa tem para o segundo semestre. (Foto: divulgação)

Chico da Boleia entrevista consultor técnico comercial da Dunlop Pneus

Célio Queiroz contou sobre as novidades do mercado e produtos para caminhões

Na tarde desta terça-feira (01), o Chico da Boleia conversou com Célio Queiroz, consultor técnico comercial da Dunlop Pneus. O bate-papo teve como objetivo falar sobre o mercado e as novidades que a empresa tem para o segundo semestre.

– A Dunlop Pneus é uma marca que já tem 132 anos de mercado, precursora do que hoje conhecemos como pneu. Criado pelo veterinário John Boyd Dunlop, a ideia surgiu ao perceber a dificuldade do filho em pilotar um triciclo. E, com os materiais que dispunha na clínica, criou o primeiro pneumático, em 1888 – conta Célio.

A partir daí, Dunlop estabeleceu a primeira fábrica na Irlanda e que, posteriormente, se consolidou em toda a Europa. “Anos depois, a empresa firmou uma parceria com o grupo Sumitono Rubber, do Japão, abrindo uma subsidiária no país, em 1909”, destaca o consultor.

Célio conta que, em 2011, a Dunlop retornou ao Brasil (após um período de atuação no país na década de 1960) abrindo espaço no mercado para os produtos da marca. Porém, a inauguração da fábrica só ocorreu em 2013, na região metropolitana de Curitiba. “Em 2016, a unidade recebeu novos investimentos para a produção de pneus de caminhões e ampliação de pneus de passeio”.

– Com relação aos pneus de carga, temos modelos que atendem as necessidades do cliente, seja para uso em trechos urbanos, rodoviários, regionais ou mistos, de longa a curta distâncias. Outra característica do pneu Dunlop é que ele não possui emenda, sendo que esta tecnologia é patenteada. Tanto os modelos de passeio quanto de caminhões, no Brasil, as partes de borracha não possuem emendas. Essa tecnologia traz melhorias tanto para a produção quanto para o consumidor, proporcionando economia de combustível, além do custo benefício – destaca Célio.

Questionado sobre o melhor modelo para o eixo direcional, o consultor diz que o mais indicado é o SP 320 devido a construção standard e a estrutura do pneu. “Vale ressaltar que no site da Dunlop tem todas as informações sobre as redes de atendimento e suporte para os clientes. Caso não haja um fornecer local, basta entrar em contato com nosso SAC”.

Já para quem trabalha no esquema “fora da estrada” (como, por exemplo, com transporte de cana de açúcar), a empresa possui o pneu direcional SP 571 e o de tração SP 925 para serem usados nas usinas.

Uma curiosidade dos pneus Dunlop é que são produzidos para ajudar na redução de combustível, devido a adição de sílica, que ajuda o rodar mais livre e, consequentemente, a queima de diesel é menor. Já com relação ao descarte, a Sumitono Rubber Brasil faz parte do programa Reciclanip, cujo objetivo é a coleta e destinação correta de pneus inservíveis no país.

– A Dunlop procura oferecer os produtos com preço acessível a todos caminhoneiros, mas é importante que o cliente avalie o custo do pneu por quilômetro, para saber qual o modelo mais adequado para seu veículo. Mas o mais importante é o custo benefício que a empresa proporciona – destaca Célio.

E uma das grandes novidades para o segundo semestre é a parceria entre a Dunlop Pneus com as concessionárias Irmãos Davoli. De acordo com o representante da unidade de Mogi Mirim-SP, a ação tem resultado no aumento de vendas dos modelos Dunlop, devido a qualidade e custo dos produtos fornecidos diretamente pela distribuidora. “De uns três meses para cá, o volume de vendas tem sido satisfatório, a rentabilidade é boa e os clientes tem saído satisfeitos, apesar de ser um produto novo em nossa unidade”, ressalta João Bastista, representante da concessionária

Para saber mais sobre as novidades da Dunlop Pneus, basta acessar www.dunloppneus.com.br

Comentarios