CargOn recebe aporte de R$ 2,5 milhões da VIASOFT

Fundada em março de 2020, os números da CargOn comprovam que o modelo de negócio foi aprovado pelo mercado. (Foto: divulgação/CargOn)

CargOn recebe aporte de R$ 2,5 milhões da VIASOFT

Com investimento, logtech tem um post-money valuation avaliado em R$ 17,5 milhões, e já planeja Série A para dezembro

A CargOn, logtech que atua como operador logístico digital no gerenciamento do transporte de indústrias e transportadoras, acaba de receber a terceira rodada de investimentos no valor de R$ 2,5 milhões da VIASOFT, empresa fornecedora de soluções completas em software de gestão em segmentos como agronegócio, logística, indústria, combustíveis, materiais de construção e supermercados. As outras duas, um investimento Anjo e outra Corporate Capital, também somaram juntas R$ 2,5 milhões. Com isso, a startup passa a ter um post-money valuation avaliado em R$ 17,5 milhões e já faz planos para receber uma Série A, em dezembro deste ano.

Com o aporte, a CargOn vai investir em melhorias, principalmente, nas áreas de tecnologia e marketing. “Também queremos alavancar nossa ferramenta de fidelidade, o FICA (Fidelidade CargOn), que trará muitos benefícios para os motoristas e parceiros da startup”, afirma Denny Mews, CEO da CargOn e especialista em transporte rodoviário.

Fundada em março de 2020, os números da CargOn comprovam que o modelo de negócio foi aprovado pelo mercado. A logtech já movimentou mais de R$ 600 milhões em fretes desde o início da operação e prevê chegar a mais de R$ 20 bilhões até o final deste ano. No período, foram transportadas 140 mil cargas, com expectativa de 500 mil para 2021. Atualmente, a CargOn tem 50 mil cadastros ativos de motoristas na plataforma, com estimativa de 100 mil downloads de seu app ao longo de 2021.

– A VIASOFT tem know-how em logística, área em que atuamos, e agronegócios, segmento que queremos aumentar nossa participação. Por isso, a sociedade aconteceu de forma bem natural, pois entendemos a sinergia entre os negócios e que fazia sentido para ambos. Essa aceleração nos permitirá dar um grande salto – observa Mews.

– Estamos crescendo na faixa de 40% ao mês e a expectativa para esse ano é ultrapassarmos os R$ 15 milhões de faturamento. Isso reflete em nossa equipe, que passou de 16 pessoas no início da operação para 25 colaboradores. Até o final do ano, pretendemos dobrar esse número, chegando a 50 pessoas no time – acrescenta Mews.

– O investimento que a VIASOFT fez na CargOn se deve à importância que damos ao setor de logística. A startup vem com o propósito de atuar diretamente na execução dos processos, integrando players de mercado, o que faz muito sentido para os nossos clientes. Por isso, pretendemos ofertar esses serviços diretamente dentro dos nossos softwares ERP nas áreas de indústria, agronegócio, distribuição, e fazer com que a logística seja parte da gestão interna das empresas de todas as áreas que atendemos – diz Itamir Viola, CEO da VIASOFT.

A CargOn oferece uma linha de serviços que desburocratiza o setor. A plataforma permite a gestão completa da operação logística, desde a contratação de transportadoras e escolha da carga até o monitoramento, tudo de forma automatizada, promovendo eficiência e agilidade para embarcadores e transportadores. Os clientes contam também com emissão própria dos documentos fiscais, seguro próprio e gestão total do início ao fim do transporte, uma das dores observadas no mercado de logística.

Para melhorar ainda mais as operações de transporte e incentivar o uso da tecnologia em todo o setor, a CargOn assume o pioneirismo na adoção da Inteligência Artificial (A.I.) da Microsoft, para facilitar a identificação de motoristas e suas respectivas habilitações. A tecnologia evita fraudes e roubos por falsos portadores, além de garantir o gerenciamento de cargas, por meio do agendamento para veículo específico, rastreio e monitoramento de itens, com local de destino, previsão de entrega e sinalização em caso de possíveis atrasos.

O recurso valida o cadastro do motorista, que faz uma selfie e tira uma foto de seu documento de habilitação. As imagens são enviadas para a portaria da empresa atendida juntamente à ordem de serviço. O motorista também é beneficiado com a tecnologia, a partir de avaliações realizadas na plataforma, ampliando as chances para novos trabalhos.

Ainda na vanguarda, a CargOn é a primeira transportadora a oferecer seguro de vida para os motoristas que realizam o transporte de cargas identificadas e cadastradas pela plataforma da startup. A parceria foi firmada com a BB Seguros e a apólice de R$ 50 mil garante a cobertura por todo o período da viagem para o caso de morte e/ou invalidez por acidente. “Esse modelo de seguro foi elaborado pela BB Seguros e Cargon com exclusividade para motoristas de caminhão e se chama “seguro de vida por dia”. Até então isso não existia no mercado, é inédito. O custo para a CargOn é de R$ 3,00 por dia, para cada motorista que fizer o transporte da carga pela plataforma da startup”, explica Mews.

A expertise no setor logístico e a qualificação dos profissionais à frente do negócio permitiram que a empresa figurasse no TOP 10 Logtechs 2020, ranking divulgado anualmente pelo 100 Open Startups.

Comentarios