Caminhão de hidrogênio da Toyota estreia nos Estados Unidos

A Toyota Motor North America e a Kenworth Truck Company continuam com a evolução de seu caminhão zero emissões, o denominado Project Portal que é propulsionado por célula de combustível. Já em 2017 começaram os testes dinâmicos e agora a última evolução do veículo acaba de ser apresentada em um evento celebrado no porto de Los Angeles diante de um nutrido grupo de personalidades tanto do setor público como privado, que deram seu apoio ao projeto.

A nova geração do Project Portal permite uma maior capacidade de carga e uma autonomia melhorada – 300 milhas, cerca de 480 quilômetros – um registro habitual para, por exemplo, um caminhão de distribuição de peças de demolição. Na verdade, para assegurar a viabilidade do projeto tanto a capacidade de transporte como a autonomia são dois aspectos básicos.

Neste evento, Toyota e Kenworth confirmaram que implantarão um total de 10 caminhões como parte do Projeto de Carga de Emissões Zero e Zero (ZANZEFF por suas siglas em inglês) que distribuirá mercadorias entre os portos de Los Angeles e Long Beach.

Atualmente o suporte da Toyota para essa tecnologia é total e, de fato, já rodaram com esse caminhão 14.000 milhas (mais de 20.000 quilômetros) em condições de utilização reais ao redor das citadas localizações.

O projeto ZANZEFF acaba de receber uma injeção de 41 milhões dólares para incrementar seu desenvolvimento com a citada frota de caminhões Kenworth T680 Classe 8 combinada com a tecnologia de célula de combustível da Toyota.

Outros sócios que participam nessa iniciativa são a empresa de entregas UPS e petroleira Shell que criará duas novas estações de carga de hidrogênio de grande capacidade em Wilmington e Ontario, Califórnia. As duas novas estações estarão localizadas nos serviços de logística de Long Beach da Toyota e nas instalações de P+D de Gardena. A ideia é criar uma rede interconectada de 5 estações de serviço de hidrogênio na baía de Los Angeles.

Atualmente circulam pelo porto de Los Angeles 16.000 caminhões por ano, já que é a maior entrada comercial da América do Norte. Estima-se que este número será incrementado até os 32.000 para 2030. Hoje operam nos Estados Unidos mais de 43.000 caminhões.

Comentarios