‘Amarração de cargas’ é tema do novo vídeo do Instituto Julio Simões

n1
Novo filme do Programa Pela Vida mostra a importância de acondicionar e fixar bem a mercadoria transportada para evitar acidentes

Todos os dias são registrados nas estradas do País acidentes causados por cargas mal amarradas. Para evitar perdas e riscos, o caminhoneiro deve ficar atento à maneira de colocar a mercadoria no veículo antes da viagem. O alerta está no vídeo Amarração de Cargas, nova campanha do programa Pela Vida, criado pelo Instituto Julio Simões, braço social da empresa de logística rodoviária JSL.

A campanha, que começou a ser veiculada nos trailers de atendimento no dia 14 de novembro, também poderá ser conferida no canal do projeto no YouTube.

O vídeo destaca que o motorista só pode seguir seu trajeto após se assegurar de que a carga está acondicionada, fixada e amarrada adequadamente. Do contrário, a mercadoria pode despencar do caminhão, levando a perigos tanto para quem dirige quanto para terceiros, além de causar prejuízo ao cliente.

O filme ressalta regras básicas para que não existam problemas com o carregamento: verificar se não há excesso de peso; se a carga está bem distribuída; acompanhar o acondicionamento do material e checar componentes de amarração como cintas, mantas e cabos de aço.

A cada parada, o caminhoneiro precisa reapertar os cintos, conferir se os dispositivos de segurança não estão danificando a carga e se algo representa perigo no descarregamento, como a queda do produto. Em caso de irregularidade, a recomendação é ligar para a empresa ou o contratante do frete.

O vídeo Amarração de Cargas faz parte de uma série voltada para orientar os motoristas com relação aos perigos da estrada.

Comentarios