A importância do transporte de cargas e logística para a economia brasileira

O setor de transportes, armazenagem e serviços acessórios foram responsáveis por movimentar cerca de 480 bilhões de reais, equivalente a 6,4% do PIB. (Foto: reprodução)

A importância do transporte de cargas e logística para a economia brasileira

Artigo destaca o desempenho do setor e alternativas encontradas durante a pandemia

A Pesquisa Anual de Serviços (PAS), divulgada no dia 27 de agosto de 2020, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), somou a receita operacional de serviços não financeiros em R$ 1,6 trilhões, sendo que a maior parte ficou para o segmento de Transportes, serviços auxiliares aos transportes e correios, somando um total de 30%. Ainda de acordo com a pesquisa, entre as atividades que compõem o segmento de Transporte, os principais crescimentos na receita entre 2009 e 2018 em relação ao total dos Serviços vieram de Transporte rodoviário de cargas, com alta de 1,8 ponto percentual, e de Armazenamento e atividades auxiliares aos transportes, com avanço de 1,1 ponto percentual.

O setor de transportes, armazenagem e serviços acessórios foram responsáveis por movimentar cerca de 480 bilhões de reais, equivalente a 6,4% do PIB. Os dados falam por si só, e durante a pandemia, ficou ainda mais evidente que sem a logística e o transporte, itens essenciais para as nossas vidas não chegariam até a população.

Cada vez mais, o transporte e seus serviços complementares se tornam protagonistas na economia brasileira, outro ponto a ser observado é o crescimento do e-commerce, fundamentalmente nesse ano por conta da pandemia, que está aumentando ainda mais a demanda e necessidade pelo transporte de produtos.

Para nós transportadores, isso é positivo, mas também requer que nossas empresas estejam preparadas para assumir esse protagonismo e mercado cada vez mais exigente. Aqui na Flash Courier estamos percebendo e sentindo essa necessidade, e por isso, inovações estão sendo feitas para que a empresa esteja preparada e suporte as crescentes demandas, seja vindo dos serviços tradicionais que já operamos, e-commerce ou novas necessidades que possam surgir.

Esse ano adicionamos +20.000m2 de operação em São Paulo, Salvador, Rio de Janeiro, Curitiba e Porto Alegre. Além disso, como já colocado em artigos anteriores, estamos em fase de instalação de uma automação (sorter) que será uma das mais modernas do Mundo e com a crescente demanda do e-commerce, investimos no modelo Ship From Store para atender esse novo mercado. Nesse momento a mídia e os números irão atrair algumas empresas aventureiras para o nosso seguimento, mas temos que ter a maturidade e estabilidade na operação para nos mantermos sempre diferenciados dos demais.

É importante também, que o governo acompanhe esse crescimento do setor transportador como protagonista e continue criando mecanismos de incentivos fiscais e de infraestrutura. Muito está sendo discutido hoje sobre a Desoneração da Folha. Para o setor de transportes esse benefício está vigente há bastante tempo e isso trouxe uma economia para as empresas que de certa forma foi repassada para os clientes em forma de redução de tarifas de transporte. Se o benefício for finalizado, o setor como um todo, que tem crescido e empregado a população será fortemente afetado e influenciará toda a cadeia econômica brasileira.

Por fim, ver esse crescimento, nos deixa muito orgulhoso. Sabemos do potencial e importância do transporte de cargas e seus serviços complementares e como empresas, precisamos continuar crescendo, aprimorando e otimizando nossos processos para que esse crescimento seja unilateral e possa continuar impactando positivamente a economia brasileira.

Por: Guilherme Juliani, CEO da Flash Courier

Fonte: NTC&Logística

Comentarios