[VÍDEO] VOLVO NA 21ª FENATRAN 2017

O gerente de Projetos de Pesquisa e Engenharia Avançada do Grupo Volvo da América Latina, Roberson Oliveira, afirmou que cada vez mais a engenharia da marca trabalha com programação digital dentro de três pilares: conectividade, eletrificação e automação, durante sua palestra no “Manhãs de Tecnologia SAE Brasil”, na FENATRAN 2017, “Nós não estamos oferecendo só caminhões, estamos vendendo software”, declarou.

A Volvo já comercializa no Brasil o primeiro caminhão autônomo destinado à aplicação em lavoura de cana-de-açúcar. O VM Autônomo zera a queda da produtividade por pisoteamento das soqueiras (brotos) pelo caminhão durante a colheita da cana, pois trafega com precisão de 2,5 centímetros nos limites da linha de plantação.

A Volvo desenvolve veículos para trafegar autonomamente em áreas confinadas, para uso em mineração, por exemplo, e em vias públicas. Para isso, tem investido cerca de US$ 2,4 bilhões em desenvolvimentos de Pesquisas e Tecnologia, segundo declarou Martin Lundstedt, CEO do Grupo Volvo. Para o gerente de Projetos, a Volvo vem vencendo grandes desafios tecnológicos para garantir segurança e lucratividade aos clientes, uma vez que existem inúmeros fatores a serem considerados em um veículo autônomo. Fatores que vão desde a configuração da estrutura do veículo até a gigantesca base de dados com a qual o sistema precisa operar.

Bernardo Fedalto, Diretor Comercial da Volvo Brasil

Pude conversar com Bernardo Fedalto, Diretor Comercial da Volvo Brasil, sobre as expectativas para o próximo ano. Ao contrário de outras montadoras, a Volvo participou de todas as edições da FENATRAN e, na avaliação de Fedalto, o evento sempre foi muito representativo para o setor. Como parte da estratégia de marketing da montadora, a Volvo apresentou novos serviços ao público presente. Dentre eles, os benefícios da conectividade nos veículos Volvo. “Trouxemos a Manutenção Inteligente Volvo que planeja a parada do veículo. Trouxemos a Gestão de Combustível
que informa ao nosso usuário se ele está operando bem o veículo e dá a ele a chance de ligar para a nossa central de atendimento. Ele pode falar com um instrutor que vai dizer o que ele deve fazer para melhorar o consumo de combustível”, afirmou Fedalto.

Além desses serviços, também foi apresentado o icommerce da montadora no qual se pode comprar peças através da internet e recebe-las em casa. “São muitas as novidades na área da conexão utilizando a era digital em benefício dos transportadores”, concluiu.

Comentarios