Já faz mais de um ano que Elon Musk anunciou sua ideia de cavar túneis para tentar resolver os problemas de trânsito das grandes cidades americanas. Ele até mesmo criou uma empresa dedicada ao projeto, a The Boring Company, e já mostrou vídeos com os primeiros testes de elevadores. O foco era totalmente voltado para carros individuais, mas isso parece ter mudado nos últimos tempos, de acordo com o próprio Musk.

Em uma série de tweets, o empresário, que também é diretor executivo da Tesla e da SpaceX, afirmou que vai ajustar os planos da The Boring Company para priorizar pedestres e ciclistas. Ele justifica a medida como uma questão de justiça e cortesia: “Se alguém não tem condições de comprar um carro, essa pessoa deveria ir primeiro”.

Nos tweets seguintes, Musk deu ainda alguns exemplos de como o transporte de várias pessoas poderia ser feito pelos túneis. O vídeo mostra um conceito que mistura elementos de um ônibus convencional, com pequenas paradas espalhadas pela cidade, e um metrô subterrâneo.

Publicidade:



 Apesar da mudança nas prioridades, os túneis ainda terão espaço para os carros individuais, que inclusive aparecem no vídeo. Mas isso só será feito “quando todas as necessidades de um transporte de massa personalizado forem atendidas”, disse Musk.

O primeiro túnel da The Boring Company está sendo construído em Los Angeles e deve ligar a casa de Elon Musk ao seu escritório. A empresa escolheu esse trajeto pela facilidade em poder dar início às escavações, já que ela é dona dos terrenos.