Tag: reboques

Reboques e semirreboques apuram primeira alta do ano

Reboques e semirreboques apuram primeira alta do ano

Notícias
Negócios de implementos rodoviários pesados novos crescem 4,5% As vendas de reboques e semirreboques acumularam de janeiro a novembro 22.454 emplacamentos, volume 4,48% superior ao registrado no mesmo período do ano passado de 21.492 unidades. Segundo a Anfir, a Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviário, é o primeiro resultado positivo no ano.  No balanço anterior divulgado pela associação no início de outubro, os números já se mostravam melhores, com os volumes de licenciamentos quase empatados na comparação anual. “Um momento importante no processo de recuperação da indústria”, disse na ocasião Alcides Braga, presidente da Anfir. Agora, com o registro do crescimento o dirigente acredita na retomada das vendas “e deverá seguir em rota ascendente daqui para frente
Suspensão a ar para reboques e semirreboques é defendida pela Anfir

Suspensão a ar para reboques e semirreboques é defendida pela Anfir

Notícias
Atualmente uso não é obrigatório em todas as composições, somente naquelas com eixos espaçados, conforme previsto na resolução Contran 210/06 A Anfir, Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviários, defende a aplicação da suspensão a ar para todos os reboques e semirreboques. Atualmente seu uso não é obrigatório em todas as composições, somente naquelas com eixos espaçados, conforme previsto na resolução Contran 210/06. Segundo a associação, para a indústria produtora de implementos rodoviários, a aplicação é mais adequada para enfrentar as variações existentes nas ruas e estradas. A suspensão mecânica a molas, atualmente presente na maioria dos reboques e semirreboques, por ser mais dura acaba por provocar maior trepidação na carga como resultado das variações do sol
PROTEÇÃO LATERAL: O QUE DIZ A LEI?

PROTEÇÃO LATERAL: O QUE DIZ A LEI?

Notícias
Item de segurança obrigatório desde 2011 para caminhões, reboques e semi-reboques novos de PBT superior a 3500 kg, as proteções laterais tem como objetivo evitar ou minimizar colisões, impedindo que motos, bicicletas ou veículos de pequeno porte penetrem na parte inferior e sejam esmagados pelas rodas do caminhão ou do rebocado. Desde a publicação da Resolução 323 em 2009 que estabelece os requisitos mínimos para instalação das proteções laterais grandes dúvidas e polêmicas surgiram entre caminhoneiros e transportadores, principalmente com relação a instalação e a utilização dessas proteções.  Recentemente, surgiu nas redes sociais um vídeo de um caminhoneiro que teve os documentos do seu veículo apreendidos pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), por não apresentar uma dobra na