Tag: br163

Obra para evitar atoleiros na BR 163 não deve ser concluída este ano, diz ministro

Obra para evitar atoleiros na BR 163 não deve ser concluída este ano, diz ministro

Notícias
Os atoleiros na BR 163 que tiraram o sossego de caminhoneiros e prejudicaram o escoamento de grãos no arco norte brasileiro, no ano passado, podem voltar a se repetir em 2018. O Exército foi convocado para pavimentar a estrada e atua na região desde setembro do ano passado. O prazo de entrega da obra é até o final do ano, mas na opinião do ministro da Agricultura Blairo Maggi o trabalho não será concluído a tempo.  A BR 163 liga Cuiabá, em Mato Grosso, a Santarém, no Pará, e é considerada uma importante via de escoamento da produção de grãos do Centro-Oeste pelos portos paraenses. A rodovia tem 955 quilômetros de extensão, dos quais 100 quilômetros não estão asfaltados. O investimento para asfaltar o trecho de 65 quilômetros entre Novo Progresso e Igarapé do Lauro, no Pará, está
Pedágio na BR-163/MS será reajustado

Pedágio na BR-163/MS será reajustado

Notícias
Valores das tarifas básicas aumentarão entre R$ 0,40 e R$ 0,50 nas diferentes praças de pedágio As tarifas de pedágio na BR-163 no Mato Grosso do Sul, entre a divisa com o Mato Grosso e com o Paraná, aumentarão a partir do dia 14 de setembro. O trecho é administrado pela CCR MS Via – Concessionária de Rodovias Sul-Matogrossense. A cobrança dos novos valores foi autorizada pela ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres). O aumentou varia de R$ 0,40 a R$ 0,50, dependendo a praça de pedágio. Em Novo Mundo, a tarifa passará de R$ 4,60 para R$ 5,00; na praça de Itaquiraí/Naviraí, a tarifa sai de R$ 6,50 para R$ 6,90; em Caarapó, de R$ 6,50 para R$ 7,00; na praça de Rio Brilhante, a tarifa aumenta de R$ 6,60 para R$ 7,00; em Campo Grande, de R$ 7,40 para R$ 7,80; na praça Bandeira
BR-163: martírio dos caminhoneiros chega a 10 dias

BR-163: martírio dos caminhoneiros chega a 10 dias

Notícias
Esse é o período que os profissionais dizem estar tomando banho em rio que cheira a ferrugem, sem água potável e distantes dos centros de distribuição de cestas básicas A chuva não dá trégua, e caminhoneiros que estão na BR-163 tentando levar as cargas para os portos do Arco Norte têm mais um fim de semana de fúria, pontos com atoleiros intransitáveis, longas filas, algumas cargas perecíveis se perdendo e o, o que tem causado mais revolta: muitos ainda estão sem assistência. “Do lado de cá, não está vindo recurso nenhum. Se eles estão dando algum recurso, é lá no asfalto. Lá não precisa de recurso. A gente quer aqui, nesse atoleiro, nesse lamaçal danado, onde caminhoneiro nenhum passa. Estamos sem comer, sem tomar banho, sem beber água”, afirma o caminhoneiro Eriberto Moura, indigna
Exército interdita BR-163 para eliminar trechos com atoleiros no Pará

Exército interdita BR-163 para eliminar trechos com atoleiros no Pará

Notícias
Soldados do Exército interditaram a passagem de veículos no trecho de pelo menos 50 quilômetros de atoleiros da rodovia federal entre o Distrito de Caracol e o município de Itaituba, no Pará. A medida foi necessária para que eles consigam realizar uma manutenção paliativa da via colocando cascalho. Além disso, estão mantendo a segurança do local e entregando alguns mantimentos aos motoristas dos caminhões, carretas, ônibus e outros veículos que estão parados há mais de 20 dias. A informação foi confirmada pelo presidente do Sindicato dos Transportadores Rodoviários Autônomos de Bens do Estado do Mato Grosso (Sindicam), Roberto Pessoa Costa, ao Só Notícias, esta manhã. “Estamos propondo aos motoristas uma ação coletiva de indenização dos prejuízos causados devido ao abandono por parte do
BR-163/MT tem nova estrutura de acesso a aeroporto de Rondonópolis e MT-471imagem

BR-163/MT tem nova estrutura de acesso a aeroporto de Rondonópolis e MT-471imagem

Notícias
A BR-163/MT tem obras do acesso ao aeroporto de Rondonópolis (MT) e à MT-471, no sul de Mato Grosso, finalizadas. O tráfego de veículos foi liberado no km 107 da rodovia e o km 102 deve ser liberado ainda nesta sexta-feira (24/7). A nova estrutura dará mais fluidez ao tráfego de veículos e mais segurança aos usuários. Os dispositivos em desnível são do tipo trombeta, compostos de um viaduto e alças de acesso, que podem ser utilizados também como retorno. Ao todo serão implantados pela Rota do Oeste, concessionária que administra o trecho, 17 dispositivos e obras de arte especiais, como pontes, viadutos, entre outros. Outras obras estão em andamento ou previstas para iniciar ainda neste ano. É o caso das pontes sobre os rios Correntes (km 0), Sozinho (km 24), Itiquira (km 29), Cachoeira