Tag: bafometro

Valor de multa aumenta 53% para quem dirigir embriagado

Valor de multa aumenta 53% para quem dirigir embriagado

Notícias
A partir de novembro, o condutor que recusar passar pelo bafômetro, ou qualquer exame que detecte a influência de álcool ou drogas, passa a pagar multa de R$ 2.934,70, terá a carteira de habilitação suspensa por doze meses e o veículo retido. A mudança, que aumenta em 53% o valor atual é prevista na Lei Federal 13.281/16 sancionada neste mês. “Com mais rigor, esperamos que os motoristas evitem beber e dirigir. Investimos pesado em campanhas educativas, mas infelizmente os resultados ficam abaixo do que precisamos. Então, a Lei aumenta os valores para que pese no bolso do condutor e, quem sabe, mude o comportamento”, destaca o diretor-geral do Departamento de Trânsito do Paraná (DETRAN), Marcos Traad. A Lei Seca, em vigor há mais de sete anos, já determina que o condutor que tiver nív
Cadeirante quer se tornar primeiro piloto da fórmula Truck

Cadeirante quer se tornar primeiro piloto da fórmula Truck

Fórmula Truck, Notícias
Júnior Biriba, sofreu um acidente dia 21/04/1999 feriado de Tiradentes, assim vai fazer 17 anos, ele tinha apenas 22 anos de idade, ficou paraplégico com lesão total foi muito difícil para ele. No começo era muito independente morava sozinho, muito inquieto, mas falando desse episódio para cá ele só tem coisas boas para falar, a vida dele mudou muito e lógico fisicamente que é notório, mas mudou e mudou socialmente e por incrível que pareça para muito melhor conta Júnior. Júnior sempre trabalhou desde seus 12 anos, tinha uma empresa com mais ou menos 50 funcionários isso sempre junto com seu herói o seu pai, agora após seu acidente Deus mudou muitas coisas para Júnior, em 2000 se mudaram para uma sede própria, hoje tem 200 funcionários no Grupobiriba, sempre foi muito louco por automobil
Bafômetro poderá ser usado por guardas civis para flagrar motoristas

Bafômetro poderá ser usado por guardas civis para flagrar motoristas

Notícias
A Prefeitura de São Paulo quer colocar nas ruas da capital ao menos dois mil homens da Guarda Civil Metropolitana (GCM) equipados com bafômetros para fiscalizar, multar e apreender motoristas que dirigem alcoolizados. Esse número pode chegar a quatro mil guardas, que serão capacitados para atuar no trânsito. A GCM poderá, inclusive, montar as suas próprias blitze. O prefeito Fernando Haddad (PT) enviou uma minuta ao governo do Estado para elaborar convênio com a Secretaria de Segurança Pública (SSP). Caso haja o entendimento com a gestão Geraldo Alckmin (PSDB), a Prefeitura quer começar o trabalho com os "campeões de infração" para dar o exemplo aos demais motoristas irregulares. Metade das infrações de trânsito é cometida por 5% dos condutores em São Paulo, que representam 300 mil.