Scania inaugura o melhor túnel de vento climático do mundo

Scania túnel de vento climático

Instalado em seu centro de pesquisa e desenvolvimento em Södertälje, na Suécia, a Scania investiu SEK 400 milhões/coroas suecas (cerca de R$ 140 milhões) na construção do mais moderno túnel de vento climático do mundo para testes de seus caminhões e ônibus. A tecnologia permitirá testes em situações de frio ou calor extremos, simulando as situações de aplicação em todas as partes do planeta.

Christer Ramdén, responsável pelo novo túnel de vento climático“Esta instalação original vai nos ajudar a melhorar a eficiência de combustível e reduzir as emissões ainda mais”, afirma Harald Ludanek, vice-presidente Executivo de Pesquisa e Desenvolvimento da Scania. “Isso porque, nós podemos reduzir o impacto da neve, chuva e sujeira. Os condutores irão se beneficiar de um ambiente melhor e mais seguro na cabine”, completa.

O túnel permite testes entre -35°C e 50°C, com umidade ente 5% a 95%. O sistema de ar está equipado com vários pequenos canhões de neve para produzir muitos tipos de neve, ou muitas intensidades de chuva – inclusive o tamanho das gotas. A iluminação em UV (ultravioleta) permite a observação precisa dos locais onde a chuva entra para eventuais correções do projeto.

O veículo de teste é estacionado em rolos, sendo um para cada conjunto de rodas, que trabalham a aceleração do caminhão ou ônibus em velocidades de até 100 Km/h. “Com a entrada em novos mercados, com características climáticas tão diferentes, precisamos garantir que os nossos veículos realizem perfeitamente o seu trabalho”, garante Christer Ramdén , chefe de Testes de Desempenho de Veículos.

A construção do prédio de 25 metros altura começou em 2011 e foi concluída no início de 2013, quando iniciamos os testes dos sistemas instalados.

Clique aqui para assistir ao vídeo do Túnel de Vento Climático da Scania

Os testes:

  • Na chuva forte, os testes podem avaliar a penetração da água nas entradas de ar e seus efeitos sobre as funções do limpador;
  • Na neve, os testes podem determinar o entupimento das tampas frontais, invasão da neve nas entradas de ar, entupimento dos filtros, bem como funções para desembaçar e limpador;
  • A Luz do sol pode ser gerado com uma intensidade de radiação de 400-1,100 W/m² nas partes frontal, laterais e teto da cabine. Nuvens também podem ser simuladas;
  • Ao adicionar 0,5% de químico fluorescente à água da chuva, os testes irão mostrar a contaminação nas laterais e puxadores das portas, visibilidade do para-brisa e das janelas laterais, bem como dos espelhos – incluindo sugeiras;
  • Testes acústicos podem medir o ruído do vento.

Fonte

Comentarios