Redução de mortes em acidentes de trânsito marcou o final de 2012 em alguns estados brasileiros.

Nas principais capitais do país a volta pra casa depois das festas de final de ano foi complicada. Congestionamento, quebra de veículos e acidentes foram as principais causas da dor de cabeça dos motoristas. Mesmo com esse cenário, notícias boas foram divulgadas pelos principais centros de pesquisa sobre o tráfego. Em algumas capitais como São Paulo e Rio de Janeiro, houve uma redução nas mortes causadas por acidentes nas rodovias nessa época do ano. Confira algumas informações.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal que atua no estado de São Paulo, houve uma redução de quase 44% nas mortes em acidentes nas rodovias que levam até a capital, em comparação com a mesma época do ano em 2011. Por outro lado, as multas aumentaram 20% e as principais infrações foram falta de uso do cinto de segurança, dirigir embriagado e ultrapassagem em locais proibidos. Cerca de 60 pessoas foram presas e o número de autuados subiu de 311, em 2011, para 1,2 mil em 2012.

 

Na operação realizada na BR-040 que liga o Rio de Janeiro à Juiz de Fora, a PRF e a Concer, concessionária que administra a rodovia, relataram entre os dias 28 de dezembro e primeiro de janeiro de 2013, 44 acidentes. O número aponta para uma redução de 34,3% em comparação com o mesmo período de 2011, quando aconteceram 67 acidentes. Nenhuma morte foi registrada. O número de feridos também teve redução, de 39 para 22.

No Paraná a PRF também relatou a redução no número de mortes nas rodovias do estado em comparação com 2011. De acordo com o relatório parcial realizado entre os dias 28 de dezembro e 1o de janeiro, houve 6 mortes em comparação com 9, em 2011. Por outro lado, houve mais acidentes e mais feridos durante o feriado. Foram registrados 144 acidentes neste Ano Novo, em comparação com 95 registrados em 2011. Além das mortes, os acidentes deste ano resultaram em 121 pessoas feridas, contra 93. O número de motoristas multados também cresceu: em todo o estado, a Polícia Rodoviária Estadual aplicou 3.372 autuações, enquanto no último ano foram 1.238 multas no Ano Novo.

No estado do Amazonas um balanço parcial da Operação Fim de Ano realizada pela PRF, divulgou que o número de mortes reduziu para 4. Os dados mostram que até o 13° dia de operação foram contabilizados oito acidentes, com dez feridos. Nesse período foram fiscalizados 1.895 veículos e 170 pessoas abordadas. Os dados da Polícia Rodoviária Federal apontam ainda que foram feitas 650 notificações, sendo dez por embriaguez.

Já no Piauí as mortes em acidentes de trânsito aumentaram em comparação com 2011. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou 93 acidentes com 56 feridos e 13 mortes durante a operação de Fim de Ano, iniciada no dia 21 de dezembro e finalizada à meia-noite do dia 1º de janeiro. O número de mortes é 44% maior do que o registrado no mesmo período do ano passado, quando nove pessoas morreram em decorrência dos acidentes. Segundo a PRF, no mesmo período do ano passado foram registrados 101 acidentes, 87 feridos e nove mortos, já este ano, houve uma redução de 8% nos acidentes. A PRF ainda apontou para o aumento de autuações de pessoas dirigindo em estado de embriaguez e nas multas por excesso de velocidade.

Os dados sobre a situação das rodovias estaduais e federais que passam por Minas Gerais ainda não foram divulgadas. Mas um balanço feito pelo Estado de Minas apontou que do dia 28 a 30 de dezembro, 14 pessoas morreram em acidentes nas estradas federais e estaduais.

No Ceará, 6 pessoas morreram e 52 ficaram feridas nas rodovias federais entre o dia 21 de dezembro e a meia noite da terça-feira após o natal. Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal no Ceará (PRF-CE), foram registrados 56 acidentes e realizadas 2.749 procedimentos de fiscalização de veículos. Os dados sobre o trânsito nas rodovias do estado durante o feriado do Ano Novo ainda não foram divulgados.

Equipe Chico da Boleia

Fonte: Portal G1

Comentarios