Recapagem de pneus é a solução mais econômica e sustentável

Pneu recapado proporciona economia, desempenho e segurança

Com uma proposta de trazer aos frotistas e caminhoneiros mais economia, aliada à segurança e performance, a recapagem (processo em que uma nova banda de rodagem – a parte do pneu que entra em contato com o solo – é adicionada ao pneu desgastado) permite o reaproveitamento dos pneus após o final da primeira vida. Nesse sentido, a Bandag, empresa da Bridgestone e líder mundial na pesquisa, desenvolvimento e manufatura de bandas de rodagem, possui uma linha completa de bandas de rodagem para todos os tipos de aplicação, fabricadas com compostos de última geração que resistem ao desgaste, à deterioração e contribuem para um melhor desempenho, o que auxilia seus clientes na redução dos custos operacionais.

A aplicação de uma nova banda de rodagem pode proporcionar ao pneu recapado o mesmo desempenho quilométrico de um pneu novo, por aproximadamente 1/3 do valor original. “A recapagem auxilia muito na redução de custo por quilômetro rodado, no entanto, o frotista ou caminhoneiro deve também atentar-se aos ‘Cinco Ladrões de Quilometragem’ (Alinhamento, Balanceamento, Calibragem, Desenho de Bandas e Emparelhamento incorretos), que podem reduzir, cada um individualmente, entre 20% até 40% a quilometragem do pneu, seja este novo ou recapado”, comenta Marcos Aoki, diretor de Vendas da Bridgestone.

Publicidade:

Consorcio DAF

Para que a recapagem seja feita de forma segura, é necessário que o frotista ou caminhoneiro busque empresas preparadas pelos fabricantes e qualificadas pelo INMETRO.

Além da economia financeira, a recapagem configura-se também em umasolução sustentável, uma vez que, por ano, o processo reduz a utilização de petróleo e evita o descarte de milhões de carcaças de pneus. “Desde o início de sua operação, há 60 anos, a Bandag já evitou que 300 milhões de pneus fossem descartados e economizou até 15 bilhões de litros de petróleo. Vale destacar que a recapagem consome ainda 70% menos energia do que a produção de pneus novos”, explica Aoki.

No novo site da Bandag há uma “Calculadora de Economia”, onde os clientes avaliam o quanto podem economizar financeiramente, bem como quantos litros de derivados de petróleo são poupados e quantas carcaças de pneus deixam de ser descartadas se optarem pela recapagem. Confira em www.bandag.com.br.

Comentarios