Mercedes-Benz anuncia novo investimento para o Brasil

Stefan Buchner, presidente mundial da divisão de caminhões, e Philipp Schiemer, presidente da Mercedes-Benz do Brasil, falam de investimento e novos produtos na Fenatran

Mercedes-Benz aproveitou a 19ª edição da Fenatran, Salão Internacional de Transportes, para anunciar seu novo ciclo de investimento no Brasil: serão aplicados R$ 1 bilhão no biênio 2014-2015 para o desenvolvimento de novos produtos e tecnologias, nacionalização da linha de caminhão extrapesado Actros e modernização de processos produtivos nas fábricas de caminhões e ônibus de São Bernardo do Campo (SP) e Juiz de Fora (MG). O anúncio foi feito pelo presidente mundial da Mercedes-Benz para a divisão de caminhões, Stefan Buchner, que pela primeira vez visita o evento, considerado o maior do setor na América Latina:

“Este é o maior investimento da nossa empresa na divisão de caminhões neste momento em todo o mundo: o Brasil tem papel fundamental na Mercedes-Benz e é um ponto de luz no mercado global, com uma das maiores oportunidades para crescimento”, disse Buchner durante sua apresentação no domingo, 27, no Pavilhão de Exposições do Anhembi.

O executivo apontou que apesar de algumas incertezas e volatilidade até o fim deste ano no Brasil, seu mercado de caminhões deve crescer até 10% em 2013 na comparação com o ano anterior, enquanto outros mercados, como Nafta (América do Norte) e Europa devem amargar queda de 5% cada um. Até setembro, a montadora anota incremento de 41% em suas vendas no mercado doméstico, destaca Buchner. Seus números mostram que o Brasil é hoje o maior mercado de caminhões da Mercedes-Benz em todo o mundo, responsável pela venda de 30 mil unidades, considerando dados entre janeiro e agosto, à frente da própria Alemanha, seu país de origem e segundo no ranking, com 21 mil unidades comercializadas no mesmo período.

No ciclo anterior, de R$ 1,5 bilhão entre 2010 e 2013, a montadora focou na inauguração da nova fábrica de caminhões em Juiz de Fora e no aumento da capacidade produtiva em São Bernardo do Campo. O presidente da Mercedes-Benz no País, Philipp Schiemer, afirmou que este novo investimento faz parte da estratégia de longo prazo da empresa em modernizar seus processos e portfólio:

“Estamos reforçando nosso compromisso com o Brasil, de oferecer um portfólio de produtos e serviços com completa estrutura. Isso também nos permitirá melhorar nossa rede e estreitar a parceria de longo prazo com fornecedores.”

OUTRAS NOVIDADES

A marca também reservou para a Fenatran novidades na linha leve: o caminhão Accelo 1016, com capacidade para transportar 13 toneladas, agora com terceiro eixo, e o Atego 2430 Econfort, semipesado que recebeu o câmbio automatizado PowerShift. Na linha pesada, destacam-se o Axor 1933 versão 4×2 com câmbio automatizado PowerShift a partir de 2014 e o novo Axor 3131.

Em seu estande, a Mercedes-Benz mostra ainda a versão Actros 4160 SLT, 8×8 e suspensão a ar com capacidade máxima de tração de 250 toneladas, especialmente desenvolvido para o transporte de cargas indivisíveis. A montadora informa que não produzirá essa versão no Brasil, mas que encomendas já foram feitas por empresas nacionais: o modelo exposto foi comprado pela Megatranz.

Fonte

Comentarios