Magnabosco volta no tempo e pilota clássico que foi de Aurélio Felix

População de Goiânia pode ver de perto os caminhões antigos e novos da Fórmula Truck

A história da Fórmula Truck está completando 20 anos, e boa parte dela está sendo contada através de um museu itinerante que acompanha as etapas. Em Goiânia, a história foi para as ruas durante a carreata realizada durante a tarde da última quinta-feira (09). O caminhão que pertenceu à Aurélio Felix desfilou pelas avenidas da capital de Goiás.

ftruck
Clássico desfilou pelas ruas de Goiânia. Crédito – Orlei Silva

E coube ao mais jovem piloto do grid conduzir o histórico caminhão. Gustavo Magnabosco tem menos idade do que a história que o caminhão conta.

“Foi sensacional andar com esse Scania que tem muita história. É algo forte, marcante, mesmo não sendo em um autódromo, mas já dá pra sentir a emoção”, comenta o piloto de Santa Catarina que neste domingo vai acelerar pelo Corinthians MotorSport tentando repetir o pódio conquistado em Goiânia no ano passado.

Com os apoios do Sicoob Valcredi, Materva, Erva Mate Regina, ThermoKing, TransMagnabosco, Triel-HT, Marksell, Alter Torcatto e Recauchutadora Roda, Magnabosco entram na pista neste sábado para a definição do grid com a expectativa de estar no top 10.

 JR Assessoria de Imprensa

Osires Junior

 

Comentarios