Drones estão de olho nas rodovias, PRF testa uso na fiscalização de trânsito.

Equipamentos se tornam invisíveis aos olhos dos motoristas nas rodovias e estão demonstrando bons resultados na identificação de infrações.

Você passa por uma blitz da polícia rodoviária e a seguir começa a dar sinal de luz avisando os outros veículos que há fiscalização da polícia na rodovia. Pois essa é uma das infrações que o drone tem capacidade de fiscalizar com facilidade. A polícia Rodoviária Federal está testando o uso de drones na fiscalização de vários tipos de infrações. Nesse feriado de Tiradentes já foi utilizado o equipamento. Algumas das principais e mais arriscadas infrações do trânsito em rodovias podem ser identificadas e multadas com os drones. Ultrapassagens indevidas, conversões em locais proibidos, direção perigosa e desrespeito a sinalização, também são exemplos de infrações que o drone registra com eficácia.

Além das infrações de trânsito, a PRF identifica outras vantagens importantes do uso do equipamento na fiscalização das rodovias, como combate a crimes. Roubo de cargas e roubo de veículos, são algumas. Veículos que se evadem de fiscalizações, busca de criminosos, acompanhamentos de fugas, também podem ser realizadas com vantagens pelo drone.

Por enquanto ainda é um projeto em teste. Os resultados ainda estão sendo avaliados, mas há perspectiva dessa utilização ser implantada como uma ferramenta de trabalho regular ainda em 2017 em todo o Brasil.

Comentarios