Descontentes, caminhoneiros se mobilizam e prometem protesto no próximo dia 2 em MT

Entidades ligadas à defesa de melhorias nas condições de trabalho para os caminhoneiros em Mato Grosso estão mobilizando os profissionais para um protesto no próximo dia 2 nos terminais de carga de grãos no Estado. Eles pretendem cruzar os braços nessa data fazendo diversas reivindicações para a melhoria nas condições de trabalho. As principais queixas são contra as filas e as péssimas condições de trabalho nos locais de embarque e desembarque de grãos, principalmente nos terminais da ALL.
Está programada uma passeata pela cidade de Rondonópolis, em frente à sede do Ministério Público do Trabalho (MPT), a partir das 8 horas.
Um panfleto divulgado pelas entidades sinaliza que os caminhoneiros querem o fim das filas para aguardar a liberação de notas fiscais ou o pagamento do tempo de espera e estadia na troca das notas fiscais. O impresso destaca ainda, como reivindicação, que as transportadoras e embarcadoras informem a data do agendamento no da liberação na ordem de carregamento.
Os caminhoneiros cobram melhorias nas condições ambientais nos locais de carregamento de cargas em todo o Estado, principalmente na região norte, além do cumprimento do controle efetivo da jornada de trabalho e tempo de descanso do motorista.
As entidades que mobilizam a categoria lembram que as melhorias conquistadas no terminal da ALL foram resultado da mobilização realizada no início de setembro e que o protesto programado para o próximo dia 2 foi aprovado pelos próprios motoristas naquela ocasião.
Fonte: Expresso MT

Comentarios