Conheça a suspensão e a cabine dos caminhões da Scuderia Iveco

A suspensão utilizada é do tipo feixe de molas como a do Iveco Stralis, mas o conjunto de molas é projetado em função do peso e comportamento esperado para um veículo de corrida. As barras estabilizadoras são fabricadas sob medida  e com opções de regulagem. Os amortecedores utilizados são fabricados sob medida com quatro tipos de regulagem: compressão de alta frequência, compressão de baixa frequência, retorno e pressão de gás.

Cabine

A cabine utilizada é a mesma do Iveco Eurocargo, porém são realizadas modificações externas – como inclusão de defletores e modificações na grade frontal – para que ela tenha a aparência do Iveco Stralis. Painel, revestimentos, bancos e tapetes são removidos e o assoalho é retrabalhado para acomodar um radiador maior. Por motivo de segurança do piloto, é construída uma estrutura tubular interna (chamada de Santo Antônio ou Gaiola) que tem por função preservar o piloto em caso de acidente.

É construído também um novo painel constituído de itens importantes para o piloto como: mostrador de pressão de ar, pressão de turbo, pressão de óleo, rotação do motor, temperatura de água e exaustão, e algumas chaves para acionamento do ventilador do radiador auxiliar, sistema de resfriamento do freio através de água, luz de chuva, e acionamento do rádio comunicador.

Fonte: Iveco

Comentarios