Cascavel recebe a sexta etapa da Fórmula Truck.

Começam nesta sexta-feira (2), os treinos livres da sexta etapa do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck. A corrida acontecerá no Autódromo Internacional Zilmar Beux de Cascavel. Este é o segundo ano consecutivo que a cidade voltou a receber a categoria, depois de 5 anos sem receber os caminhões mais rápidos da América Latina.

Nesta manhã, autoridades locais e representantes da Fórmula Truck se reuniram em coletiva de imprensa. O prefeito da cidade, Edgar Bueno (PDT), expressou satisfação em receber a Fórmula Truck mais uma vez em Cascavel. O Autódromo, que leva o nome do ex-piloto Zilmar Beux, quem foi responsável pela construção do asfalto finalizado em 1973, foi totalmente reformado no ano passado e ainda passa por transformações.

Da esquerda para a direita: O Deputado Estadual André Bueno, o piloto da ABF Racing Team Diogo Pachenki, O Prefeito de Cascavel Edgar Bueno, A Presidente da Fórmula Truck Neusa Navarro e Juraci Massoni, Presidente do Automóvel Clube de Cascavel.

“Foi uma grande recuperação do Autódromo. Cascavel tem um histórico no automobilismo e a própria Fórmula Truck começou a dar seus primeiros passos aqui. Nós sentamos com a sociedade, ouvimos pessoas e tomamos uma decisão. Fizemos os investimentos e ao fazê-lo vemos a imagem positiva na sociedade e no mundo. Acredito que Cascavel está no rumo certo”, afirmou o Prefeito.

Neusa Navarro, Presidente da categoria, está satisfeita em realizar mais uma etapa no Autódromo que recebeu a primeira corrida da categoria. “Voltar a Cascavel, relembrar os últimos 18 anos e ver a evolução da Truck é muito gratificante. Se Deus quiser faremos uma grande festa no domingo”, disse Neusa ressaltando o quanto toda a equipe é bem recebida pelo público, imprensa e cidadãos cascavelenses.

Para Juraci Massoni, Presidente do Automóvel Clube de Cascavel, a Fórmula Truck representa um grande evento para a cidade e sua região. Em entrevista, Massoni expressou toda a gratidão à categoria pela visibilidade que deu ao Autódromo no passado. “Estamos em Cascavel voltando para o cenário nacional e internacional. Só para mencionar e mostrar o que essa retomada do automobilismo em Cascavel, nos próximos quatro meses teremos eventos todos os finais de semana aqui.”, explicou Juraci.

Uma das atividades que acontecem neste sábado é o Truck Kids, ação social que envolve crianças e automobilismo em todas as etapas. Neusa Navarro explicou que esta iniciativa começou em 2009 e visa aproximar crianças de todo o Brasil com a Fórmula Truck. A Presidente da categoria ainda afirmou que foram recolhidas cerca de três toneladas de alimentos – número recorde – que foram distribuídos para entidades assistenciais de Cascavel.

Também estiveram presentes na coletiva de imprensa, representantes do Movimento Cascavel Azul, projeto social para prevenção e combate do Câncer de Próstata e outras doenças masculinas. Para Pedro Muffato, que se curou de um câncer, a iniciativa é extremamente importante para conscientizar os homens e acabar com os preconceitos que ainda existem em torno do exame de prevenção. “Eu sou uma prova de cura de câncer porque fui diagnosticado precocemente. É um trabalho muito bacana das mulheres envolvidas até para preservar seus maridos e amigos. Essa campanha é fundamental!”, expressou Muffato.

Pilotos falam sobre suas experiências em Cascavel.

A coletiva de imprensa reuniu dois pilotos que representam os extremos da categoria. De um lado, o experiente Pedro Muffato, da Muffatão Racing, e de outro, o estreante no Autódromo de Cascavel, Diogo Pachenki, da ABF Racing Team.

Para o cascavelense mais novo na categoria, a corrida de domingo representa um passo adiante em sua carreira na Truck. Diogo Pachenki, que espera um grande público para a sexta etapa, frisou que a responsabilidade aumenta quando se corre em casa. “Eu acho que ainda é bastante cedo pra pensar numa vitória. Nunca corri de caminhão em Cascavel, andei cinco voltas no ano passado, mas já conheço e gosto do traçado. A maior dificuldade que eu tenho sentido na Truck são as frenadas, então como Cascavel é um autódromo de mais alta velocidade eu acredito que isso me favoreça.”, afirmou Pachenki.

Para Pedro Muffato, cascavelense na categoria há 10 anos, o segredo de tantos anos consecutivos de automobilismo é ser leal e honesto com si próprio, fazendo sempre o que gosta. “Eu acho que uma das coisas que me motiva é ter um autódromo em Cascavel. Isso recupera nossa imagem e nossa autoestima em ter um dos melhores autódromos do Brasil. Eu continuo correndo porque faço aquilo que gosto, mesmo contrariando ordens médicas e da família. Tenho muito orgulho de ser cascavelense e poder competir mais uma vez aqui”, finalizou Muffato.

Também esteve presente na coletiva o piloto italiano Alex Caffi, da equipe Dakarmotors e primeiro europeu a competir em Cascavel.

A 6a Etapa do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck acontece durante todo este final de semana com treinos livres nesta sexta e formação do Grid de Largada amanhã. A corrida está marcada para as 13 horas do domingo (4) e será transmitida ao vivo pela Band.

 

Redação Chico da Boleia

 

Comentarios