“Bancos estão asfixiando o setor automotivo”, diz presidente da Anfavea

Fonte: Exame Por Juliana Estigarribia

Em entrevista à EXAME, Luiz Carlos Moraes afirma que o momento é de “guerra” e que atitudes diferenciadas são necessárias

setor automotivo mal se recuperou de uma forte crise e já está entrando em outra, causada agora pelos efeitos do novo coronavírus. Neste cenário, além da queda da demanda, a falta de ajuda por parte das instituições financeiras é a principal reclamação das empresas.

“Os bancos deveriam oxigenar a economia, mas em vez disso, estão asfixiando”, afirma Luiz Carlos Moraes, presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), em entrevista à EXAME.

A produção das montadoras, em março, recuou ao menor nível desde 2006 para o período. No mês passado, o volume produzido caiu 21%, para 190.000 unidades, em meio à paralisação de mais de 60 fábricas no país. No acumulado do primeiro trimestre, a produção recuou 16%.

Para Moraes, embora a percepção de risco tenha aumentado substancialmente na crise atual, o sistema financeiro precisa dar a sua contribuição. “Os bancos estão liberando limites curtos, com custo inaceitável. O momento é de guerra e medidas diferenciadas precisam ser tomadas.”

Comentarios