Autopista Fernão Dias inaugura obra do Contorno de Betim

A Autopista Fernão Dias e a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) inauguram hoje, 18 de outubro (sexta-feira), a obra do Contorno de Betim. Com aproximadamente 8 quilômetros de extensão, o Contorno de Betim visa aumentar o conforto e a segurança dos usuários da rodovia Fernão Dias, sendo uma alternativa para o tráfego de longa distância e desafogando a pista atual, que praticamente se tornou uma avenida na região, devido à urbanização. Esse trecho da rodovia recebe, diariamente, uma média de 65 mil veículos.

 Com extensão de 2,75 quilômetros, a primeira etapa da obra do Contorno de Betim – um trecho que liga o km 497,5 da BR-381/MG (no trevo com a BR-262) ao trevo de acesso ao bairro Bandeirinhas – teve início em setembro de 2010 e foi concluída em novembro de 2011. A segunda etapa da construção do Contorno – com extensão de 5,38 quilômetros -, que vai do trevo Bandeirinhas até a altura da Krupp, no km 491,3 da BR-381/MG, foi iniciada em setembro de 2011 e teve duração de dois anos. O tráfego foi liberado no local no dia 10 de outubro.

 A construção do Contorno de Betim possui em toda sua estrutura os mais variados serviços. A obra contou com trabalhos de terraplenagem, drenagem, pavimentação, revestimento vegetal e implantação de sinalização horizontal (pintura de faixas e instalação de tachas na pista) e vertical (placas). As características da obra são as mesmas de toda Rodovia Fernão Dias: duas pistas com canteiro central, sinalização padrão, paisagismo e dispositivos de drenagem. Por ser uma via destinada a receber o tráfego de longa distância, o Contorno de Betim não permite acesso a bairros ao longo de sua extensão.

Histórico

A construção do Contorno de Betim teve início em meados da década de 1990, pois era um corredor viário que fazia parte do programa de duplicação da Rodovia Fernão Dias. O objetivo de sua construção era melhorar as condições de trafegabilidade na rodovia, mas a obra foi paralisada e excluída do programa da duplicação. Quinze anos depois, a obra foi inserida no contrato de concessão da Autopista Fernão Dias.

 O projeto anterior, iniciado pelo DNIT – Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, não pôde ser aproveitado integralmente pela concessionária, pois estava defasado em relação à nova realidade de tráfego na região. A concessionária elaborou um novo projeto, que manteve a terraplenagem e as obras de arte (viadutos) do projeto original, e o submeteu a análise da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres). A Agência aprovou o projeto em duas etapas: em agosto de 2010 (1ª fase) e em julho de 2011 (2ª fase).

Autopista Fernão Dias

 É uma das nove concessionárias da Arteris. É a empresa responsável, desde 2008, pela administração dos 562 quilômetros da rodovia BR-381 SP/MG, no trecho entre São Paulo e Contagem. A concessão para administrar e conservar a Fernão Dias por 25 anos foi obtida em leilão realizado em 9 de outubro de 2007. O contrato foi assinado em 14 de fevereiro de 2008 e prevê investimentos de R$ 2,3 bilhões durante sua vigência.

O trecho administrado

 A Fernão Dias corta as cidades de Guarulhos, Mairiporã, Atibaia, Bragança Paulista, Vargem, Extrema, Itapeva, Camanducaia, Cambuí, Estiva, Pouso Alegre, São Sebastião da Bela Vista, Careaçu, São Gonçalo do Sapucaí, Campanha, Três Corações, Carmo da Cachoeira, Nepomuceno, Lavras, Ribeirão Vermelho, Perdões, Santo Antônio do Amparo, Oliveira, Carmópolis de Minas, Itaguara, Itatiaiçu, Rio Manso, Brumadinho, Igarapé, São Joaquim de Bicas, Betim e Contagem. A rodovia tem um papel importante na malha viária brasileira, pois faz parte do principal corredor de interligação dos mais importantes polos econômicos da região Sudeste do Brasil, e desta com a região Sul do país e os principais países do Mercosul.

 Em termos de movimentação de cargas e passageiros, os volumes de tráfego são mais altos nas proximidades das grandes cidades, apresentando perto de São Paulo, tráfego médio diário superior a 60 mil veículos. Próximo a Contagem, o tráfego médio diário é superior a 17 mil veículos. O tráfego atual é composto em 55% por veículos leves e 45% por veículos pesados.

Operação da rodovia

 Os motoristas que passam diariamente pela Fernão Dias contam com o Serviço de Atendimento ao Usuário, 24 horas, que oferece inspeção de tráfego, socorro médico, atendimento a veículos com problemas mecânicos, viaturas para combate a incêndio e apreensão de animais na pista, além do telefone 0800 283 0381 para solicitar atendimento, tirar dúvidas ou fazer reclamações – tudo isso com uma equipe de 2 mil profissionais e cerca de 50 veículos operacionais – uma frota de 18 ambulâncias, 14 guinchos, três veículos para combate a incêndio, 13 veículos para inspeção de tráfego e duas motocicletas, além de três gaiolas para apreensão de animais. Esses recursos ficam distribuídos em 12 Bases Operacionais, situadas em locais estratégicos ao longo da rodovia. Desde 15 de agosto de 2008, a Concessionária recebeu mais de 1,4 milhão de ligações pelo 0800 e já registrou cerca de 900 mil ocorrências, que geraram mais de 1,2 milhão atendimentos ao longo dos 562 quilômetros de rodovia sob sua concessão.

 Também está em operação na Autopista Fernão Dias, o Sistema de Monitoração do Tráfego que, pelo Centro de Controle Operacional (CCO) localizado na cidade de Pouso Alegre (MG), monitora e acompanha todas as movimentações de tráfego, providenciando com mais agilidade e rapidez os atendimentos aos usuários. Este Sistema conta com um Circuito Fechado de TV (CFTV), com a operação de 221 câmeras que estão instaladas ao longo do trecho de concessão. Além das câmeras, o Sistema de Monitoração contempla três estações meteorológicas, 10 painéis de mensagens variáveis fixos e oito painéis de mensagens variáveis móveis.

ISS para os municípios

 A Autopista Fernão Dias também atua para o desenvolvimento da região que corta a BR-381 SP/MG. Em cinco anos, a arrecadação dos pedágios e as obras e serviços realizados na rodovia renderam cerca de R$ 40,8 milhões para as prefeituras dos 32 municípios que margeiam a Fernão Dias em imposto (ISSQN – Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza), com repasse realizado pela Concessionária. O montante a que cada um tem direito leva em conta a extensão da rodovia no respectivo município e a alíquota de ISS adotada pela cidade.

Investimentos e obras

Veja, abaixo, um resumo do que já foi realizado e do que está previsto por tipo de intervenção:

 . Complementação de obras do DNIT: Nove trevos, dos quais cinco obras já foram concluídas (km 10,4, km 19,2, km 57, km 67,7 e km 913) e quatro obras estão em execução (km 15,8, km 25,8, km 32,850, km 12,2).

 . Trevos novos: uma obra concluída no km 935,360 (Extrema) e uma obra em execução no km 586,025 (Carmópolis de Minas).

 . Remodelação do Sistema Viário Fernão Dias x Dutra concluída.

 . Obra de combate à enchente entre o km 88 e o km 90 concluída.

 . Sistema de Comunicação com o Usuário com contadores de tráfego, três estações meteorológicas, 10 painéis de mensagens variáveis fixos e oito painéis de mensagens variáveis móveis, instaladas 221 câmeras de monitoramento, e encontra-se em execução a implantação de 19 pontos de sistema de controle de velocidade (radar) ao longo da BR-381.

 . Passarelas novas: 31 concluídas, 18 em execução e uma a iniciar até o final de 2013.

 . Ruas laterais: 8,35 quilômetros (12 segmentos) concluídos nas regiões de Cambuí, Vargem, Atibaia, Mairiporã e no Contorno de Betim. Outros 29,153 quilômetros (35 segmentos) estão em execução nas regiões de Contagem, Betim, São Joaquim de Bicas, Itatiaiuçu, Itaguara, Carmópolis de Minas, Perdões, Carmo da Cachoeira, Pouso Alegre, Estiva, Extrema, Vargem, Atibaia e Mairiporã.

 . Reparação de obras de arte especiais (passarelas, passagens superiores, passagens inferiores, viadutos e pontes): até setembro de 2013 foram reparadas 307 OAEs e outras 28 estão em execução.

 . Melhorias em acessos existentes: 57 unidades concluídas e duas unidades em execução.

 . Melhorias em interseções existentes: seis concluídas.

 . Defensas metálicas: implantação em 74,8 quilômetros concluída.

 . Barreiras de concreto: implantação em 23,6 quilômetros concluída.

 . Obra de construção de retorno operacional no km 8,3 em execução.

 . Terceiras faixas: concluídos 2,023 quilômetros (três segmentos) na região de Mairiporã. Outros 5,873 quilômetros (quatro segmentos) estão em execução nas regiões de Brumadinho, Itatiaiuçu, Careaçu e Atibaia.

 . Balanças: duas reformadas e em operação – km 690,5 (pista sul) e km 844,5 (pista norte).

 . Recuperação de 1.370 quilômetros de pavimento.

 . Construção de 12 bases de atendimento aos usuários.

 . Recuperação de 192 terraplenos.

 . Construção de oito praças de pedágio.

 . Reforma/construção de dois postos da ANTT.

 . Reforma/construção de 10 postos da Polícia Rodoviária Federal.

Imprensa Autopista Fernão Dias

Comentarios