Tag: rebite

‘Você dorme de olho aberto’, diz caminhoneiro sobre uso do rebite em estradas do ES

‘Você dorme de olho aberto’, diz caminhoneiro sobre uso do rebite em estradas do ES

Notícias
O rebite age no sistema nervoso central e é um estimulante que faz o cérebro trabalhar mais rápido, causando a sensação de falta de sono. Vários caminhoneiros admitem que usam a substância para trabalhar. Ele acaba o efeito de uma hora pra outra, por isso que o pessoal compra muito. Toma dois, vão embora, daqui a pouco toma mais dois. Você dorme de olho aberto, cara". Essa é a descrição de um caminhoneiro sobre uma droga muito usada pelos motoristas de carga pesada nas estradas: o rebite. A mesma substância usada pelo motorista da carreta que provocou o acidente que matou 23 pessoas na BR-101, em Guarapari, em junho deste ano. O rebite é uma anfetamina, substância que existe em alguns remédios, como os inibidores de apetite, por exemplo. Age no sistema nervoso central e é
Consumo de ‘rebite’ ainda desafia a segurança em rodovias brasileiras

Consumo de ‘rebite’ ainda desafia a segurança em rodovias brasileiras

Notícias
O consumo de álcool e drogas é uma das principais causas de acidentes graves nas estradas, mas, se as operações tipo Lei Seca se tornaram corriqueiras contra as bebidas, ações mirando outros tipos de entorpecentes ainda são uma dificuldade para as autoridades por conta de sua logística mais complexa. Com o objetivo de combater os entorpecentes entre motoristas profissionais, uma lei de março de 2016 tornou obrigatório um exame toxicológico para a obtenção e renovação da habilitação nas categorias C, D e E, que abrangem ônibus e caminhões. O consumo de drogas nas estradas é uma antiga realidade. Levantamento feito pela Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais com caminhoneiros no Ceasa Contagem, na Grande Belo Horizonte, revelou que 50,9% dos condutores que se acidentaram usavam "r
APREENSÕES DE REBITES AUMENTAM EM 1076% NAS RODOVIAS FEDERAIS DO TO

APREENSÕES DE REBITES AUMENTAM EM 1076% NAS RODOVIAS FEDERAIS DO TO

Notícias
Para viajar por longas horas e entregar a mercadoria em tempo recorde, muitos caminhoneiros recorrem às anfetaminas, embora o uso desta substância seja proibido pela legislação. Esta prática se tornou tão recorrente no Tocantins que os dados de apreensões no início deste ano já superaram os de 2014. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, no ano passado foram apreendidos 199 comprimidos de rebites. Neste ano, até a última segunda-feira (27), as apreensões chegaram a 2.342. O aumento representa 1076,88%. Os dados mostram que no ano passado apenas 10 motoristas foram flagrados nesta situação, enquanto que nestes primeiros meses o número chega a 62, um aumento considerável de 520%. De acordo com a PRF, o aumento no número de flagrantes coincide com a implantação do Ter