Tag: dados

Senado: Documento Eletrônico de Transporte (DT-e) está na pauta do Plenário

Senado: Documento Eletrônico de Transporte (DT-e) está na pauta do Plenário

Notícias
Senado: Documento Eletrônico de Transporte (DT-e) está na pauta do Plenário Medida provisória visa unificação de dados, facilitando o registro de informações A Medida Provisória (MP) 1.051/2021, que cria o Documento Eletrônico de Transporte (DT-e), está na pauta do Plenário do Senado desta terça-feira (31). De emissão exclusivamente digital, a MP determina a obrigatoriedade desse documento para que sejam autorizados os serviços de transporte de cargas no país. A medida provisória tem validade até o dia 28 de setembro. A intenção da MP é reunir em um único documento dados sobre obrigações administrativas, licenças, registros, condições contratuais, sanitárias, de segurança, ambientais, comerciais e de pagamento, inclusive sobre valor do frete e dos seguros contratados. O DT-e deve cont
Segue para o Senado MP que cria documento eletrônico para transporte de carga

Segue para o Senado MP que cria documento eletrônico para transporte de carga

Notícias
Segue para o Senado MP que cria documento eletrônico para transporte de carga Iniciativa visa reunir no DT-e todos os dados referentes a carga, valor do frete, do condutor, condições contratuais, dentre outros O Senado pode analisar ainda nesta semana a Medida Provisória (MP) 1.051/2021, que cria o Documento Eletrônico de Transporte (DT-e). De emissão exclusivamente digital, o documento agora é obrigatório para autorizar os serviços de transporte de cargas no país. A MP, que perde a validade em 28 de setembro, foi aprovada na quinta-feira (15) pelos deputados e será enviada ao Senado. A intenção é reunir em um único documento todos os dados, obrigações administrativas, informações sobre licenças, registros, condições contratuais, sanitárias, de segurança, ambientais, comerciais e de p
Painel do Emprego no Transporte: fevereiro apresenta aumento de contratações no setor

Painel do Emprego no Transporte: fevereiro apresenta aumento de contratações no setor

Notícias
Painel do Emprego no Transporte: fevereiro apresenta aumento de contratações no setor Apesar da crise, balanço de admissões é maior do que de demissões para o período A Confederação Nacional do Transporte (CNT) atualizou, nesta quarta-feira (31), o Painel do Emprego no Transporte com dados de fevereiro de 2021, a partir de informações do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério da Economia. A ferramenta que a CNT disponibiliza apresenta a movimentação mensal no mercado de trabalho formal no Brasil. No transporte, o painel mostra que, em fevereiro, considerando a diferença entre admissões (60.998) e desligamentos (50.912), o setor apresentou um saldo positivo de 10.086 postos de trabalho. Esse é o maior valor para o mês de fevereiro desde 2014, quando foi reg
Proposta aponta passos para reduzir o preço dos combustíveis e GLP

Proposta aponta passos para reduzir o preço dos combustíveis e GLP

Notícias
Proposta aponta passos para reduzir o preço dos combustíveis e GLP Documento revela que três derivados produzidos pela Petrobras poderiam ser revendidos pelos seguintes valores: gasolina R$ 3,60, diesel a R$ 2,90 e GLP R$ 60 Redação Chico da Boleia Uma análise feita pelo Instituto de Estudos Políticos e Sociais (Ibep) e pela Fundação Nacional dos Petroleiros (FNP) propõe alguns passos a serem tomados para a redução do preço da gasolina, diesel e gás de cozinha. Após os aumentos consecutivos dos preços dos combustíveis praticados pela estatal, o documento explica de que forma a redução pode ser realizada sem afetar os custos para a empresa. Mas o que seria um preço justo e de que forma a Petrobras determina tais valores? - A lógica do Preço de Paridade de Importação (PPI) não leva em
Observatório Social da Petrobras traz dados e estudos sobre real situação da estatal

Observatório Social da Petrobras traz dados e estudos sobre real situação da estatal

Notícias
Observatório Social da Petrobras traz dados e estudos sobre real situação da estatal Organização da Sociedade Civil inicia projeto apontando medidas para redução do preço dos combustíveis Redação Chico da Boleia Foi lançado no início desta semana o Observatório Social da Petrobras, cujo objetivo é trazer para a população dados e estudos sobre a estatal, além de soluções para os problemas atuais enfrentados pela empresa. De acordo com as recentes publicações, o Observatório destacou como o desmonte da Petrobras e sua privatização têm prejudicado a população brasileira, bem como os impactos socioeconômicos a longo prazo. Devido aos aumentos consecutivos dos preços dos combustíveis nas refinarias realizados pela empresa, tendo como base a política de Preço de Paridade de Importação (PP
Painel CNT de Acidentes: Índice de acidentes nas rodovias cai

Painel CNT de Acidentes: Índice de acidentes nas rodovias cai

Notícias
Painel CNT de Acidentes: Índice de acidentes nas rodovias cai Apesar disso, os dados de 2020 apontam que mais de 5,2 mil vidas foram perdidas nas rodovias federais brasileiras O Painel CNT de Acidentes revela que, nas rodovias federais brasileiras em 2020, foram registrados 63.447 acidentes, o que representa uma queda no índice de 5,9% em relação a 2019 (67.427). O número de mortes no ano passado, por sua vez, foi de 5.287, uma redução de 0,8% na comparação com 2019 (5.332), indicando que, embora tenha havido menos acidentes, eles foram mais letais. Esses dados constam do Painel CNT de Consultas Dinâmicas de Acidentes Rodoviários, que foi atualizado na última quarta-feira (28), e foram obtidos junto Polícia Rodoviária Federal. No painel, é possível realizar pesquisas interativas sobre
Anfavea apresenta resultados do primeiro mês de 2015

Anfavea apresenta resultados do primeiro mês de 2015

Notícias
A Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores, Anfavea, divulgou na quinta-feira, 5, os resultados da indústria automobilística no primeiro mês do ano. Foram licenciados 253,8 mil autoveículos em janeiro, queda de 18,8% com relação ao mesmo mês de 2014, quando 312,6 mil unidades foram negociadas. Já no comparativo com as 370 mil unidades de dezembro do ano passado a retração foi de 31,4%.  Na visão do presidente da Anfavea, Luiz Moan Yabiku Junior, o desempenho foi impactado por alguns fatores: “A baixa confiança dos consumidores, o processo de operacionalização das taxas do Finame/PSI e uma expectativa pelo impacto das medidas de ajuste anunciadas no começo do ano influenciaram os resultados. Estes fatores confirmam o cenário extremamente difícil para este primeiro trimes