Tag: antt

A importância do seguro para transporte de cargas perigosas

A importância do seguro para transporte de cargas perigosas

Notícias
Segurança é fundamental para quem percorre o Brasil de Norte a Sul transportando carga, ainda mais quando esta é perigosa. Por isso, empresas não dispensam a contratação de seguros para evitar prejuízos que podem causar danos a outras pessoas e à natureza. Segundo a Agência  Nacional de Transporte Terrestre (ANTT), o produto é considerado perigoso quando representa risco à saúde das pessoas, ao meio ambiente ou à segurança pública, seja ele encontrado na natureza ou produzido por qualquer processo. Até existe uma tabela, definida pela ONU, que classifica os produtos perigosos em Classes de Risco. Por exemplo, o primeiro nessa tabela são os explosivos, depois vêm os líquidos inflamáveis, os sólidos inflamáveis e substâncias que em contato com água emitem gases inflamáveis. No Brasil, tamb
MP permite reprogramação de investimentos em rodovias federais concedidas e cria novas categorias no RNTRC

MP permite reprogramação de investimentos em rodovias federais concedidas e cria novas categorias no RNTRC

Notícias
O Governo Federal publicou a Medida Provisória nº 800, de 18 de setembro de 2017, que estabelece as diretrizes para a reprogramação de investimentos em concessões rodoviárias federais e cria novas categorias no RNTRC. Clique aqui para ver a MP na íntegra. A MP promoveu alterações na Lei nº 10.233/2001 que, ao incluir o Art. 14-B, criou três novas categorias: a) de carga própria; b) de cargas especiais e c) de produtos perigosos para as empresas que realizam o transporte rodoviário de carga. A ANTT deverá estabelecer as normas para inscrição dessas novas categorias no RNTRC, e as empresas terão até um ano a contar da data de publicação para se adequarem ao regulamento. Concessões Rodoviárias Com a Medida, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) está autorizada,
Mais de 80 caminhoneiros participam de ação de saúde da CCR MSVia

Mais de 80 caminhoneiros participam de ação de saúde da CCR MSVia

Notícias
Na edição de setembro do Programa de Saúde, promovido pelo Instituto CCR por meio da CCR MSVia e da Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT, 83 pessoas passaram pelo posto Caravágio, na BR-163/MS, para checar a saúde. Durante o evento, realizado das 15h às 21h, foram oferecidos aos participantes exames como aferição de pressão arterial, teste de glicemia, acuidade visual e auditiva, medição de Índice de Massa Corpórea (IMC), vacinas e corte de cabelos, tudo gratuitamente. Foram parceiros nesta etapa do Estrada para a Saúde do Instituto CCR e da ANTT a Mercedes Benz, o Posto Caravágio, a Escola Padrão (serviços de enfermagem) e a Barbearia J. Custódio (corte de cabelos) GRUPO SATO – COMUNICAÇÃO
Tarifas de pedágio na BR-163/MT caem R$ 0,10

Tarifas de pedágio na BR-163/MT caem R$ 0,10

Notícias
A ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) determinou a redução em R$ 0,10 das tarifas em todas as praças de pedágio da BR-163/MT, no trecho que vai da divisa do Mato Grosso com Mato Grosso do Sul até o entroncamento com a MT-220. A rodovia é administrada pela CRO (Concessionária Rota do Oeste). Com isso, a tarifa básica de pedágio passará a ser: R$ 4,40 na praça de pedágio de Itiquira; R$ 5,00 em Rondonópolis; R$ 4,00 em Campo Verde/Santo Antônio do Leverger; R$ 4,00 em Cuiabá/Santo Antônio do Leverger; R$ 5,40 em Acorizal/Jangada; R$ 4,50 em Diamantino; R$ 3,70 em Nova Mutum; R$ 4,80 em Lucas do Rio Verde; e R$ 6,90 em Sorriso. Conforme a Concessionária Rota do Oeste, o cálculo para chegar ao novo valor das tarifas na BR-163/MT considerou o índice da inflação no úl
ANTT muda o cronograma para instalação de tag eletrônica em caminhões para 2018

ANTT muda o cronograma para instalação de tag eletrônica em caminhões para 2018

Notícias
A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) alterou o cronograma de instalação dos dispositivos de identificação eletrônica. A ANTT mudou seu cronograma e prorrogou para janeiro de 2018 o início da implantação obrigatória da tag eletrônica em veículos de carga cadastrados no Registro Nacional de Transportadores Rodoviários de Cargas (RNTRC). Agora, transportadores que desejem instalar voluntariamente o dispositivo em seus caminhões tem até 7 de janeiro de 2018 para isso. Antes, esse prazo se esgotaria no dia 1º de setembro. Com o adiamento, a exigência do dispositivo, que passaria a valer em outubro deste ano para veículos do primeiro grupo (com placas do Distrito Federal e de Goiás), foi prorrogada para março de 2018. Apesar das mudanças, a ANTT manteve dezembro como mês-limi
ANTT entra com representação contra negócio da família Maggi

ANTT entra com representação contra negócio da família Maggi

Notícias
Autarquia contesta operação com empresa que administra pagamento de caminhoneiros  A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) entrou com uma representação no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) contra negócios que envolvem o grupo Maggi, da família do ministro da Agricultura, Blairo Maggi. A autarquia diz que a empresa – que contrata frete - não pode ser dona de uma administradora de pagamentos de caminhoneiros. Segundo a representação, obtida pelo GLOBO, a agência questiona uma operação aprovada pelo órgão defensor da concorrência há dois meses.Em junho, o Cade permitiu – sem restrições_ a formação de uma joint-venture entre as companhia de commodities Dreyfus, Amaggi (de exportação e importação do grupo Maggi) e a Green Net, administradora de cartão
Comissão aprova projeto que determina a construção de local de repouso para motoristas em rodovias

Comissão aprova projeto que determina a construção de local de repouso para motoristas em rodovias

Notícias
O objetivo da proposta é permitir que os caminhoneiros possam cumprir o descanso previsto na Lei dos Caminhoneiros  A Comissão de Viação e Transportes da Câmara aprovou proposta (PL 1045/15) que determina a construção de pontos de descanso nas estradas para os motoristas profissionais. O objetivo da proposta é permitir que os caminhoneiros possam cumprir o descanso previsto na Lei dos Caminhoneiros (Lei nº 13.103, de 2 de março de 2015). Pela legislação atual o motorista deve fazer um descanso de meia hora a cada quatro horas de direção, e, mesmo não tendo onde estacionar, não podem exceder o limite de cinco horas e meia de direção sem descanso. O relator na comissão, deputado Wilson Beserra, do PMDB do Rio de Janeiro, destacou que o texto aprovado na comissão determina qu
Motoristas reclamam de más condições de trecho da BR-153, que deve ser leiloado novamente

Motoristas reclamam de más condições de trecho da BR-153, que deve ser leiloado novamente

Notícias
Concessionária de Rodovias Galvão perdeu administração de 624 km da via por 'inexecução contratual'.  Motoristas e caminhoneiros reclamam das más condições do trecho da BR-153 entre Anápolis, a 55 km de Goiânia, e Aliança do Tocantins (TO). Eles relatam que via é cheia de buracos e têm medo de trafegar por ela. O intervalo de 624 km era administrado pela Concessionária de Rodovias Galvão, mas a empresa teve o contrato cancelado por “inexecução contratual”. Segundo o ministro dos transportes, Maurício Quintella, trecho deve ser leiloado novamente. Conforme apurou a TV Anhanguera, o trecho é de pista simples, tem pontes sem proteção nas laterais e vários buracos ao longo da via. O caminhoneiro Wagner Bonfim Loves afirmou que sempre que pega a estrada para fazer transporte de
Averbação do seguro no Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais (MDF-e)

Averbação do seguro no Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais (MDF-e)

Notícias
Sobre o Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais – MDF-e (instituído pelo Ajuste SINIEF n° 21/2010), já de conhecimento de todos, vale lembrar que está em vigor o Manual de Orientações do Contribuinte do Manifesto Eletrônico de Documentos Fiscais - MDF-e – (MOC versão 3.0). A NTC&Logística faz esse alerta a fim de que as empresas se adequem à nova versão uma vez que, a partir da 02/10/2017, apenas a versão 3.0 do MOC estará vigente. Como consequência do novo MOC, algumas informações relacionadas à prestação do serviço de transporte rodoviário de cargas serão exigidas no documento, e a falta de qualquer uma delas impedirá a emissão do MDF-e, a saber: vinculação da placa do veículo ao CNPJ do Transportador;  verificação da validade do RNTRC;  averbação do seguro obrig
Super rodotrem está pronto

Super rodotrem está pronto

Notícias
Randon começa a oferecer ao mercado novo implemento para composições com 91 toneladas O transportador interessado em ver de perto o chamado super rodotrem terá uma oportunidade de 22 a 25 de agosto, em Sertãozinho (SP) na Fenasucro & Agrocana, onde a Randon levará a mais recente tendência de transporte de carga, especialmente para o setor sucroalcooleiro. O novo implemento rodoviário para composições veiculares de 11 eixos e Peso Bruto Total Combinado (PBTC) de 91 toneladas já está homologado e é capaz de levar 17 toneladas de carga líquida a mais.  O novo equipamento é antiga solicitação do Ministério dos Transportes e da Agência Nacional do Transporte Terrestre (ANTT), como também do setor canavieiro. A autorização de circulação ocorreu em dezembro do ano passado por meio da Re