Tag: anfavea

Mercado de caminhões cresce 8% em setembro

Mercado de caminhões cresce 8% em setembro

Notícias
O segmento também apresenta resultados positivos na produção e na exportação O desempenho do segmento de caminhões segue apresentando sinais de retomada, com variações positivas e contínuas ao longo do ano, como mostram os dados divulgados pela Anfavea. De acordo com as estatísticas da associação que reúne as fabricantes de veículos no Brasil, em setembro, as montadoras negociaram 4.540 caminhões, alta de 8,2% sobre o mesmo mês do ano passado, quando o mercado absorveu 4.194 unidades. O volume, porém, é 6,1% menor na comparação com os emplacamentos registrados em agosto, de 4.834 caminhões. Para Rogelio Golfarb, vice-presidente da Anfavea e vice-presidente da Ford, a queda apurada de um mês para o outro se explica pelo menor número de dias úteis em setembro. “é evidente o processo de
Anfavea revisa projeções da indústria automobilística para 2017

Anfavea revisa projeções da indústria automobilística para 2017

Notícias
A Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores, Anfavea, divulgou na quinta-feira, 6, em São Paulo, SP, os resultados da indústria automobilística de junho e do primeiro semestre. Na ocasião, revelou também suas novas projeções de vendas, produção e exportação de autoveículos para 2017. As novas expectativas da entidade apontam um crescimento de 35,6% nas exportações, o que significa chegar ao fim deste ano com 705 mil unidades enviadas para outros países – a projeção anterior era de crescimento de 7,2%. Esta mudança, em conjunto com a diminuição da participação de importados, levou a uma previsão maior também na produção: saltou de 11,9% para 21,5%, alcançando 2,62 milhões de unidades ao término do ano. Para as vendas ao mercado interno a previsão manteve-se inalterada.
Cresce produção de caminhões no Brasil em maio

Cresce produção de caminhões no Brasil em maio

Notícias
Foram 7,6 mil unidades, 42,1% mais que no mesmo mês do ano passado; vendas mantiveram estabilidade A produção de caminhões novos cresceu 42,1% em maio deste ano, se comparado ao mesmo mês de 2016. Foram 7,6 mil unidades de 2017, ante 5,3 mil do ano passado. Já em relação a abril deste ano, quando a produção foi de 5,9 mil caminhões, a alta de maio chegou a 28,4%. Os dados foram divulgados pela Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores) nessa terça-feira (6). Quanto às vendas, que somaram 4,1 mil unidades, houve crescimento em relação a abril de 18,3%. No entanto, se comparado a maio de 2016, houve estabilidade. Já no acumulado do ano, os resultados permanecem fracos, na avaliação da Anfavea. De janeiro a maio, as vendas alcançaram 17,2 unidades, enquanto
Anfavea revela desempenho da indústria automobilística em janeiro

Anfavea revela desempenho da indústria automobilística em janeiro

Notícias
A Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores, Anfavea, apresentou na segunda-feira, 6, em São Paulo, os resultados da indústria automobilística no primeiro mês do ano. Os dados apontam uma retração de 5,2% no licenciamento de autoveículos: foram 147,2 mil unidades em janeiro contra 155,3 mil no mesmo período do ano passado. Quando comparado com as 204,3 mil unidades comercializadas em dezembro de 2016, a queda é de 28%. Para Antonio Megale, presidente da Anfavea, o resultado ficou ligeiramente abaixo das expectativas: “Já esperávamos que o mês de janeiro e o primeiro trimestre como um todo fossem difíceis. Afinal, apesar de diversos indicadores já apontarem sinais positivos, o nível de desemprego ainda está alto. Nossa expectativa para o restante do ano é de uma melhor
Anfavea revela balanço do ano e projeta crescimento para 2017

Anfavea revela balanço do ano e projeta crescimento para 2017

Notícias
A Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores, Anfavea, apresentou na quinta-feira, 5, em São Paulo, o balanço final da indústria automobilística brasileira em 2016. Na ocasião a entidade também apresentou suas projeções para 2017. O licenciamento de autoveículos no ano passado foi de 2,05 milhões de unidades, queda de 20,2% frente as 2,57 milhões de unidades vendidas em 2015. Somente em dezembro – o melhor mês do ano – foram negociadas 204,3 mil autoveículos, crescimento de 14,7% ante as 178,2 mil unidades de novembro e baixa de 10,3% se comparado com as 227,8 mil de dezembro de 2015. Para Antonio Megale, presidente da Anfavea, vários fatores contribuíram para este desempenho: “O primeiro é a confiança em baixa, em razão da instabilidade política vivida pelo País, que
Anfavea: perpectivas de crescimento em 2017

Anfavea: perpectivas de crescimento em 2017

Notícias
A Anfavea (associação dos fabricantes de veículos) divulgou nesta quinta-feira (6/10) o resultado da indústria de veículos e a boa notícia não veio do segmento de automóveis e nem de caminhões, ainda em queda, mas de máquinas agrícolas e rodoviárias que cresceu 22,2% em setembro deste ano em relação ao mesmo período do ano passado. Setembro foi o melhor mês do ano para máquinas (4.795 unidades em setembro contra 1.560 em janeiro, pior mês do ano) e sinaliza que o setor do agronegócio voltou a investir na produção. Isso significa que há sinais de confiança que a economia voltará a crescer em 2017 e, para que o setor de transporte volte a crescer, o investimento começa no setor produtivo e os investimentos no agronegócio influenciam diretamente a contratação de frete a partir de meados de
Produção de veículos cai 29% em janeiro ante 2015, diz Anfavea

Produção de veículos cai 29% em janeiro ante 2015, diz Anfavea

Notícias
145,1 mil unidades foram produzidas no Brasil em janeiro. A produção de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus no Brasil começou 2016 agravando o declínio de 22,8% registrado em 2015. Segundo dados divulgados nesta quinta-feira (4) pela associação de fabricantes (Anfavea), saíram das fábricas instaladas no país 145,1 mil unidades, contra 203 mil em janeiro do ano passado, o que representa queda de 29,3%. O resultado de janeiro colocou a produção de janeiro em nível semelhante ao registrado em 2003, por causa da necessidade de ajustar os estoques, segundo Luiz Moan, presidente da Anfavea. Cerca de 254 mil veículos estavam nos pátios da montadoras e concessionárias, no final de janeiro, o que daria para 49 dias de vendas no ritmo atual, enquanto o ideal seria ter em torno de 3
Produção de veículos no Brasil cai 22,8% em 2015, diz Anfavea

Produção de veículos no Brasil cai 22,8% em 2015, diz Anfavea

Notícias
Indústria automotiva do país tem a produção mais baixa desde 2006. Saíram das fábricas instaladas no país 2.429.463 unidades A produção de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus no Brasil encolheu 22,8% em 2015, em relação ao ano anterior, segundo dados divulgados nesta quinta-feira (7) pela associação de fabricantes (Anfavea). No ano passado, saíram das fábricas instaladas no país 2.429.463 unidades, contra 3.146.386 em 2014. Com o resultado ruim, a indústria automotiva do país volta a nível registrado em 2006 (2,4 milhões), afirmou o presidente da Anfavea, Luiz Moan. O pico foi em 2013, com 3,71 milhões de unidades. "A crise em 2015 não teve precedentes em termos de profundidade. As questões políticas acabaram contaminando a economia de uma forma bastante forte, diminuind
Presidente da NTC & Logística fala sobre os desafios da Fenatran 2015

Presidente da NTC & Logística fala sobre os desafios da Fenatran 2015

Cobertura de eventos, Notícias
Durante entrevista com Chico da Boleia, José Hélio Fernandes falou sobre as repercussões da maior feira do TRC da América Latina. Confira! Chico da Boleia: José Hélio como você vê a Feira em si, hoje? José Hélio: Eu confesso que eu vejo com bastante otimismo. Como você disse estamos num ano atípico com a economia passando por um momento complicado, e que nós inclusive pensamos muito em fazer ou não fazer a Feira. Eu até disse que essa é a Fenatran da determinação e da coragem. Mas a parceria com a Reed, com a Anfavea, com a Anfir, resultou um trabalho de muito esforço e que eu estou vendo coroado de sucesso. Estou realmente bastante animado, eu acho que a Fenatran deu bons resultados para nossos expositores apesar do momento difícil que a gente vive. Chico da Boleia: Bom, primeiro eu,
47ª Edição Nacional – Jornal Chico da Boleia

47ª Edição Nacional – Jornal Chico da Boleia

Jornal
20ª Edição da FENATRAN dá um chega para lá nos urubus. Companheiros do trecho! Estamos a pouco mais de um mês do fim do ano de 2015 e este ano foi bem difícil por que tivemos problemas na Economia Mundial e problemas internos relacionados à política o que contaminou todos os setores. A democracia conquistada a duras penas passou o ano de 2015 sob ameaça. As manobras das oposições, políticas, sociais e na mídia desde o dia seguinte à eleição presidencial de 2014, tentam virar a mesa. Querem tudo: recontagem de votos, anulação da eleição, cancelamento do registro da candidatura vitoriosa, renúncia, impeachment, inviabilizar o governo, parar o país. Tudo menos aceitar a derrota. Isso tudo criou incertezas no cenário interno, mas tudo na vida tem limite e chega uma hora que a realidade te