Tag: anfavea

Mercedes-Benz lidera as vendas de caminhões pesados

Mercedes-Benz lidera as vendas de caminhões pesados

Notícias
Marca aproveita melhor a categoria que mais cresce no mercado de veículos rodoviários de carga A cobiçada categoria de caminhões pesados é a que tem se mostrado como o principal motor na recuperação do mercado de veículos rodoviários de carga. Nos cinco primeiros meses do ano, o segmento acumulou 11.679 unidades vendidas, um crescimento de 89,4% sobre o mesmo período do ano passado, quando registrou 6.166 emplacamentos. Até o fim de maio, o volume negociado representou 44,4% das vendas internas totais, de 26.323 caminhões. Pelo balanço do setor mais recente da Anfavea, a Mercedes-Benz é a marca que melhor aproveita o atual cenário. No segmento, dominado até bem pouco tempo atrás pela Scania e Volvo, a fabricante de São Bernardo do Campo (SP) lidera com certa folga. De janeiro a maio
Produção de caminhões avança 54% em abril

Produção de caminhões avança 54% em abril

Notícias
Categoria de pesados impulsiona a recuperação do segmento com crescimento superior a 100%  O balanço do desempenho de caminhões em abril e no primeiro quadrimestre do ano apresentado na segunda-feira, 7, pela Anfavea, a associação que reúne as fabricantes de veículo no País, mais uma vez reforça a trajetória de retomada do segmento. No mês passado, o chão de fábrica esteve em ritmo aquecido ao contabilizar 9.095 unidades produzidas, volume 54,2% superior ao registrado em abril de 2017, quando foram produzidos 5.900 caminhões.  A intensidade da produção foi determinada pela demanda de caminhões pesados. No mesmo abril, 4.302 unidades, ou 47% da produção foram de representantes da categoria, alta de 111,7% relação há um ano, ocasião em que saíram das linhas 2.032 unidades. No acumulado
Fábricas de caminhões em ritmo acelerado

Fábricas de caminhões em ritmo acelerado

Notícias
No mês passado, saíram das linhas de montagem de caminhões 7.768 unidades, crescimento de 46,2% sobre fevereiro do ano passado, de 5.314. Na comparação com janeiro, quando as fábricas produziram 6.707 unidades, a alta foi de 15,8%. Para Antonio Megale, presidente da Anfavea, associação que representa as fabricantes de veículos no País, o resultado mostra que a temperatura da economia começa a aumentar e, assim, a demandar mais transferência de carga. “O segmento de caminhões ainda segue com uma grande capacidade de ociosa, da ordem de 70%. Mas não há dúvida de que está no caminho da recuperação, o que permite projetar um ambiente melhor no futuro”, observou o dirigente durante divulgação do balanço do setor automotivo do primeiro bimestre, na terça-feira, 6 de março. No acumulado dos
Produção de caminhões sobe 57,2% em janeiro, diz Anfavea

Produção de caminhões sobe 57,2% em janeiro, diz Anfavea

Notícias
Expectativa do setor é crescer 24,7% em 2018. Entidade ressalta que a base de vendas ainda é baixa.  A produção de caminhões cresceu 57,2% em janeiro de 2018, informou a associação dos fabricantes de veículos, a Anfavea, nesta terça-feira (6). O segmento de veículos como um todo subiu 24,6%. De acordo com a entidade, foram 7.045 caminhões feitos no mês, contra um total de 4.482 unidades em janeiro de 2017. Um dos segmentos de destaque é o dos extrapesados, grandes caminhões que puxam mais de 45 toneladas, mas outras áreas começam a reagir. "Outros segmentos de caminhões que estavam mais parados também estão começando a crescer", aponta Luiz Eduardo de Moraes, vice-presidente de caminhões da Anfavea. "Vemos o varejo começando a crescer também,
Melhores marcas em participação de mercado em caminhões e automóveis em dezembro de 2017

Melhores marcas em participação de mercado em caminhões e automóveis em dezembro de 2017

Notícias
O ano de 2017 não foi fácil para os brasileiros, todos sabemos. Mas algumas áreas vêm indicando a retomada do crescimento econômico do país, principalmente do setor automotivo. Isto pode ser notado nos mercados de caminhões e automóveis que fecharam o último mês de 2017 com bons índices e boas projeções para 2018: em levantamento da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos (Anfavea) , a expectativa é que, no próximo ano, o aumento nas exportações de veículos pesados estará na marca de 12,8%, enquanto a de veículos leves está estimada em 4,6%. Venda de caminhões No ano passado, a venda de caminhões aumentou 3,5% na comparação com 2016 que foi considerado o pior dos últimos vinte anos.  Os caminhões pesados, acima de 45 toneladas, puxaram as vendas deste mercado ao longo de 201
Venda de máquinas agrícolas cresce 1,5% em 2017 ante 2016, diz Anfavea

Venda de máquinas agrícolas cresce 1,5% em 2017 ante 2016, diz Anfavea

Notícias
As vendas internas de máquinas agrícolas e rodoviárias no atacado atingiram 44,3 mil unidades em 2017, avanço de 1,5% em relação a 2016, mostram dados divulgados nesta sexta-feira, 5, pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). Em dezembro, foram 3,8 mil unidades vendidas, queda de 8,8% ante igual mês do ano anterior, mas avanço de 25% na comparação com novembro. A produção de máquinas agrícolas e rodoviárias, por sua vez, chegou a 54,9 mil unidades no ano passado, aumento de 1,8% sobre o resultado de 2016. Porém, no último mês do ano, foram 2,7 mil unidades produzidas, quedas de 52,1% em relação a igual mês de 2016 e de 31,1% na comparação com novembro. As exportações de máquinas agrícolas, em valores, totalizaram US$ 3,017 bilhões em 2017, avanço de 69
Produção de veículos sobe 25,2% no Brasil em 2017, diz Anfavea

Produção de veículos sobe 25,2% no Brasil em 2017, diz Anfavea

Notícias
Setor se recupera depois de 3 anos seguidos de quedas. Exportações batem recorde histórico com alta de 46,5% e puxam o crescimento. A produção de veículos no Brasil fechou com alta de 25,2% em 2017, informou nesta sexta-feira (5) a associação das montadoras (Anfavea). No total, foram feitos 2.699.672 carros, caminhões e ônibus no ano, contra 2.156.356 veículos em 2016. O desempenho encerra 3 anos seguidos de queda na produção de veículos brasileira e a alta foi puxada pelas exportações que marcaram o recorde histórico neste ano. "É um número a se comemorar, mas a capacidade ociosa da indústria ainda é elevada. Em caminhões, está perto de 75%", afirma Antonio Megale, presidente da Anfavea. Exportações De janeiro a dezembro de 2017, as monta
Vendas de caminhões pesados impulsionam o mercado

Vendas de caminhões pesados impulsionam o mercado

Notícias
Falta o varejo voltar às compras para a retomada do segmento de veículos de carga O desempenho dos negócios de caminhões pesados nos dez primeiros meses do ano já apresenta retrato completamente diferente em relação as outras categorias. De acordo com os dados da Anfavea, a associação que reúne as montadoras, as vendas do segmento no acumulado cresceram 14,2%, para 14.519 unidades contra 12.709 registradas no mesmo período do ano passado. O resultado é oposto aos obtidos pelas outras categorias de caminhões. Na comparação com o acumulado de 2016, a queda nas vendas de semipesados é de 12,8% (10.540 licenciamentos contra 12.087), de médios, 3,9% (3.395 ante 3.531), de leves, 17,3% (9.155 frente a 11.073) e de semileves, 4,3% (2.784 contra 2.909). A evolução dos emplacamentos de pesados
Produção de caminhões em alta

Produção de caminhões em alta

Notícias
Crescimento das vendas internas e externas aquece o ritmo das fábricas de pesados Os sinais da recuperação do segmento de caminhões são mais evidentes a cada mês que passa. Resultados do balanço divulgados pela Anfavea, a associação que reúne as fabricantes de veículos no País, na quarta-feira, 8, não deixam dúvidas.  A começar pelo chão de fábrica.  Em outubro a indústria de caminhões produziu 8.241 unidades, alta de 77,8% sobre o mesmo mês do ano passado, quando foram fabricados 4.635 caminhões. No acumulado do ano até outubro, as fábricas instaladas no País produziram 67.285 caminhões, volume 31,9% maior na comparação com as 51.018 unidades produzidas ao longo dos dez primeiros meses de 2016. Os resultados positivos apresentados na produção se devem em boa medida ao reaquecimento
[VÍDEO] ANFAVEA NA 21ª FENATRAN 2017

[VÍDEO] ANFAVEA NA 21ª FENATRAN 2017

Vídeo
Pude bater um papo com Antônio Carlos Botelho Megale, Presidente da Anfavea (Associação Nacional dos. Fabricantes de Veículos Automotores). De acordo com a sua avaliação, o ano de 2017 começou de maneira bastante complexa, mas a 21ª edição da FENATRAN conseguiu apresentar perspectivas de negócio muito positivas. Ao longo da entrevista, perguntei a Megale sobre a importância da Feira para o segmento. Para o Presidente da Anfavea, que também é diretor da Volkswagen Brasil, a FENATRAN apresenta ao mercado as inovações e prospectos em termos de serviços, peças, veículos e implementos. Megale também afirmou que acredita ser muito importante que as decisões econômicas sejam desatreladas da conjuntura política para garantir a estabilidade do setor. “Nós temos um quadro complexo do ponto de vis