Sessão em homenagem aos 25 anos da FETRANSESC

Florianópolis, 25.10.12 – A história contada, em vídeo, pelos líderes empresariais, que já ocuparam o cargo de presidente ou participaram e viveram a efervescência da fundação, a emoção das recordações e das homenagens e o orgulho pelo respeito conquistado deram o tom da cerimonia de comemoração pelos 25 anos de fundação da Federação das Empresas de Transporte de Carga e Logística de Santa Catarina (Fetrancesc), na noite de terça-feira, 23 de outubro, no Lira Tênis Clube, em Florianópolis.
Uma história escrita em capítulos por homens e mulheres que acreditaram em 1987 e em todos os anos até hoje que poderiam desafiar, transformar, fazer crescer, defender, unir e vencer.
São vitoriosos do transporte por gerar um patrimônio a seus herdeiros que dignifica e orgulha. E que deu o devido reconhecimento e respeito ao transporte, ao empresário e ao trabalhador desse setor.
Ao falar aos presentes, o presidente da Fetrancesc, Pedro Lopes, destacou a sua inspiração nos presidentes anteriores, Edgar Thomsen (in memoriam), José Afonso Daréla, Jorge Marques Trilha e Augusto Dalçóquio Neto. Fez homenagens e destacou sua gratidão. Relatou a sua chegada ao transporte pelo convite de Dalçóquio Neto e como a forma de liderar depende muito de saber ouvir e conhecer o pensar de cada um.
Lopes também salientou as relações construídas com os poderes executivo e legislativo e com as diferentes entidades profissionais, sindicais e da sociedade, alicerces do crescimento e do respeito conquistados nesses 25 anos.
Disse ainda que o jubileu de prata é um começo para fortalecer o transporte incluindo carga, passageiros, fretamento, coletivo urbano e, investir em educação. “E preciso se preparar para ser competitivo, pois o mundo acelera. Hoje são os países que competem e não mais as empresas”.

Presidente ressalta conquistas

Citou o trabalho conjunto com os sindicatos associados, a criação do Sest Senat e a ampliação de sua cobertura para atender ainda mais trabalhadores. Aproveitou o momento e entregou uma placa ao funcionário mais antigo do Sest Senat, Carlos Henrique Piloni e em seu nome agradeceu as “pessoas extraordinárias que trabalham no serviço social e de aprendizagem, porque  estão sempre dispostas a servir à comunidade.
Falou também sobre a implementação da Transpocred e a aprovação do Pró-carga, iniciativa do então governador, Luiz Henrique da Silveira e do legislativo estadual e a assinatura do então governador, Eduardo Pinho Moreira. Destacou a instalação da frente parlamentar do transporte na Assembleia Legislativa de Santa Catarina, presidida pelo deputado, Darci de Matos e o compromisso do transporte  com o meio ambiente através do Despoluir. Agradeceu o permanente apoio do presidente da CNT, senador Clésio Andrade.
Lopes ressaltou a importância de ter na confraternização pessoas como o deputado estadual Darci de Matos, o deputado federal, Edinho Bez, o secretario adjunto da secretaria estadual de Segurança Pública, coronel da Polícia Militar, Fernando Rodrigues de Menezes que representou o governador, Raimundo Colombo; do tesoureiro da Fiesc, Cesar Murilo Barbi, e de Cláudio da Silveira, representando o senador, Luiz Henrique da Silveira.
Manifestou da sua satisfação de contar com a  presença do presidente da Associação Catarinense de Imprensa, jornalista Ademir Arnon, do colunista da RBS, Moacir Pereira e com eles homenageou a imprensa catarinense. Lopes reafirmou que os compromissos e as batalhas da Fetrancesc são também a defesa de interesses da sociedade. “Não são só os caminhões, mas também os ônibus e os veículos de passeio que usam as rodovias”.

Reconhecimento a quem participou da história

Para marcar a data, a Fetrancesc reverenciou os sindicatos fundadores com um destaque aos atuais presidentes do Setcesc, Osmar Ricardo Labes, do Seveículos, Rogério Benvenutti, do Setransc, o vice-presidente, Lorisvaldo Piuco, que representou o presidente, Algemiro Barreto Filho, do Setcom, Paulo Simioni e do Setracajo, Ari Rabaiolli. Houve a entrega de placa alusiva aos ex-presidentes, Edgar Thomsen, com placa, recebida pela viúva, Adelaide, Thomsen, entregue pelo presidente do Setcesc, Osmar Ricardo Labes. Thomsen era de Blumenau, presidia o Sindicato e onde houve a fundação da Fetrancesc. Recebeu a homenagem o atual diretor do Sest Senat Criciúma e ex-presidente da Fetrancesc, José Afonso Darela do vice-presidente do Setransc, Lorisvaldo Piuco, a distinção ao ex-presidente, Jorge Marques Trilha, que não esteve presente por motivos de saúde,  foi recebida pelo presidente da Transpocred, Oscar Giaretta do presidente do Sindicargas, César Hess e a placa ao ex-presidente, Augusto Dalçóquio Neto, foi recebida pela esposa, Miriam Dalçóquio e entregue pelo presidente do Seveículos, Rogério Benvenutti. E a homenagem da diretoria, sindicatos e funcionários da Federação ao presidente Pedro Lopes, foi entregue pelo presidente do Setplan, Osvaldo Piloni.
Pela participação em importantes momentos da história foram agraciados com distinção o governador, Raimundo Colombo, homenagem entregue ao secretario adjunto da Segurança coronel da Polícia Militar, Fernando Rodrigues de Menezes, o presidente da ACI, Ademir Arnon foi agraciado pelos 80 anos da entidade, pelo presidente da Fetrancesc, Lopes, o senador Luiz Henrique da Silveira, devido a compromissos no Congresso foi representado pelo filho, Cláudio da Silveira, que recebeu a placa do vice-presidente da Fetrancesc, Joel Correa e Lopes.
Em nome do governador Colombo, o coronel Rodrigues de Menezes parabenizou a Federação pelos 25 anos de história em prol do cidadão catarinense.
Arnon agradeceu o reconhecimento da Fetrancesc e disse que era de extrema importância estar recebendo aquela placa. “Com certeza essa é uma das homenagens mais importantes e marcantes que já recebemos, pois sabemos o valor que a Fetrancesc dá ao trabalho do jornalista”, declarou.
Fez a homenagem ao deputado estadual Darci de Matos. Foram agraciados também a ministra, Ideli Salvatti e o presidente da Confederação Nacional do Transporte e Senador, Clésio Andrade, que não puderam estar por compromisso em Brasília.
Fonte: Imprensa Fetrancesc

Comentarios