Saiba como se comporta o freio quando ocorre falha no ABS

940x529_WABCOTruckABS_Rain

Uma grande dúvida dos motoristas é saber se uma falha no Sistema de Freio Antitravamento (ABS) deixa o veículo sem freio.

O ABS proporciona frenagens mais seguras. “Se algo ocorrer com o ABS, como por exemplo, falhas envolvendo partes elétricas, válvulas moduladoras da pressão do freio ou sensores de velocidade, o veículo poderá ter o freio acionado normalmente e com total segurança. Contudo, o motorista deve estar ciente de que não terá a funcionalidade principal do ABS, que é o sistema antitravamento de roda”, afirma Germano Collobialli, gerente de aplicação, treinamento e assistência técnica da WABCO.

No sistema antitravamento de roda (ABS), a principal função é garantir a segurança e também a dirigibilidade durante as frenagens independentemente das condições da pista (se está com óleo, água ou sujeira, por exemplo). O monitoramento do controle da pressão do freio é realizado todo o tempo em que o veículo estiver em movimento e sempre que o motorista acionar o freio de serviço.

Por meio dos componentes do ABS, a pressão liberada será controlada de maneira a garantir a eficiência do freio nas rodas, evitando o travamento e assegurando a dirigibilidade. Normalmente, a distância necessária até a parada total do veículo com segurança também pode ser reduzida.

Dicas de segurança no trânsito

Uma das situações mais comuns ao dirigir um veículo com ABS é o motorista bombear o freio ou até mesmo liberar o freio ao sentir alguma pulsação no pedal. O movimento no pedal ocorre devido ao controle automático do freio realizado pelo ABS. A dica é manter o pedal acionado. Ao manter a pressão no pedal, o ABS atua de maneira eficaz para reduzir ao máximo a distância de frenagem.

Se tudo está em ordem, o motorista deve ficar atento a outros itens que podem influenciar na segurança. Os pneus precisam estar em bom estado de conservação para que o veículo mantenha a aderência adequada na pista e para que se promova mais segurança no trânsito.

O ABS não exige cuidados específicos para que funcione bem e tenha longa durabilidade. Ao volante, a ação do motorista para frear o veículo deve ser: pisar no pedal (ou acionar a alavanca da válvula do freio do reboque), manter a pressão mesmo que o pedal pulse e esterçar o volante se for o caso de desviar de um obstáculo.

O caminhoneiro ainda pode fazer uma verificação antes da viagem, basta checar se as luzes no painel estão funcionando normalmente. Quando a luz do ABS permanece acesa, sinaliza que o sistema apresenta alguma falha e necessita de checagem ou precisa de manutenção.

O painel sinaliza somente as condições do ABS (se está com ou sem falha). Lembre-se de que os freios convencionais do caminhão e da carreta continuam em funcionamento. Quando há falha no ABS o que pode ocorrer é o travamento de rodas durante a frenagem.

Fonte: Portal das Estradas

Comentarios