Grupo Sumitomo investe no “Conceito de Pneu Inteligente”

Ação tem como objetivo grandes inovações que já estão transformando a indústria automotiva. (Foto: divulgação)

Grupo Sumitomo investe no “Conceito de Pneu Inteligente”

Empresa se dedica no desenvolvimento de soluções de gerenciamento de pressão de pneus

A fim de responder ao aumento de CASE (sigla em inglês – Conectado/Autônomo/Compartilhado/Elétrico), MaaS (Mobilidade como um serviço) e outras grandes inovações que já estão transformando a indústria automotiva, o Grupo Sumitomo está ativamente empenhado no desenvolvimento de soluções de gerenciamento de pressão e outras inovações como parte do “Conceito de Pneu Inteligente”, um conceito inovador para o desenvolvimento de pneus e serviços periféricos para melhor atender as necessidades da Mobilidade Social do Futuro.

A pressão insuficiente dos pneus não causa apenas danos aos mesmos, mas também leva um declínio na eficiência de consumo de combustível e desempenho de direção. Sendo assim, a manutenção regular da pressão dos pneus é extremamente importante. Entretanto, com os veículos autônomos tornando-se mais comuns, a mobilidade da sociedade ficará cada vez mais automatizada, o que reflete diretamente em veículos que não necessitem de um condutor. Dessa forma, certamente haverá maior necessidade de serviços que monitorem remotamente o status dos pneus para, em última análise, também reduzir as manutenções corretivas e desgastes prematuros do conjunto. Através de um monitoramento remoto da pressão dos pneus, a SRI acredita que o sistema vai fornecer exatamente essa solução para maior segurança e tranquilidade para a era de direção autônoma – e esse recente teste de prova de conceito foi um grande passo para fazer disso uma realidade.

Em novembro do ano passado, em resposta a sinais de problemas nos pneus que requerem manutenção, a Sumitomo Rubber Industries (SRI) realizou uma prova de conceito bem-sucedida desse novo sistema em uma via pública na cidade de Gifu. A prova de conceito é um procedimento utilizado para aprovar a viabilidade e validar um projeto, esse teste representa um passo importante no andamento da pesquisa em conjunto com o Centro de Pesquisa sobre a Adoção de Sistemas de Transporte da Nova Geração (CRANTS, em inglês) na Universidade de Gunma, com quem a SRI está trabalhando desde do ano passado para desenvolver um sistema que permitiria o monitoramento remoto da pressão do pneu em veículos sem motoristas. Espera-se que esse novo sistema contribua para maior segurança dos veículos autônomos, facilitando a manutenção preventiva para evitar possíveis problemas nos pneus, enquanto garante também uma resposta mais rápida a perfurações e outros tipos de problemas que possam ocorrer.

O teste de prova de conceito funcionou da seguinte forma: primeiro, um veículo autônomo dirigiu pelo centro da cidade com um pneu que simulava estar furado, o que foi detectado pelo Sistema de Monitoramento de Pressão dos Pneus (TPMS), instalado dentro do pneu. O TPMS transmitiu os dados da pressão do pneu para o centro de controle, que automaticamente detectou o problema no pneu e alertou a loja de serviço mais próxima. Ao receber esse alerta, a loja de serviço enviou um técnico de manutenção para trocar o pneu furado. O teste de prova de conceito foi então concluído com a retomada da direção autônoma após a troca do pneu.

O Centro Universitário de Gunma para Pesquisa sobre a Adoção de Sistema de Transporte da Nova Geração (CRANTS – sigla em inglês) estabeleceu em 2016 uma base para a inovação, que traria junto à indústria, academia e governo contribuições no desenvolvimento da próxima geração da indústria automotiva. O CRANTS visa cultivar o campo promovendo pesquisas e desenvolvimento em sistema de mobilidade da próxima geração e sua implementação social. Desde sua fundação, o CRANTS tem sido ativamente envolvida no teste de prova de conceito de veículos autônomos em vias públicas na cidade de Kiryu (Prefeitura de Gunma).

Comentarios