Gincana do Caminhoneiro chega ao interior de SP carregada de esperança

Atibaia, Registro, Pariquera-Açu e Onda Verde fazem parte da rota da comitiva itinerante que levará saúde, conteúdo técnico e apoio aos profissionais das estradas em 90 etapas que acontecerão pelo Brasil afora.

A Gincana do Caminhoneiro completa 29 anos e, como não poderia ser diferente, neste momento segue ao encontro dos estradeiros como uma grande corrente de saúde itinerante, reafirmando sua parceria de apoio ao transportador rodoviário de cargas, essenciais para o funcionamento do país, proporcionando-lhes auxílio saúde para enfrentar, com segurança, a adversidade do momento.

Além disso, busca promover conhecimento técnico para auxiliar na capacitação para o trabalho e motivação, proporcionando experiências que possam ajudá-lo a melhorar seu padrão de vida (no caso, ganhar um caminhão zero km da linha Iveco Tector com sua habilidade no volante).

Mais do que um evento, a 29ª Gincana do Caminhoneiro reafirma sua tradição e parceria de anos com os estradeiros e, durante dez meses, de junho até março de 2021, percorrerá mais de 27 mil km, com duas equipes rodando, simultaneamente, para chegar mais próximo de profissionais das estradas de todo o país.

Serão 90 etapas nas cinco regiões do Brasil, realizadas nos postos Petrobras da Rede Siga Bem, ou seja, 90 oportunidades para o caminhoneiro contar com um ponto de apoio nesse momento e cuidar da saúde.

E neste mês, o interior de São Paulo – mais precisamente as cidades de Atibaia, Registro, Pariquera Açu e Onda Verde – receberão uma etapa do evento, que conta com apoio da Polícia Rodoviária Federal – que irá apresentar o “Cinema Rodoviário”, com orientações de trânsito para prevenção de acidentes – do Sest/Senat (Serviço Social do Transporte e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte), e Secretarias Municipais de saúde de Atibaia e Pariquera Açu – que irão oferecer atendimentos de saúde – e da ANTT – Agência Nacional de Transportes Terrestres do Ministério da Infraestrutura, conforme calendário abaixo:

18 e 19 de junho – Atibaia

Auto Posto Gigio – Rod. Fernão Dias, km 30

23 e 24 de junho – Registro

Auto Posto Ouro verde – Rod. Régis Bittencourt km 442

27 e 28 de junho – Pariquera-Açu

Posto Petropen – Rod. Regis Bittencourt km 461/713

29 e 30 de junho – Onda Verde

Posto Com.Combs – BR 153, km 44

Em cada etapa, o caminhoneiro contará com um circuito de saúde, no qual poderá fazer teste de glicemia, aferição de pressão arterial e temperatura, e receber orientações sobre obesidade, hipertensão, e até vacinar-se contra diversas doenças (de acordo com a disponibilidade da Secretaria de Saúde de cada município), além de receber informações sobre procedimentos que durante sua parada, o caminhoneiro terá também a oportunidade de colocar à prova suas habilidades no volante e, quem sabe, ficar mais perto de ganhar um caminhão IVECO Tector Zero Km. Para isso, deve percorrer um trajeto demarcado por cones, se preocupando em desviar deles e mostrando destreza nas manobras para concluir a pista.

Sobre a #GDC – Ao longo do ano, serão realizadas 90 etapas classificatórias, cinco semifinais e uma grande final. A cada 18 etapas, acontece uma semifinal, com a participação de 18 melhores classificados. Desses 18, os cinco caminhoneiros que obtiverem os melhores tempos garantem vaga para a grande final, prevista para março de 2021, para disputar um caminhão zero km da linha IVECO Tector.

Como participar – Embora o teste de habilidade seja gratuito, para conquistar sua oportunidade de ir para a grande final do evento e concorrer ao caminhão zero km, o caminhoneiro precisa ter passado no atendimento de saúde do local e validar seu tempo. Para isso, basta apresentar um consumo de R$ 500 em combustível nos postos da Rede Siga Bem ou aquisição de créditos de mesmo valor no Cartão do Caminhoneiro Petrobras.

Operando com responsabilidade – A Gincana do Caminhoneiro – que conta com o patrocínio dos Postos Petrobras e da Iveco – estará atendendo dentro dos padrões da nova realidade com o Coronavírus, com limite de acesso às atividades, a fim de evitar aglomerações.

Será exigido distanciamento mínimo de dois metros, em caso de fila, entre cada participante, com demarcações no chão; a cabine do caminhão será higienizada a cada volta no trajeto; os instrutores usarão todos os equipamentos de proteção individual (como máscara, luvas e óculos); haverá álcool gel para esterilizar as mãos; os espaços serão mantidos bem ventilados e arejados, entre outros cuidados.

Confira outras etapas e a programação da temporada acessando o site: www.gincanadocaminhoneiro.com.br.

Fonte: Gincana do Caminhoneiro Iveco

Comentarios