Estendido o prazo para a aplicação de 7,5% de tolerância sobre o excesso de peso.

 No dia 29 deste mês foi publicada oficialmente pelo Contran (Conselho Nacional de Trânsito), a medida que prorrogou para 31 de dezembro de 2013 a tolerância sobre o peso máximo de veículos. A medida publicada é clara: “Fica permitida até 31 de dezembro de 2013 a tolerância máxima de 7,5% (sete e meio por cento) sobre os limites de peso bruto transmitido por eixo de veículo à superfície das vias públicas”.

 Em notícia publicada, a Confederação Nacional dos Transportes afirmou que uma pesquisa realizada pelo Grupo de Trabalho Interministerial de Estudos sobre Peso e Eixo do Contran, apontou que o recomendado seria de apenas 5% de tolerância, com aumento do peso bruto total.

 No entanto, para a Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística (NTC & Logística), o mais indicado é que a tolerância seja de 10%. Segundo a entidade, a ampliação da tolerância seria para compensar as perdas decorrentes da imprecisão das balanças e as dificuldades de distribuição da carga em cada eixo.

?Quem ultrapassar os limites de peso determinados estará sujeito à multa conforme a Resolução n.257/2007.

 Para saber mais sobre a prorrogação, acesse:

 http://www.denatran.gov.br/resolucoes.htm

Redação Chico da Boleia

Comentarios